Matérias Mais Lidas

Angra: banda anuncia turnê para comemorar os 20 anos do clássico RebirthAngra
Banda anuncia turnê para comemorar os 20 anos do clássico "Rebirth"

Eddie Van Halen: ele fez vários fãs queimarem amplificadores ao mentir sobre truqueEddie Van Halen
Ele fez vários fãs queimarem amplificadores ao mentir sobre truque

Jon Bon Jovi: veja-o cantar Here Comes the Sun, hit dos Beatles, na posse de BidenJon Bon Jovi
Veja-o cantar "Here Comes the Sun", hit dos Beatles, na posse de Biden

Iron Maiden: vaquinha para ajudar Paul Di'Anno a fazer cirurgia ainda não atingiu 25%Iron Maiden
Vaquinha para ajudar Paul Di'Anno a fazer cirurgia ainda não atingiu 25%

Kerrang: do grunge ao death metal, 20 álbuns clássicos que farão 30 anos em 2021Kerrang
Do grunge ao death metal, 20 álbuns clássicos que farão 30 anos em 2021

Lista: 15 covers gravados pelas bandas do Big Four do thrash metalLista
15 covers gravados pelas bandas do Big Four do thrash metal

Rock In Rio: Freddie Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 1985Rock In Rio
Freddie Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 1985

Thin Lizzy: você sabe pronunciar o nome de Phil Lynott?Thin Lizzy
Você sabe pronunciar o nome de Phil Lynott?

Pantera: e se Vulgar Display Of Power fosse gravado pelo Metallica?Pantera
E se "Vulgar Display Of Power" fosse gravado pelo Metallica?

New Radicals: a pedido de Biden, reunidos e tocando seu maior hit na posse; vejaNew Radicals
A pedido de Biden, reunidos e tocando seu maior hit na posse; veja

Kiss: análise vocal de Detroit Rock City explica grande alcance de Paul StanleyKiss
Análise vocal de "Detroit Rock City" explica grande alcance de Paul Stanley

Greta Van Fleet: Robert Plant odeia aquele vocalistaGreta Van Fleet
Robert Plant "odeia" aquele vocalista

SOAD: Serj Tankian critica Trump e diz que nunca viu um presidente tão filho da p***SOAD
Serj Tankian critica Trump e diz que nunca viu um presidente tão filho da p***

Rock in Rio 2021: produção aposta em 50% da população vacinada até festival rolarRock in Rio 2021
Produção aposta em 50% da população vacinada até festival rolar

Dave Grohl: ele ficou chocado ao ver Lemmy com cueca bizarra em um apartamento nojentoDave Grohl
Ele ficou chocado ao ver Lemmy com cueca bizarra em um apartamento nojento


Matérias Recomendadas

Restart: Trecho de Enter Sandman do Metallica no VMB 2010Restart
Trecho de "Enter Sandman" do Metallica no VMB 2010

Metal Extremo: algumas bandas que você precisa ouvirMetal Extremo
Algumas bandas que você precisa ouvir

Axl Rose: Um dos vocalistas com maior alcanceAxl Rose
Um dos vocalistas com maior alcance

Rock e Metal: todo artista tem uma fase vergonhosaRock e Metal
Todo artista tem uma fase vergonhosa

Viralizou: mulher grita deixa eu escutar Beatles para pregadora em metrôViralizou
Mulher grita "deixa eu escutar Beatles" para pregadora em metrô

Malvada
Dead Daisies
Stamp

Kid Vinil: a lenta despedida de uma geração de dinossauros

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Contrera
Enviar Correções  

Tenho 49 anos. Em agosto, faço 50. Então, mesmo que aparente um pouco menos, sou um tiozinho - quando não um tiozão. A garotada me trata como tal, e eu noto como minhas referências vão, aos poucos, ficando cada vez mais para trás. Vou sentindo como se o mundo estivesse se despedindo de mim, ou eu do mundo. Mas não irei falar disso, nem do meu distúrbio - esquizofrenia -, que às vezes faz com que eu me sinta realmente indo embora. Irei falar de algumas referências que vão indo embora. A última, o Kid Vinil, que faleceu aos 62 anos esta sexta-feira.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Foto: Site oficial Kid Vinil
Foto: Site oficial Kid Vinil

Claro, vários outros luminares foram embora recentemente. O Chris Cornell, o mais conhecido dos internacionais. Mas o Belchior também se foi. E o Jerry Adriani. E vários outros, menos conhecidos - ou que batem ainda menos em minha história.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ocorre que o Kid Vinil, não. Ele foi um dos sujeitos que comandavam aqueles programas na tv dos anos 80 e 90, e que mostravam aquelas bandas que iriam fazer nossas cabeças. O Kid Vinil, punk como era, também nos mostrou aquelas bandas que estavam fazendo (ou que já haviam feito) história no movimento que ele ajudou a divulgar. Confesso que eu não reparava muito nele. Mas sentia que ele era quase mais um personagem que um divulgador. Eu mesmo só vim a saber o nome real dele agora, que ele morreu.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Foi com o Kid Vinil que a geração da qual faço parte foi apresentada às bandas que iriam mexer com a sua cabeça. Foi com ele, e não com o Thunderbird, que foi posterior e que divulgou a sua morte, que eu vim a conhecer bandas de que tanto iria gostar e que iria acompanhar, assim como outras, de que eu não gostei tanto. Foi com o Kid e o Tadeu Jungle (dentre os de que me recordo) que eu vim a gostar de rock - e de heavy metal. Mas eu preciso confessar: o cara era estranho. Mas era um estranho que eu respeitava. Mal eu sabia a importância que ele teria na divulgação do rock entre nós. Mal eu sabia a influência ele teria na geração que vinha logo a seguir - e da qual eu não gostaria tanto.
Passou-se o tempo dos Som Pop e quejandos, fui crescendo, arrumando emprego e encrenca, fui aprendendo sobre outros gêneros musicais (blues, jazz, rock nacional, etc.), ainda gostando de heavy metal, e o Kid Vinil foi sumindo na minha memória. Eu mal acompanhei, sinto notar, sua trajetória enquanto profissional. Ele continuou sendo aquele Kid Vinil que apresentava aquelas bandas das quais ele devia ter uma impressão bastante potente - mas que muitas vezes não falava (ele deve ter feito isso em seus livros). E foi bem mais que isso, como a mensagem do Thunderbird no twitter fez bem crer: um professor.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Hoje o Kid Vinil se foi, e com ele parte das memórias do moleque - eu - que via a tv na casa dos pais e que saía pulando pelas ruas para comprar algumas revistas sobre suas bandas preferidas - só tinha uma, na verdade. Parte também com ele algo das memórias do sujeito - eu - um pouco mais velho que procurava sobre outros músicos - na galeria do rock, em lojas que não existem mais - que o levavam a outros universos musicais. Parte também com ele algo das memórias do sujeito que, já mais crescido, passou a gostar de coisas mais complexas. E parte com ele também toda uma série de referências que moldou algumas gerações.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Eu não estava pretendendo fazer este artigo. Mas creio que ele sirva um pouco para fazer-nos notar que, em termos de rock, estamos, sempre, todos meio juntos. Que vamos com os falecidos quando eles preferem sair desta para melhor, que nossas referências vão com eles, e que também nós bem que podemos ser alguma referência para quem veio depois de nós. Porque, em termos de plateia roqueira ou punkeira, estamos sempre todos juntos.


Morte de Kid Vinil

Kid Vinil: cantor é internado após show em Minas GeraisKid Vinil
Cantor é internado após show em Minas Gerais

Kid Vinil: saúde piora e fundo é criado para trazê-lo para SPKid Vinil
Saúde piora e fundo é criado para trazê-lo para SP

Kid Vinil: em coma, cantor já está em hospital de São PauloKid Vinil
Em coma, cantor já está em hospital de São Paulo

Kid Vinil: músico morre aos 62 anos de idadeKid Vinil
Músico morre aos 62 anos de idade

Kid Vinil: cantor lutou pela vida e ficou mais de um mês internadoKid Vinil
Cantor lutou pela vida e ficou mais de um mês internado

Regis Tadeu: Adeus, meu caro Kid Vinil...

Poeira Zine: homenagem ao amigo Kid Vinil

Alto Falante: homenagem a Kid Vinil

Todas as matérias sobre "Morte de Kid Vinil"


Tunecore
Receba novidades de Rock e Heavy Metal por Whats App
Anunciar no Whiplash.Net


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Kid Vinil: cantor lutou pela vida e ficou mais de um mês internadoKid Vinil
Cantor lutou pela vida e ficou mais de um mês internado

Kid Vinil: a lenta despedida de uma geração de dinossaurosKid Vinil
A lenta despedida de uma geração de dinossauros


Capas de álbuns: 30 das piores artes da históriaCapas de álbuns
30 das piores artes da história

Guns N' Roses: a verdadeira história de Rocket QueenGuns N' Roses
A verdadeira história de "Rocket Queen"


Sobre Rodrigo Contrera

Rodrigo Contrera, 48 anos, separado, é jornalista, estudioso de política, Filosofia, rock e religião, sendo formado em Jornalismo, Filosofia e com pós (sem defesa de tese) em Ciência Política. Nasceu no Chile, viu o golpe de 1973, começou a gostar realmente de rock e de heavy metal com o Iron Maiden, e hoje tem um gosto bastante eclético e mutante. Gosta mais de ouvir do que de falar, mas escreve muito - para se comunicar. A maioria dos seus textos no Whiplash são convites disfarçados para ler as histórias de outros fãs, assim como para ter acesso a viagens internas nesse universo chamado rock. Gosta muito ainda do Iron Maiden, mas suas preferências são o rock instrumental, o Motörhead, e coisas velhas-novas. Tem autorização do filho do Lemmy para "tocar" uma peça com base em sua autobiografia, e está aos poucos levando o projeto adiante.

Mais matérias de Rodrigo Contrera no Whiplash.Net.