Evergrey: review do show na Metal Prog Party em São Paulo

Resenha - Evergrey, Tempestt, Bittencourt Project (Carioca Club, São Paulo, 13/12/2009)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Diego Camara
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.










Muitos esperaram durante todo o ano para uma noite como esta, quando a Metal Prog Party II reuniu no mesmo palco Bittencourt Project, projeto solo do guitarrista Rafael Bittencourt do Angra, Tempestt, banda paulista de hard rock que ganhou destaque mundial nos últimos anos e o Evergrey, banda sueca de metal progressivo que veio ao Brasil para mais uma apresentação.

Fotos: Alexandre Cardoso

O Bittencourt Project entrou no palco exatamente às 19 horas com o violinista Amon Lima, o baixista Felipe Andreoli (Angra) e o baterista Marcell Cardoso (Karma) acompanhando o guitarrista Rafael Bittencourt.

A banda abriu o show com a música "Dedicate My Soul", do álbum solo do guitarrista, e a apresentação de um bom show de luzes. "Back The Fire" e "Torment of Fate" vieram logo em seguida, em um ótimo nível apesar das dificuldades de áudio que o grupo teve - Rafael Bittencourt pediu para aumentar a guitarra e alguns ajustes foram feitos entre uma música e outra.

O grupo ainda tocou "Santa Teresa", onde Bittencourt mostrou seu talento com a viola caipira, e fechou com a música "The Voice Commanding You" do último álbum do Angra, "Aurora Consurgens", onde o guitarrista mostrou que também sabe cantar muito bem as músicas de sua banda.

O público continuou chegando, e em torno de 20 minutos depois o Tempestt entrou no palco para sua apresentação, com todos os componentes bastante animados para o último show da turnê, depois de uma longa viagem pela Europa.

A banda abriu o show com músicas do seu próprio repertório, do álbum "Bring 'Em On", entre elas "Lose Control", que subiu o ânimo do público. Como o show do Bittencourt Project, o Tempestt acabou também enfrentando problemas graves de áudio durante toda a apresentação, em especial com o guitarrista Leo Mancini, o que diga-se de passagem não retirou o brilho do espetáculo.

Outros destaques foram os ótimos covers das músicas "The Evil That Men Do" do Iron Maiden, "Synchronicity II" do The Police e "Don't Stop Believing" do Journey, além de homenagens a Steve Vai e Jeff Scott Soto e de uma música inédita que estará no próximo álbum do grupo, que sairá em 2010.

O grupo abriu caminho para o show do Evergrey como poucas bandas, levantou boa parte do público e mostrou porque é uma das melhores bandas brasileiras da atualidade, com 10 músicas que variaram do hard rock, heavy metal e progressivo. No final a banda agradeceu novamente todo o apoio dos brasileiros e reconheceu a força do público nacional, dizendo que sem eles não poderiam ter chegado ao nível que hoje se encontram.

Após a saída do Tempestt o público aguardou, bastante apreensivo, por mais de meia hora pela última apresentação da noite. O Evergrey entrou no palco faltando em torno de 15 minutos para as 22 horas, tocando a pesada "Watching the Skies" do "In Search of Truth" e levantou o público, que cantou junto, aplaudiu e gritou o nome da banda no final, em uma ótima recepção.

Diferentemente dos shows anteriores a qualidade do áudio do Evergrey foi muito boa, não havendo nenhum problema grave durante toda a apresentação do grupo, e isso ficou claro em músicas como "She Speaks to the Dead" e "As I Lie Here Bleeding".

O ânimo do público só aumentou de música para música, enquanto o Evergrey trazia alguns dos seus maiores sucessos, passando por todos os seus álbuns.

A inspiração dos músicos não ficou apenas na setlist, com destaque para diversos solos fantásticos de guitarra e a presença de palco de Englund, que toda hora pedia chifres e palmas para a platéia, que em momento algum negou e respondeu a cada provocação do vocalista.

A banda deixou o palco após cantar o sucesso "I'm Sorry" do álbum "Recreation Day". A plateia não se calou por um instante sequer, gritando o nome da banda até que todos os membros do grupo retornaram para tocar a melancólica "When The Walls Go Down" do "The Inner Circle".

No bis a banda ainda tocou as músicas "Recreation Day", "Broken Wings" e "A Touch of Blessing", a plateia cantou junto e curtiu cada um dos últimos momentos de um conjunto de shows fantásticos que sem sombra de dúvidas ficará na memória de todos aqueles que estavam presentes e puderam curtir a Metal Prog Party II, um evento que esperamos que ainda traga muitas emoções e grandes artistas para o Brasil.

Setlist do Evergrey:
01 - Watching the Skies
02 - More Than Ever
03 - She Speaks to the Dead
04 - As I Lie Here Bleeding
05 - Obedience
06 - Soaked
07 - Still in the Water
08 - Monday Morning Apocalypse
09 - The Masterplan
10 - Blinded
11 - End of your Days
12 - Nosferatu
13 - Words Mean Nothing
14 - I'm Sorry

Bis:
15 - When the Walls Go Down
16 - Recreation Day
17 - Broken Wings
18 - Touch of Blessing



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Evergrey"Todas as matérias sobre "Tempestt"Todas as matérias sobre "Rafael Bittencourt"Todas as matérias sobre "Angra"


Rodz Online: 25 Anos de Philips Monsters of Rock 1994 (vídeo)

Marcelo Barbosa: assista a Big Trouble, novo clipe solo do guitarrista do AngraMarcelo Barbosa
Assista a "Big Trouble", novo clipe solo do guitarrista do Angra

Luis Mariutti: os bastidores do reencontro com Edu Falaschi e Alex Holzwarth

Kiko Loureiro: trabalhando em novo disco soloKiko Loureiro
Trabalhando em novo disco solo

Rhapsody: Fabio Lione em entrevista exclusiva ao Brasil

Luis Mariutti: comentando a polêmica participação do Angra no Programa do JôLuis Mariutti
Comentando a polêmica participação do Angra no Programa do Jô

Rafael Bittencourt: novos planos do Angra e do Bittencourt ProjectRafael Bittencourt
Novos planos do Angra e do Bittencourt Project

Kiko Loureiro: História das Antigas #5 Macumba na CachoeiraKiko Loureiro
História das Antigas #5 Macumba na Cachoeira

Luis Mariutti: reagindo à participação do Angra no TV mulherLuis Mariutti
Reagindo à participação do Angra no TV mulher

Angra: tour encerrada com show sold out a banda se recolhe para compor novo álbumAngra
Tour encerrada com show sold out a banda se recolhe para compor novo álbum

Angra: Banda encerra a turnê Magic Mirror em SP neste domingoDallton Santos: Confira o novo single/videoclipe de "Aliens"

Luis Mariutti: Se eu sou o melhor eu não sei, mas os meus fãs sãoLuis Mariutti
"Se eu sou o melhor eu não sei, mas os meus fãs são"

Kiko Loureiro: Histórias das Antigas #4 Metal na AmazôniaKiko Loureiro
Histórias das Antigas #4 Metal na Amazônia

Esfera do Rock: Andre Matos se foi. E agora?

Kiko Loureiro: Alemanha, que sirva de exemplo para nósKiko Loureiro
"Alemanha, que sirva de exemplo para nós"

Megadeth: Mustaine explica mesmo elogio a Kiko e BroderickMegadeth
Mustaine explica mesmo elogio a Kiko e Broderick

Megadeth: vídeo mostra Dystopia pela primeira vez ao vivoMegadeth
Vídeo mostra "Dystopia" pela primeira vez ao vivo


Chris Cornell: ele não dava sinais de que se mataria, diz esposaChris Cornell
Ele não dava sinais de que se mataria, diz esposa

Cults: 10 álbuns influentes que fracassaram nas vendasCults
10 álbuns influentes que fracassaram nas vendas

Bruce Dickinson: O Iron Maiden é melhor que o MetallicaBruce Dickinson
"O Iron Maiden é melhor que o Metallica"

Slayer: quando Cronos deixou Tom Araya de olho roxoMetal: Gibson.com enumera 50 melhores músicas do gêneroHelloween: Dez perguntas respondidas por Andi DerisKiss: faixas essenciais para entender a banda nos seus 40 anos

Sobre Diego Camara

Nascido em São Paulo em 1987, Diego Camara é jornalista, radialista e blogueiro. Seu amor pelo metal e rock começou há 6 anos. Um amante da nova geração, é um grande fã de Arjen Lucassen, Andre Matos e bandas como Nightwish, Hammerfall, Sonata Arctica, Edguy e Kamelot. Também não deixa de ter amor pelos clássicos, como Helloween, Gamma Ray e Iron Maiden e do Rock de bandas como Oasis, Queen e Kings of Leon. Atualmente seus textos podem ser lidos no blog OCrepusculo.com sobre assuntos diversos, além de planos para criação de um projeto totalmente voltado aos blogs de Rock e Metal.

Mais informações sobre Diego Camara

Mais matérias de Diego Camara no Whiplash.Net.