Resenha - Krisiun (Cia do Brasil, São Paulo, 11/11/2000)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernanda Zorzetto
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Colaborou Roberta Signorini
Fotos Fernanda Zorzetto


Depois de assinar com a Century Media Records e lançar Conquerors Of Armageddon, o Krisiun, uma das bandas de death brasileiras mais respeitadas, se apresenta em São Paulo.
879 acessosKrisiun: encerrada polêmica tour na Ásia5000 acessosAloka: Duff McKagan diz que "vira gay" nas turnês

Esse, que foi considerado pela maioria dos fãs como o mais pesado e elaborado álbum da banda, foi produzido por Erik Rutan (Morbid Angel, Hate Eternal e Ripping Corpse) e contou com Andy Classen (Rotting Christ, Holy Moses) como engenheiro de som. As gravações foram seguidas por uma tour européia junto com Morbid Angel, Gorgoroth, Amon Amarth e God Dethroned para promover o álbum. Agora foi a vez do Brasil.

Os portões se abriram às 7:30 e aqueles que chegaram cedo puderam conferir a performance do Krisiun fazendo a passagem de som, já que quem estava na rua tinha uma ampla visão do palco e ouvia o som perfeitamente.

O show, que estava marcado para às 8:00, sofreu uma hora e meia de atraso, como de costume.

A banda de abertura foi o Nervochaos, o que foi uma surpresa para alguns, pois o nome da banda não havia sido divulgado. O show foi curto e o local, que não era muito pequeno, ainda estava vazio. Com nova formação, levaram um show de aproximadamente 40 minutos, incluindo músicas do novo cd e com direito a um cover do Brujeria.

Depois de um tempo o baterista Max, do Krisiun, subiu ao palco para ajustar a bateria, o que levou os presentes à loucura. Sua rapidez e precisão são impressionantes, capazes de deixar muito baterista boquiaberto.


Pouco depois, as luzes se apagaram e a música de abertura começou. Moysés e Alex surgiram no palco e tiveram de afinar novamente os instrumentos. A música de abertura foi a porrada "Kings of Killing", do álbum "Apocalyptic Revelation". Infelizmente, o som começou a falhar logo na primeira música e não parou até o final do show. Em seguida, tocaram "Hatred Inherit" e "Soul Devourer", as duas músicas do último álbum, "Conquerors of Armageddon".

Alex agradeceu a presença e disse que lá estava uma prova viva de que o Metal continua muito ativo e que aquele show era uma resposta para todos que dizem que o metal morreu. Disse que para eles é um orgulho poder sustentar a bandeira brasileira no exterior e mostrar que no Brasil existe Death Metal de qualidade.

A banda prosseguiu com "Vegeance Revelation" e "Conquerors of Armageddon" na qual a galera inteira cantou o refrão. Não faltaram também as clássicas "Evil Master", "Apocalyptic Victory" e "Aborticide".

Depois de muitos pedidos, o Krisiun inverteu as duas últimas músicas do set list e tocou "Black Force Domain", fazendo com que o público entrasse em delírio. Os roadies e os seguranças tiveram muito trabalho no final do show, devido a grande quantidade de stage divings e pessoas que queriam subir no palco. Uma delas chegou a atrapalhar o guitarrista Moysés e fez a banda recomeçar "Creation’s Scourge", que foi a última música do show. No final da música, Alex pulou no público, o que concretizou a grande proximidade do Krisiun com os fãs, que pode ser vista o tempo todo durante o show.

Em suma, o show foi muito bom e não deixou nada a dever para nenhum show de bandas internacionais. Infelizmente a iluminação e os problemas com o som foram lamentáveis, sendo que em algumas músicas os solos de Moysés e o baixo de Alex ficaram praticamente imperceptíveis, o que é lastimável ao se tratar de uma banda com um instrumental de alta qualidade.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

KrisiunKrisiun
Se não tivessem agido rápido, a banda poderia ter sido presa

879 acessosKrisiun: encerrada polêmica tour na Ásia706 acessosNerd Metal: Krisiun, Nervochaos; A intolerância vs Heavy Metal611 acessosKrisiun: banda está a caminho do Japão0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Krisiun"

LoudwireLoudwire
Krisiun na lista dos dez power trios mais pesados

Bill WardBill Ward
Baterista original do Sabbath se declara fã do Krisiun

KrisiunKrisiun
Banda já tentou gravar duas vezes no Brasil mas não rolou

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Krisiun"

Aloka!Aloka!
Duff McKagan diz que "vira gay" nas turnês

MulheresMulheres
As bandas mais famosas em suas versões femininas

Na cadeiaNa cadeia
Astros do rock que foram enjaulados

5000 acessosW. Axl Rose: o som de 25 mil dólares da BMW do vocalista5000 acessosGuns N' Roses: se rolar reunião, Matt estará no lugar de Adler5000 acessosBlack Sabbath: Bill Ward desconta no... Ian Gillan?!5000 acessosSlipknot: Veja Corey Taylor cantando "Creep" do Radiohead5000 acessosGuns N' Roses: dez coisas que podem micar a reunião4478 acessosJoão Gordo: "Você não pode peidar na Olimpíada que te prendem"

Sobre Fernanda Zorzetto

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Fernanda Zorzetto no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online