Matérias Mais Lidas

Iced Earth: Fãs que apoiaram vaquinha de Schaffer querem dinheiro de voltaIced Earth
Fãs que apoiaram vaquinha de Schaffer querem dinheiro de volta

Iron Maiden: debilitado, Paul Di'Anno depende de vaquinha virtual para fazer cirurgiaIron Maiden
Debilitado, Paul Di'Anno depende de vaquinha virtual para fazer cirurgia

Inesquecíveis: 50 grandes sucessos do rock e do metal que nunca saem de modaInesquecíveis
50 grandes sucessos do rock e do metal que nunca saem de moda

Phil Spector: Produtor, que estava preso por assassinato, morre de COVID-19Phil Spector
Produtor, que estava preso por assassinato, morre de COVID-19

Paul Stanley: não consegue cantar Kiss e se arrisca no R&B? Saiba a resposta delePaul Stanley
Não consegue cantar Kiss e se arrisca no R&B? Saiba a resposta dele

Metallica: Uma versão de Battery que todo headbanger sempre quis ouvirMetallica
Uma versão de "Battery" que todo headbanger sempre quis ouvir

Buckethead: guitarrista explica por que usa máscara e balde na cabeçaBuckethead
Guitarrista explica por que usa máscara e balde na cabeça

Rodolfo Abrantes: O sonho da minha mãe era eu voltar aos RaimundosRodolfo Abrantes
"O sonho da minha mãe era eu voltar aos Raimundos"

Kiss: Vinnie Vincent é o maior filho da puta da história do rock?Kiss
Vinnie Vincent é o maior filho da puta da história do rock?

Nirvana: Kurt Cobain cuspiu no piano de Elton John pensando ser de Axl Rose.Nirvana
Kurt Cobain cuspiu no piano de Elton John pensando ser de Axl Rose.

Alice in Chains: quando Layne Staley socou um nazi durante um show (vídeo)Alice in Chains
Quando Layne Staley socou um nazi durante um show (vídeo)

Metallica: há 20 anos, o grande Jason Newsted deixava a bandaMetallica
Há 20 anos, o grande Jason Newsted deixava a banda

Classic Rock: As 100 maiores músicas do século... até agora!Classic Rock
As 100 maiores músicas do século... até agora!

Guns N' Roses: guitarrista ex-Black Crowes recusou entrar para a banda por duas vezesGuns N' Roses
Guitarrista ex-Black Crowes recusou entrar para a banda por duas vezes

Nirvana: Kurt Cobain era meio pau no c*, diz produtorNirvana
"Kurt Cobain era meio pau no c*", diz produtor


Matérias Recomendadas

Slayer: Tom Araya não é ateu, acredita em Deus e fez a Primeira ComunhãoSlayer
Tom Araya não é ateu, acredita em Deus e fez a Primeira Comunhão

Sepultura: Andreas Kisser comenta os primórdios da bandaSepultura
Andreas Kisser comenta os primórdios da banda

Michael Kiske: O Iron Maiden vende a morte às pessoas!Michael Kiske
"O Iron Maiden vende a morte às pessoas!"

Para tocar: O que são tablaturas e como usá-las?Para tocar
O que são tablaturas e como usá-las?

Regis Tadeu: a tsunami de lixo musical da atual música brasileiraRegis Tadeu
A tsunami de lixo musical da atual música brasileira

Stamp
Tunecore

Arch Enemy: Se fosse para resumir o show em uma palavra, "explosivo"

Resenha - Arch Enemy (Espaço Lux, São Bernardo do Campo, 03/05/2009)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Fuganti
Enviar Correções  











Neste último domingo, dia 03 de maio de 2009, os fãs de uma das melhores bandas de Death Metal da atualidade, o ARCH ENEMY, foram agraciados com mais uma passagem - explosiva, se fosse pra resumir em uma palavra - da banda pelo Brasil.

O local escolhido para sediar o show desta vez foi o Espaço Lux, em São Bernardo do Campo, região metropolitana de São Paulo, que contrariando as espectativas por ser um pouco distante da capital, se mostrou perfeito para receber shows de médio porte, tanto em infra-estrutura como em organização da casa.

Por volta de 08h10 da noite, as cortinas são abertas, revelando o grande pano de fundo com a capa do aclamado último disco da banda: "Rise Of The Tyrant". O baterista Daniel Erlandsson é o primeiro a aparecer e assume seu posto atrás da bateria, sendo imediatamente ovacionado pelo público. Os irmãos Amott e o baxista Sharlee D'Angelo (que já fez parte do glorioso Mercyful Fate) entram em seguida, dando início aos acordes de "Blood on your hands". Angela Gossow é a última e já entra detonando com seus guturais, mostrando o porquê de ter conquistado a vaga no Arch Enemy. Público em êxtase (incluindo este que vos escreve, que não sabia se bangeava ou fotografava, decidindo-se pelos dois) e refrão cantado em uníssono, fato que se repetiria por todo o show. "Ravenous" , "Taking back my soul" e "Dead eyes see no future" continuam o massacre sonoro, com toda a banda agitando muito. A dupla de guitarras se mostrou perfeita, detonando solos e riffs precisos por todo o tempo, e Angela então foi um destaque a parte, com uma ótima presença de palco, seja agitando, cantando ou simplesmente sorrindo perante o público nos intevalos entre as músicas. E toma pedrada, "My apocalypse", "Revolution begins" e "The Great Darkness" vem na sequência, fazendo a casa vir abaixo, literalmente.

Temos então o primeiro solo da noite, do baterista Daniel. Não é muito diferente do apresentado no DVD "Live Apocalipse", com levadas de bateria acompanhados por samples de teclado. Ovações e gritos por seu nome ecoam ao final e a banda retorna, dando continuidade com "The last enemy" e "I will live again". É hora então dos solos dos irmãos Amott. Chris inicia com sua guitarra limpa - sem efeito de distorção - , abusando de delays e na sequência toca a guitarra base para Michael executar seu solo, "Intermezzo Liberté".

"Dead Bury Their Dead" , "Diva satanica" (oferecida a "todas as fortes e lindas ladies") e "We will rise" encerram o show e a banda se despede pela primeira vez. Mais gritos chamando pela banda e eles voltam para o Bis com "Snow bound" e "Nemesis". A última música foi a instrumental "Fields of desolation", findando mais uma perfeita apresentação desses Suecos em terras brasileiras. Hora de voltar pra casa e esperar pelo próximo.

Set list
1 - Blood on your hands
2 - Ravenous
3 - Taking back my soul
4 - Dead eyes see no future
5 - My apocalypse
6 - Revolution begins
7 - The great Darkness
8 - Daniel solo
9 - The last enemy
10 - I will live again
11 - Chris solo
12 - Michael solo
13 - Dead Bury Their Dead
14 - Diva satanica
15 - We will rise

Bis
16 - Snow bound
17 - Nemesis
18 - Fields of desolation (outro)


Baladas de Sangue
Receba novidades de Rock e Heavy Metal por Whats App
Anunciar no Whiplash.Net

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metal: blog elege o melhor de 2014 em cinco belas cançõesMetal
Blog elege o melhor de 2014 em cinco belas canções

Fotos de Infância: Arch EnemyFotos de Infância
Arch Enemy


Humor: Namore um cara que goste de MetalHumor
Namore um cara que goste de Metal

Exemplos: 10 músicos com deficiências ou problemas de saúdeExemplos
10 músicos com deficiências ou problemas de saúde


Sobre Thiago Fuganti

Catarinense, mas vive atualmente em São Paulo 'Chaos City'. Começou no metal com Iron Maiden, que até hoje acha a melhor banda do mundo, porém descobriu o lado extremo (black, death, doom) e não parou mais. Hoje em dia ouve muitos estilos, desde música clássica a death metal - passando pelas clássicas bandas de metal -, mas a ênfase mesmo fica com o Black Metal.

Mais matérias de Thiago Fuganti no Whiplash.Net.