Deep Purple: Gillan fala sobre Ritchie, Coverdale e Hughes

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Fonte: Knac.com
Enviar correções  |  Comentários  | 

Seguem abaixo trechos de uma entrevista realizada com o vocalista Ian Gillan por Charlie Steffens, para o site Knac.com, em dezembro de 2006. Entre outros temas o vocalista discute o seu relacionamento com Ritchie Blackmore.

701 acessosDeep Purple: Ian Gillan, uma das vozes extraordinárias5000 acessosMusic Radar: Os melhores álbuns de Heavy Metal de todos os tempos

KNAC.COM: Seu relacionamento com os colegas de banda é bom, obviamente. Você fala com Ritchie Blackmre?

Gillan: "Não, não falo mais com ele. Aquele imbecil - espero nunca mais falar com ele. Entretanto, eu gostava muito de Ritchie. Costumava ser seu companheiro de quarto e tudo funcionava perfeitamente. Todos respeitamos Ritchie pelo que representa, mas ele se tornou inconveniente e no dia em que partiu foi como se as nuvens desaparecessem e o sol brilhasse. Além do mais há conflitos pessoais entre eu e ele, por isso com certeza nunca mais nos falaremos. Nada que eu possa comentar publicamente, nossa separação ocorreu há muito tempo. Espero nunca mais vê-lo novamente".

KNAC.COM: Joe Satriani surgiu em 1994, mas você nunca gravou com ele, certo?

Gillan: "Joe apareceu de última hora. Ritchie saiu da turnê que se estenderia até o Japão, e as coisas ficaram dramáticas. Ritchie disse: 'É isto aí, a banda já era', pensando que como havia abandonado o barco nós desistiríamos. Na realidade, estávamos despencando ladeira abaixo, vínhamos tocando tocando mal, o público estava minguando e as vibrações estavam terríveis. Estava tudo horrível. Víamos o fim se aproximando, pensávamos que seria nossa última turnê, o fim de tudo. Que péssima maneira de uma banda outrora resplandecente encerrar atividades!"

"Daí Ritchie saiu e inacreditavelmente aos poucos as coisas foram melhorando, ao ponto de chegar nos dias atuais, onde estamos muito bem. Satriani nunca fez nada além de nos ajudar. Ele tinha um álbum para gravar e seus próprios compromissos, então passou pouco tempo conosco. Mas me lembro de ter passado horas felizes no ônibus, em aviões, em camarins e em hotéis com ele. Ainda somos amigos, ele é um grande sujeito. Todos os outros são, inclusive Jon Lord que parou de excursionar há cinco anos. O clima na banda é bem familiar, após 40 anos juntos desenvolvemos amizadas profundas. Cedo ou tarde irei ao estúdio gravar uma faixa do novo álbum de Lord, então conclui-se que existe um alto grau de amizade. Mas Ritchie... desejo que seja feliz. As feridas ainda estão abertas. Estamos bem e nos respeitamos mutuamente, mas cá entre nós, deixe-o de lado. Faz tempo que ele está fora do negócio".

KNAC.COM: Mantém amizade com David Coverdale e Glenn Hughes?

Gillan: "Não. Obviamente os conheço e me dou muito bem com eles. Me encontrei poucas vezes com David e sempre em festas. Mantive vários contato com Glenn e o respeito muito, um grande músico e vocalista, um sujeito extremamente talentoso. Mas não os classificaria como amigos pois não mantenho nenhuma relação com eles já que estava em outra quando passaram pelo Purple. E prá ser honesto, foi uma péssima fase, costumo encarar as coisas de forma pessoal e me emociono muito com tudo. Quando deixei a banda não prestei muita atenção ao que fizeram - é a mesma coisa que ver sua ex fazendo amor com outro cara, isto não me apetece".

Confira a matéria na íntegra (em inglês) no knac.com.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 25 de novembro de 2014
Post de 28 de novembro de 2014
Post de 20 de julho de 2016
Post de 26 de abril de 2017

Kerry KingKerry King
O Deep Purple influenciou mais o Thrash que o Black Sabbath

701 acessosDeep Purple: Ian Gillan, uma das vozes extraordinárias980 acessosBanda dos sonhos: qual seria a sua?465 acessosLoudwire: em vídeo, 10 maiores riffs de metal dos anos setenta0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Deep Purple"

Pré-Clube dos 27Pré-Clube dos 27
10 astros do rock que morreram antes dos 27 anos

Viva el rock!Viva el rock!
A tradição argentina de traduzir para o espanhol os títulos dos LPs

Deep PurpleDeep Purple
Gillan tem resposta pronta pra quem o chama de velho

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Brigas"0 acessosTodas as matérias sobre "Deep Purple"

Music RadarMusic Radar
Os melhores álbuns de Heavy Metal de todos os tempos

SlipknotSlipknot
Banda trolla repórter da Multishow antes de show no RIR

Simone SimonsSimone Simons
"Rammstein me faz querer mexer a bunda"

5000 acessosAs tatuagens de Rob Halford5000 acessosSeparados no nascimento: Ritchie Blackmore e Mr. Bean5000 acessosSeparados no nascimento: Joe Satriani e Lord Voldemort5000 acessosMarco Malagolli: Um dos maiores conhecedores da obra dos Beatles5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 19895000 acessosVan Halen: Hagar detona o vocal de Roth em novos comentários

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online