Grave Digger: lenda do metal alemão volta a Curitiba

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 27/04/05. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

(Press-release)

Depois de dois anos Curitiba volta a receber Grave Digger, uma das maiores lendas do Heavy Metal alemão.

656 acessosGrave Digger: tradição ou acomodação?5000 acessosNirvana: Polícia de Seattle libera novas fotos do corpo de Cobain

A única apresentação será no próximo dia 06 de Maio, sexta, no Espaço Callas a partir das 23 horas. Nesta nova turnê mundial a banda está divulgando o novo álbum: “The Last Supper”.

Vinte anos atrás, o GRAVE DIGGER lançou seu legendário álbum “Heavy Metal Breakdown” e conquistou o coração da cena Heavy Metal. Muitas coisas aconteceram no mundo do Grave Digger desde então. Eles tiveram grande reconhecimento dentro da comunidade Heavy Metal com seu som exclusivo e se tornaram uma das bandas ícone na cena Metal da Alemanha. O vocalista de líder da banda Chris Boltendahl lançou a biografia “Grave Digger – die definitive Biografie” (até então disponível apenas na Alemanha) que ilustra os altos e baixos da banda, como também seus sonhos e sucessos.

Atuando ao lado de bandas como Helloween, Running Wild, Sinner e Destruction, GRAVE DIGGER criou seu próprio som e ajudou a estabelecer o selo ”Made in Germany” (Produzido na Alemanha) como uma marca de qualidade. Grave Digger nunca fez compromissos com seu som. Nos seus primeiros álbuns como “Heavy Metal Breakdown” e “Witchhunter” o seu estilo era um exemplo primário do verdadeiro “Teutonic sound”.

De volta aos anos 90, GRAVE DIGGER começou a trabalhar no conceito de álbuns mais focados num repertorio repleto de lendas e sagas. Exelentes gravações como “Heart of Darkness”, \"Tunes Of War\", \"Knights Of The Cross\", \"Excalibur\", \"The Grave Digger\" ou \"Rheingold\", impulsionaram a banda para o mais alto nivel de composições, alcançando musicalmente um padrão muito alto. No álbum “The Grave Digger” Manni Schmidt (da banda Rage), se juntou a banda e sua influência teve impacto imediato no novo material da banda.

Com “The Last Supper”, GRAVE DIGGER retornou as suas raizes. A banda, por hora, deixou de lado a trilogia e se concentrou em escrever musicas com o espírito que os levou de volta aos anos 80. Com isso, 11 hinos lembram do Heavy Metal alemão tradicional daquela época.

Você pode realmente sentir: a mágica e a atmosfera, como nos tempos em que o Heavy Metal alemão começou seu processo triunfal. GRAVE DIGGER apresenta “a última ceia” sem frescuras. Mais uma vez, Manni Schmidt mostra mais uma vez sua melhor forma de guitarrista! Arnold e Becker preparam o terreno de forma adequada para Boltendahl e Schmidt se divertirem a vontade. E para redondar tudo, HP Katzenburg melhora tudo com os mais engenhosos sons desde o início da história do GRAVE DIGGER.

Músicas como ‘The Last Supper, ‘Desert Rose, ‘Hell To Pay ou ‘Black Window são excelentes “quebradoras de pescoço” , alternadas com as “baladas” como ‘Grave In Th7e No Man’s Land’ ou ‘Crucified’. THE LAST SUPPER é um àlbum que não deixa ninguém ficar parado – o fator viciante nesta obra de arte é de 110%

Formação:
Chris Boltendahl - Vocal
Manni Schmidt - Guitarra
Jens Becker - Baixo
Stefan Arnold - Bateria
H-P - Teclado

Serviço:
GRAVE DIGGER
Data: 06 de maio – Sexta-feira
Local: Espaço Callas
Endereço:. Rua: Piquiri, 275 - Rebouças.
Abertura da casa:. 21:30 h.
Início do Show: 23:00 h.
Ingressos promocionais: $30,00
Pontos de Venda: Classic Laser, Rock The Nations e Doutor Rock
Censura: 16 anos
Informações: (41) 333-3028
Realização: Showmaster / Top Link
Promoção: Rock’n’roll Animal / 96 Rock.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

656 acessosGrave Digger: tradição ou acomodação?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Grave Digger"

Metal AlemãoMetal Alemão
About.com elege as melhores bandas

Mascotes do MetalMascotes do Metal
Os dez maiores segundo The Gauntlet

Anos 90Anos 90
10 shows pouco comentados

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Grave Digger"

NirvanaNirvana
Polícia de Seattle libera novas fotos do corpo de Cobain

CreedCreed
Nomeada pior banda dos anos 1990 pela Rolling Stone

Heavy MetalHeavy Metal
Mapa revela os países com mais bandas do estilo

5000 acessosGaleria de fotos: 13 motivos para gostar de Rock N Roll5000 acessosThin Lizzy, Metallica: A história de "Whiskey in the Jar"5000 acessosFotos de Infância: Skid Row5000 acessosMarilyn Manson: 8 vezes em que ele provou que o mundo estava errado5000 acessosBruno Sutter: "The Dance of Eternity" do Dream Theater no baixo fretless5000 acessosMetallica: Lars Ulrich revela o segredo para tocar bateria até hoje

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online