Matérias Mais Lidas

Slayer: Faca feita com cordas de guitarra gera imagens que ninguém esperavaSlayer
Faca feita com cordas de guitarra gera imagens que ninguém esperava

Kiss: Gene Simmons diz que passou dos 70 anos por nunca ter bebido ou usado drogasKiss
Gene Simmons diz que passou dos 70 anos por nunca ter bebido ou usado drogas

AC/DC: a resposta inusitada de Supla quando perguntam se ele gosta da bandaAC/DC
A resposta inusitada de Supla quando perguntam se ele gosta da banda

Chester Bennington: viúva anuncia separação de bombeiro após um anoChester Bennington
Viúva anuncia separação de bombeiro após um ano

Shaman: quando Andre Matos desmaiou durante show em Belo Horizonte, em 2018Shaman
Quando Andre Matos desmaiou durante show em Belo Horizonte, em 2018

Alexi Laiho: A banda de metal do céu agora tem um guitarrista solo, afirma MustaineAlexi Laiho
"A banda de metal do céu agora tem um guitarrista solo", afirma Mustaine

Metallica: todas as faixas do polêmico Load, da pior para a melhorMetallica
Todas as faixas do polêmico "Load", da pior para a melhor

Slipknot: Joey Jordison diz que foi demitido por telegrama cantadoSlipknot
Joey Jordison diz que foi demitido por telegrama cantado

Thrash metal: 20 grandes músicas do estilo mais rápido e agressivo da música pesadaThrash metal
20 grandes músicas do estilo mais rápido e agressivo da música pesada

Rock in Rio: Produção afirma que datas estão mantidasRock in Rio
Produção afirma que datas estão mantidas

Guns N' Roses: Gilby diz que grunge fez a banda sair dos estádios e ir para os clubesGuns N' Roses
Gilby diz que grunge fez a banda sair dos estádios e ir para os clubes

Slash: por que ele usa óculos escuros o tempo todo?Slash
Por que ele usa óculos escuros o tempo todo?

Guns N' Roses: por que Bumblefoot errou Welcome to the Jungle no Rock in Rio 2011Guns N' Roses
Por que Bumblefoot errou "Welcome to the Jungle" no Rock in Rio 2011

Max Cavalera: O único presidente bom do Brasil foi mortoMax Cavalera
"O único presidente bom do Brasil foi morto"

Rob Halford: entediado mas fashion e zueiro, encarnando um cowboy de saltoRob Halford
Entediado mas fashion e zueiro, encarnando um cowboy de salto


Matérias Recomendadas

Rockstars: as filhas mais lindas dos astros do rockRockstars
As filhas mais lindas dos astros do rock

Heavy Metal: as 10 introduções mais matadoras do estiloHeavy Metal
As 10 introduções mais matadoras do estilo

Depressão: 10 músicas que devem ser evitadasDepressão
10 músicas que devem ser evitadas

Black Sabbath: Nos separamos por causa do Live EvilBlack Sabbath
"Nos separamos por causa do Live Evil"

David Lee Roth: o vergonhoso teste de Matt Sorum para a bandaDavid Lee Roth
O vergonhoso teste de Matt Sorum para a banda

Stamp
Tunecore

Cradle Of Filth: Slayer com Napalm Death

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Rangel e César Enéas Guerreiro, Fonte: MTV
Enviar Correções  

(Tradução de matéria publicada no site da MTV americana)

Após o CRADLE OF FILTH ter gravado todo o material para o seu novo álbum, "Thornography", Dani "Filth" Davey encontrou um grande obstáculo: ele poderia rugir e gritar o melhor possível, mas não importa o quanto ele tentasse alcançar uma nota ou cantar uma passagem, ele soava completamente desafinado.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sem coragem e deprimido, ele começou a beber, mas aquilo o fez se sentir ainda mais doente. Ele se encontrou com médicos, professores de canto e nutricionistas, tudo em vão. Davey começou a pensar que estivesse sofrendo de um colapso mental até que o produtor da banda, Rob Caggiano, recomendou a ele um homeopata que o havia curado de um parasita no seu estômago enquanto trabalhava com o BLEEDING THROUGH.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"A primeira coisa que o doutor me disse era que eu iria morrer se eu continuasse com o meu estilo de vida," disse Davey. "Então ele descobriu que eu tinha essa estranha doença chamada 'cândida', difícil de detectar, agindo como uma porta de entrada para outras doenças."

O doutor também determinou que Davey era alérgico a álcool - mais do que uma pequena inconveniência para um músico com um grande apetite por cerveja. "Eu tive que tomar 49 tabletes de plantas durante seis meses, e tive que limitar a minha dieta para bolos de arroz e água mineral."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Num primeiro momento, Davey ignorou o tratamento prescrito e voltou a beber muito. Depois dessa recaída, ele decidiu seguir os conselhos do médico – mas prometeu que recompensaria a si mesmo pelos seus esforços. "Eu disse: ‘Se eu superar isto, eu vou [beber novamente] e comer muito bolo’. E foi o que fiz. E agora posso continuar a minha vida. Eu decidi que eu vou continuar com essa dieta e, uma vez por semana, eu vou fazer uma extravagância e comer doces ou alguma porcaria".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Embora ele sinta muita falta de poder comer e beber como um pagão normal, Davey logo recuperou sua saúde e, ao mesmo tempo, a sua voz. Então ele voou para o estúdio Millbrook em Nova Iorque e gravou com facilidade todos os vocais para o álbum. "Nós gravamos [perto] da propriedade do cineasta Alfred Hitchcock, então você pode imaginar a excelente vibração que havia lá", disse Davey.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ele chamou o álbum de "Thornography" devido à temática religiosa do disco e também porque essas idéias o faziam lembrar de seus momentos difíceis. O LP sai em 17 de outubro.

"Thornography significa alguém ferindo a si mesmo", Davey explicou. "O desejo da humanidade de ferir Deus. É como ser um alcoólatra e saber que não deveria beber mas você gosta tanto que bebe de qualquer jeito. Tudo no álbum tem um sentido religioso, tanto bom quanto ruim. E não é satânico de maneira gritante porque às vezes você acha que as partes sombrias da vida existem nas pessoas que detêm o poder e que supostamente deveriam ser iluminadas".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em relação ao som, "Thornography" sai um pouco do já conhecido metal sinfônico do Cradle of Filth. Os ritmos variam desde a batida lenta de "Rise of the Pentagram" (que tem uma introdução narrada por Doug Bradley, que fez o papel de "Pinhead" na série "Hellraiser") até a fúria incontrolável de "I Am the Thorn".

"Muita coisa neste álbum é material tradicional do Cradle of Filth, apenas melhorado", diz Davey. "É como uma mistura de Slayer com Napalm Death num barril de ácido".


Malvada
Dead Daisies
Receba novidades de Rock e Heavy Metal por Whats App
Anunciar no Whiplash.Net


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Taylander8: Dimmu Borgir e Cradle of Filth, bandas que traíram o Black Metal? (vídeo)

Metal Hammer: 10 álbuns essenciais do black metal sinfônicoMetal Hammer
10 álbuns essenciais do black metal sinfônico

Moonspell: Ficamos loucos quando Billie Eilish usa uma camiseta do Cradle of FilthMoonspell
"Ficamos loucos quando Billie Eilish usa uma camiseta do Cradle of Filth"


Cradle Of Filth: vocalista relembra suas stalkersCradle Of Filth
Vocalista relembra suas stalkers

Kerrang!: álbuns fantásticos com capas constrangedorasKerrang!
álbuns fantásticos com capas constrangedoras


New York Times: os 100 melhores covers de todos os temposNew York Times
Os 100 melhores covers de todos os tempos

Lemmy Kilmister: A vida dele fazia Keith Richards parecer uma menininhaLemmy Kilmister
A vida dele fazia Keith Richards parecer uma menininha


Sobre Vitor Rangel

Um carioca apaixonado pela boa música que no momento está cursando o 5º período de Publicidade na PUC-Rio. Teve seu primeiro contato com o rock ainda na infância, quando sua irmã colocava os discos de Iron Maiden e Pantera no toca-fitas de sua casa. Nos últimos anos, tem se dedicado inteiramente à música e à guitarra. Sua banda favorita é Metallica e também é fã incondicional de Zakk Wylde, Steve Vai e John Petrucci. Escuta de tudo um pouco, desde Madonna até Sepultura. Espera que um dia o Metallica ainda venha fazer um show no Brasil e não tem vergonha em dizer que chorou no show do Black Sabbath, em 2004, no Ozzfest.

Mais matérias de Vitor Rangel no Whiplash.Net.

Sobre César Enéas Guerreiro

Nascido em 1970, formado em Letras pela USP e tradutor. Começou a gostar de metal em 1983, quando o KISS veio pela primeira vez ao Brasil. Depois vieram Iron, Scorpions, Twisted Sister... Sua paixão é a música extrema, principalmente a do Slayer e do inesquecível Death. Se encheu de orgulho quando ouviu o filho cantarolar "Smoke on the water, fire in the sky...".

Mais informações sobre César Enéas Guerreiro

Mais matérias de César Enéas Guerreiro no Whiplash.Net.