Matérias Mais Lidas

imagemRegis Tadeu se garante e não retira uma palavra do que disse sobre Di'Anno e Iron Maiden

imagemBruno Valverde diz que preconceito contra ele veio mais da igreja do que dos metaleiros

imagemPaul Di'Anno detona Regis Tadeu após vídeo em que critica seu encontro com Iron Maiden

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemGeezer Butler, Heavy Metal e a clássica canção do Black Sabbath inspirada por Jesus

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemStjepan Juras retruca comentário de Regis Tadeu sobre reencontro de Di'Anno e Harris

imagemA dura crítica de Angus Young a Led Zeppelin, Jeff Beck e Rolling Stones em 1977

imagemComo foram os últimos meses de Renato Russo e a causa da sua morte

imagemAC/DC: Angus Young recorda como fazia para ouvir rock em seus tempos de garoto

imagemHelloween divulga vídeo de "Best Time", com participação de Alissa White-Gluz

imagemIron Maiden: Bruce fala sobre groupies; "parei de transar com elas quando me apaixonei"

imagemComo era a problemática relação do Angra no "Aurora Consurgens", segundo produtor

imagemIggor Cavalera manda ver em "Dead Embryonic Cells" ao vivo; confira drumcam

imagemTobias Forge, do Ghost, diz que ABBA deveria receber um Prêmio Nobel


Stamp

Amon Amarth: Celebração a um estilo apaixonante de música

Resenha - Amon Amarth (Citibank Hall, São Paulo, 10/05/2009)

Por Thiago Fuganti
Em 21/05/09

O Amon Amarth, umas das mais queridas e aguardadas bandas de Death Metal Melódico - ou Viking Metal se assim você preferir -, se apresentou em São Paulo no último domingo, fechando a invasão Sueca que assolou o Brasil nesse primeiro semestre de 2009 ( a relembrar: In Flames, Opeth, Arch Enemy e Amon Amarth).

Fotos: Alexandre Cardoso

Quem foi não presenciou apenas um show de metal, mas sim uma verdadeira celebração a este estilo apaixonante de música!

Eram cerca de 20h00 e o Citibank Hall estava lotado de bangers não só da capital paulista, mas de muitas outras cidades do país, aguardando ansiosamente pelos suecos. Ao som da intro, a banda entra no palco, furtivamente, e começa o ataque com "Twilight Of The Thunder God" música que faz parte do último disco. Foi o suficiente pra público e banda entrarem em uma espécie de êxtase coletivo, e a noite estava apenas começando.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Antes da próxima, "Free will Sacrifice", o vocalista Johan Hegg soltou em português um "Boa noite São Paulo! Como Vai?" Sendo prontamente respondido em coro pelo público. E por falar em público, este deu um show a parte, cantando a plenos pulmões todos os refrões, e acompanhando com os tradicionais "ô ô ô" a maioria dos riffs de guitarra. A banda estava visivelmente surpresa com a recepção pra lá de calorosa dos fãs brasileiros. O vocalista Johan Hegg que o diga, pois passou o show inteiro sorrindo, meio que incrédulo com o que via.

O show seguiu com "Asator", "Versus the World" , "Varyags of Miklagaard" e "Guardians of Asgaard"e a temperatura do local beirou o insuportável. No palco várias cervejas para a banda, e em um momento cômico, todos, incluindo o baterista, se juntam para um brinde.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Ver um show do Amon Amarth é uma experiência única, os suecos sabem dominar o palco como poucas bandas, preenchendo todo o espaço – vale ressaltar que não usaram amplificadores no fundo do palco, deixando assim um espaço extra pra se posicionarem em ambos os lados da bateria – e girando suas cabeças em perfeita sincronia, de um modo insano!

O set-list abrangeu todas as fases da banda e com certeza agradou a todos.

As próximas foram "The Last With Pagan Blood" ,"Live for the kill" "Fate of Norns" e "Masters of War", e tiveram uma execução perfeita por parte da banda, que praticamente emendava as músicas, uma na outra, durante todo o show. Também pudera, pois tocaram 19 músicas ao todo.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

"Ride for Vengeance", "Where Silent Gods Stand Guard", a clássica "Runes To My Memory" , "Death In Fire" e "Valhalla Awaits Me" dão seqüência ao show, e após "Victorius March" a banda toda sai do palco, indicando que o show já estava pra terminar.

Uma nova intro com sons de corvos indicou que a banda estava voltando para o BIS, o que não demorou a acontecer. Os suecos retornam ao palco tocando "Cry of The Black Birds" e encerram com o hino "The Pursuit Of Vikings", que foi o ponto alto da noite! Todos cantando seu riff em uníssono, e no refrão banda e público se fundem, fazendo com que o espetáculo atingisse seu ápice.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Eis que era chegada a hora de se despedir, e parece que a banda não estava muito a vontade de sair, pois ficaram saudando o público e jogando tudo o que podiam para a galera, baquetas, palhetas, munhequeiras e até as folhas com o set-list.

Todos saem, com exceção de Johan Hegg, que fica no palco sem saber o que fazer, enrolado em uma bandeira do Brasil, olhando o público. Passam alguns instantes e ele sai, levando consigo a bandeira.

Com certeza esses Vikings levaram nossa bandeira como recordação e pensaram: "Mais um terra conquistada! Não vemos a hora de retornar". E se depender do público que lotou o Citibank Hall, poderão retornar quantas vezes quiserem!

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

1 - Twilight Of The Thunder God
2 - Free will sacrifice
3 - Asator
4 - Versus the World
5 - Varyags of Miklagaard
6 - Guardians of Asgaard
7 - The Last With Pagan Blood
8 - Live for the kill
9 - Fate of Norns
10 - Masters of War
11 - Ride for Vengeance
12 - Where Silent Gods Stand Guard
13 - Runes To My Memory
14 - Death In Fire
15 - Valhalla Awaits Me
16 - Victorius March

Bis

18 - Cry of The Black Birds
19 - The Pursuit Of Vikings

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Amon Amarth: confira "Put Your Back Into The Oar", novo single da banda sueca


Metal Hammer: As melhores músicas da história do Death Metal

Amon Amarth: banda virá ao Brasil em maio; Abbath abre os shows


Câncer na língua: entenda a doença de Bruce Dickinson


Sobre Thiago Fuganti

Catarinense, mas vive atualmente em São Paulo 'Chaos City'. Começou no metal com Iron Maiden, que até hoje acha a melhor banda do mundo, porém descobriu o lado extremo (black, death, doom) e não parou mais. Hoje em dia ouve muitos estilos, desde música clássica a death metal - passando pelas clássicas bandas de metal -, mas a ênfase mesmo fica com o Black Metal.

Mais matérias de Thiago Fuganti.