Resenha - Motorhead (Credicard Hall, São Paulo, 06/05/2000)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernanda Zorzetto
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


O Motorhead veio novamente ao Brasil para divulgar seu mais novo álbum "We are Motorhead", lançado este ano. A tour passou também nas cidades do Rio de Janeiro (05/05), Belo Horizonte (07/05) e Porto Alegre (10/05), e do Brasil segue para a Argentina, em Buenos Aires, México, em Cidade do México, e depois volta para os EUA, em Las Vegas.
1429 acessosScorpions: Para Mikkey Dee é um grande desafio tocar com a banda5000 acessosRush: Um Adeus Aos Reis

Em São Paulo, o show aconteceu no Credicard Hall. A casa abriu com um atraso de cerca de uma hora, o que fazia com que as filas (até para camarote) ficassem gigantescas. Para corrigir esse erro, a segurança começou a acelerar a entrada da galera passando todo mundo praticamente sem revista.

A casa, com capacidade para 7.500 pessoas em pé e 4.000 sentadas, ficou longe de lotar nessa noite, mas estava cheia. A segurança falhou mais uma vez ao permitir que a galera das cadeiras superiores arremessassem latas de cerveja cheias (o que inclusive é um desperdício!!!) no pessoal que estava na pista.

Sem banda de abertura, o show começa com mais ou menos uma hora e quinze minutos de atraso. O som baixo, instrumentos embolados e ecos no vocal de Lemmy nas paredes laterais foram sentidos logo no início e fizeram os roadies terem trabalho.

Em quase duas horas de show sem perder o ritmo, o Motorhead tocou as clássicas "Overkill", "Kill By Death", "Civil War", "Sacrifice", "Iron Fist", "Ace of Spades", "Metropolis", além de "Going to Brazil" e de um cover de "God Save the Queen" do Sex Pistols.

O destaque ficou para presença de palco e o carisma da banda, que conseguiu o que poucas conseguem - fazer o público agitar do começo ao fim. Lemmy conversou várias vezes com o público, ajudando inclusive a reclamar do volume muito baixo do som, e para o batera Mikkey Dee, que deu uma aula de bateria, rápida e pesada.

O show contou ainda com a participação especial do Andreas, guitarrista do Sepultura, que subiu ao palco para tocar "Orgasmatron" com o Motorhead.

Apesar da segurança mal organizada e da péssima qualidade sonora do Credicard Hall, foi, sem dúvida, um excelente show.

Para quem curte o som pesado, confira na agenda do Whiplash! vários shows internacionais que estão pra acontecer no Brasil.

Para saber mais sobre o Motorhead e a tour, acesse o site oficial: http://www.imotorhead.com

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mikkey DeeMikkey Dee
O desafio de tocar com o Scorpions

1429 acessosScorpions: Para Mikkey Dee é um grande desafio tocar com a banda1467 acessosMotorhead: "Ace Of Spades" no comercial do Turbo Soul, da Kia163 acessosEm 14/08/1992: Motorhead lança o álbum March Or Die0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Motorhead"

Heavy MetalHeavy Metal
Os 10 discos essenciais lançados nos anos 1970

Judas Priest e MotorheadJudas Priest e Motorhead
Faulkner e Campbell em foto suspeita!

MotörheadMotörhead
"O metal é um filho bastardo do Rock n' Roll"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Motorhead"

RushRush
Um Adeus Aos Reis

Roger MoreiraRoger Moreira
Chamando Pitty de "imbecil" via rede social

MetallicaMetallica
James Hetfield imitando Dave Mustaine na TV

5000 acessosBruce Dickinson: A esposa o traiu com Nikki Sixx, do Motley Crue?5000 acessosFotos de Infância: Janis Joplin5000 acessosO tempo não para: fotos do antes e depois de alguns rockstars5000 acessosDoors: os álbuns esquecidos da banda após Jim Morrison5000 acessosAngra: anjo da capa de "Rebirth" aparece em outras duas?5000 acessosSeparados no nascimento: Tuomas Holopainen e Roberto Justus

Sobre Fernanda Zorzetto

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Fernanda Zorzetto no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online