The Haunted: "além de uma banda de Thrash"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Felipe Augusto Rosa Miquelini, Fonte: Blabbermouth
Enviar correções  |  Ver Acessos

Justin Donnelly, do australiano The Metal Forge, recentemente conduziu uma entrevista com o frontman do THE HAUNTED, Peter Dolving. Alguns trechos da conversa seguem abaixo:

Tradução: The Dark Side Of The Moon, do Pink FloydPink Floyd: dupla sertaneja desvirtua clássico da banda

Sobre o novo álbum do THE HAUNTED, "The Dead Eye": "Eu acho que para se entender completamente o 'The Dead Eye", deve-se dar algum tempo ao álbum para que você perceba o seu significado. Muitas pessoas pensam que esse é o nosso quinto álbum, mas isso não é verdade. Antes do THE HAUNTED, os irmãos Björler gravaram alguns álbuns com o AT THE GATES, eu mesmo com MARY BEATS JANE e [Per] Jensen com o INVOCATOR. Então foi uma decisão natural finalmente mudarmos nosso direcionamento".

"Vínhamos falando sobre essas idéias e mudança de direção há algum tempo. Eu acho que quanto mais você ouve o 'The Dead Eye', mais você perceberá o quão linear ele é em relação a tudo que fizemos no passado. Acho que há um choque inicial, pois fizemos um álbum muito fácil de se ouvir, mas há muito mais nesse disco do que uma simples mudança de vocais. Sabemos como soa, e do jeito que nós mixamos, sabemos que irá chocar algumas pessoas."

Sobre a decisão de criar algo além de um 'álbum de Thrash': "Foi uma decisão do grupo, absolutamente. Bem no começo das conversas já sabíamos que não iríamos fazer um álbum tão comprimido e masterizado que mal se conseguisse ouvir por mais de uma ou duas músicas. Queríamos fazer algo com mais espaço para mudanças de tom, explorar outras possibilidades musicais, coisa que sempre tentamos fazer, estamos sempre checando o alcançe do que somos capazes".

"Mas agora sinto que é a primeira vez que na verdade nos sentimos realmente confortáveis em fazer essas mudanças e encontrarmos essa confiança nas nossas próprias habilidades. Quero dizer, não vamos avançar em fazer algo, até que estejamos seguros de tocar ao vivo. Somos bastante conservadores quanto a isso, achamos que as pessoas pagam um bom dinheiro para ir aos nossos shows, e é essa relação entre a banda e os fãs que relmente conta para nós".

Acerca das reações dos fãs sobre o álbum: "Bem, acho que algumas pessoas com certeza não irão gostar do 'The Dead Eye', porque elas não darão ao álbum o tempo que ele merece. Eu quero dizer que elas podem não ouvir música pelas mesmas razões pelas quais nós ouvimos. Mas acho que para um fã de música, que seria o fã básico do THE HAUNTED, acho que vai descer bem. A resposta inicial tem sido forte, ambos para positivo ou negativo. Mas a coisa boa, e é ótimo ver isso, é que para cada mensagem negativa postada num fórum na internet, há sempre alguém na sequência dando seu parecer positivo como fã sobre o álbum. Então eu acho que no momento, nós nos sentimos realmente bem do jeito que está sendo recebido pelos fãs, e como ele será visto com o tempo".

Se eles tem esperança em se livrar do rótulo de uma banda de Thrash: "Não posso dizer que eu realmente considerei esse ponto de vista, porque nós nunca nos consideramos uma banda de Thrash! (risos). Sempre criamos música que nos agrade. Nos dois primeiros álbuns, tínhamos nossas influências Heavy e Thrash, mas desde então a banda vêm se esforçando para ver até onde é capaz de chegar. Entendo o ponto de vista de um jornalista que nos veria como uma banda Thrash, mas do nosso ponto não é um gênero onde nos incluiríamos".

"As pessoas tendem a ver coisas onde não existem. Somos o que somos, apenas cinco caras que fazem Rock e amam o que fazem".

Leia a entrevista inteira em themetalforge.com.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Haunted"


The Haunted: Dolving relata ida a uma Sauna GayThe Haunted
Dolving relata ida a uma Sauna Gay

Heavy Metal: 10 bandas com formações tumultuadasHeavy Metal
10 bandas com formações tumultuadas


Tradução: The Dark Side Of The Moon, do Pink FloydTradução
The Dark Side Of The Moon, do Pink Floyd

Pink Floyd: dupla sertaneja desvirtua clássico da bandaPink Floyd
Dupla sertaneja desvirtua clássico da banda

Capas de álbuns: 30 das piores artes da históriaCapas de álbuns
30 das piores artes da história

Fotos de Infância: Cradle Of FilthFotos de Infância
Cradle Of Filth

Lars Ulrich: As mulheres da vida do bateristaLars Ulrich
As mulheres da vida do baterista

Megadeth: Dave Mustaine acha que é odiado por causa do MetallicaMegadeth
Dave Mustaine acha que é odiado por causa do Metallica

Tarja Turunen e Tuomas Holopainen: video de 1994 em KiteeTarja Turunen e Tuomas Holopainen
Video de 1994 em Kitee


Sobre Felipe Augusto Rosa Miquelini

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Felipe Augusto Rosa Miquelini no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336