Dado Dolabella vs Jon Bon Jovi

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Felipe Ricotta
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

É. Realmente não dá mais pra sentir inveja do Dado Dolabella. Ele pode ter grana. Ele pode ser bonitão. Ele pode comer várias mulheres que todo mundo quer comer. Mas ele fez algo imperdoável. Ele pegou um violão e tocou uma música dele. Depois que eu ouvi ele cantando, parece que alguma coisa mudou. Pensei em todas essas mulheres que ele comeu. Será que elas eram realmente felizes e satisfeitas por terem um cara desse ao lado delas?

2354 acessosGNR: até agora, a banda que mais faturou com shows em 20175000 acessosAfinal de contas, o que é um riff?

Pelo menos, a Wanessa Camargo está perdoada. Afinal, ela cresceu ouvindo o pai dela tocando pra ela. Normal ela se apaixonar por um cara que, antes de cantar, diz algo do tipo : "Bem, essa música fala sobre uma flor. Uma flor que eu reguei". (Ou seria uma rosa? Não lembro...) Mas enfim...

Pensei também que todas essas mulheres que ele comeu não devem ser uma companhia muito agradável por se contentarem com tão pouco. Consequentemente, perdi um pouco a vontade de comê-las. Ao mesmo te mpo, passei a admirar o cara um pouco mais. Por ele botar na roda as músicas que ele faz e não estar nem aí. Pelo mesmo motivo, admiro o Supla Papito. Acho du caralho essas pessoas que botam a personalidade sempre na frente do senso do ridículo. Enquanto recalcados como nós ficamos aqui rindo da cara deles, eles estão fazendo o que estão a fim de fazer e foda-se.

Acho que o artista tem que ter a noção de que cada um interpreta seu trabalho de uma forma diferente. Sempre vai haver alguém se emocionando com o seu trabalho. Ao mesmo tempo, sempre vai haver alguém querendo vomitar, alguém dando risada, alguém querendo dar o q for pra que vc pare de cantar. Sempre vai haver o crítico-gordo-careca-cabeça-frustrado-que-não-pega-ninguém pra desmascarar tua arte, dizendo que sua música não é original, citando de onde você chupou isso ou aquilo. E por aí vai.

Quando eu era pirralho, meu ídolo era o Bon Jovi. Axl, Sebastian Bach, esses caras aí. Comecei a ouvir rock com eles. Não há como renegar minhas roots. Queria poder dizer que minhas influências são Hendrix, Morrison e Janis. Me daria muito mais credibilidade, certo? Mas eu nasci em 1980, e nada vai mudar isso.

Pior é fazer como muitos saudosistas babacas (da minha idade!) e ficar pagando de museu ambulante. "Nada de bom surgiu depois dos Beatles." "Ah, dessa banda eu gosto mesmo é da fase antiga deles." Isso pra mim é desculpa de gente que não quer se tocar de que vive em outra época. A galera dos 60's, 70's sempre vão ser a referência mor. Mas isso não é motivo pra que se deixe de lado quem está aí vivo e produzindo.

E digo mais. Se nós não megavalorizarmos quem faz arte com qualidade nos dias de hoje, seremos sempre sombras da época de nossos pais e avós.

Se eles tiveram Rolling Stones, nós tivemos Nirvana.

Se eles tiveram Roberto Carlos, nós temos Wander Wildner!

Se eles tiveram Sidney Magal, nós temos Latino!

Mas voltando ao Bon Jovi, tive uma época na minha vida em que tinha vergonha de dizer que gostava do cara. Confesso que até hoje fico meio constrangido de tocar no assunto. Mas o que acontece é que hoje eu olho pro Bon Jovi e dou risada. Acho o máximo a pose, as letras horríveis, as dancinhas reboladas de cu que o cara faz. Não deixei de gostar do cara, apenas mudei. Mudei minha forma de enxergá-lo, saca? E hoje eu posso sair por aí cantarolando pela rua sem nenhuma treta com a consciência... "Cause you were born to be my baby, baby i was made to be your man (...)"

Não ter noção é uma arte.

Links recomendados pelo autor:
http://www.carolazevedo.blogspot.com
http://www.trip.com.br
www.brasil2000fm.com.br - rádio sem jabá.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Guns N RosesGuns N' Roses
Até agora, a banda que mais faturou com shows em 2017

812 acessosJon Bon Jovi: ele receberá prêmio por suas ações filantrópicas0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Bon Jovi"

StryperStryper
É do Bon Jovi a maior canção sobre fé já feita

Baladas HardBaladas Hard
Blog elege o Top 20 de todos os tempos

Jon Bon JoviJon Bon Jovi
Quando um músico renomado tenta ser ator

0 acessosTodas as matérias da seção Opiniões0 acessosTodas as matérias sobre "Bon Jovi"

RiffRiff
Afinal de contas, o que é um? E qual a sua receita?

MotorheadMotorhead
"Radiohead e Coldplay não são rock"

Drogas e ÁlcoolDrogas e Álcool
Protagonistas nos piores shows de grandes astros

5000 acessosSkank: banda foi enganada ao participar de programa da Xuxa5000 acessosWest Ham: o time do coração de Steve Harris5000 acessosAndre Matos: o que ele faria se fosse mulher por um dia?5000 acessosVocalistas: algumas das grandes vozes do rock5000 acessosRefrãos: alguns dos mais marcantes do Rock/Metal5000 acessosPolêmica: os 10 músicos mais controversos do rock e metal

Sobre Felipe Ricotta

Felipe Ricotta, 24, é vocal e guitarra do Carol Azevedo.

Mais matérias de Felipe Ricotta no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online