Weiland: "toda história precisa de um final"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rubens Lessa, Fonte: Blabbermouth
Enviar correções  |  Ver Acessos

O VELVET REVOLVER está atualmente gravando seu novo disco, por hora intitulado "Libertad", com o produtor Brendan O'Brien (INCUBUS, RAGE AGAINST THE MACHINE) para ser lançado na primavera de 2007 (outono no Brasil). Nesse meio tempo, o vocalista do grupo, Scott Weiland, está também trabalhando em seu primeiro disco solo desde o "12 Bar Blues", de 1998, que sairá no final de 2007 ou início de 2008 pela Softdrive Records, selo do qual o vocalista é co-proprietário.

Motorhead: a gafe nazista de Lemmy em NurembergRachel Sheherazade: uma bela versão de Iron Maiden a capella em novo vídeo

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Weiland concedeu alguns minutos de seu tempo para responder as seguintes perguntas do site MySpace:

Deve ter muitas canções sua que você gosta, mas existe a sua preferida, certo? "É difícil escolher uma predileta. Mas geralmente tem uma canção por disco que diz algo em especial para mim. Por enquanto, seriam 'Adhesive' do 'Tiny Music', 'Pretty Penny' do 'Purple' e 'Desperation #5' do '12 Bar Blues'."

Você poderia nos dar alguma informação sobre como será o seu próximo disco solo? Será na linha do "12 Bar Blues" ou poderemos esperar algo totalmente diferente? "De algum modo, será similar partindo da premissa que não se trata de um típico disco de rock. É mais como um projeto artístico. Começa com uma inspiração e eu sigo esse caminho não importando para onde me leve, sem me preocupar com singles, formatos para rádio ou MTV. Definitivamente, terá o sentimento 'tudo fora do lugar'. Entretanto, será um pouco mais focado, devido ao fato de que o disco é meio que ao vivo."

O que você tem ouvido ultimamente? "Nunca pensei que diria isso, entretanto com uma ponta de inveja afirmo que me tornei fã do novo disco do KILLERS. Antes, no seu disco anterior, eu os via um como um grupo de prostitutas de muita auto-confiança, mas agora eu respeito o risco que eles tomaram em sua drástica mudança de sonoridade. É lindo arriscar seu público em prol da liberdade artística."

Já anteveste o STONE TEMPLE PILOTS se reunindo? "Cada história precisa de um final."

Como está o relacionamento com Brendan O'Brien? "Está sendo incrivelmente inspirador. A coisa está se movimentando à velocidade da luz e estou começando a ver o quanto esse disco será incrível."

O que você espera de uma banda/artista que assine com a Softdrive? Qual a mais importante característica que uma banda ou artista deve ter? "Primeiro de tudo, habilidade de compor, algo que não pode ser ensinado. Eu acredito naquela "coisinha" (dom) que todos temos. Uma compreensão honesta de quem você é, uma identidade e atitude que não pode ser manejada pelas tendências atuais da cultura pop."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Velvet Revolver"Todas as matérias sobre "Stone Temple Pilots"


Nikki Sixx: Scott morreu no meu ônibus e estava dormindo na mesma cama que euNikki Sixx
Scott morreu no "meu ônibus e estava dormindo na mesma cama que eu"

Duff McKagan: dificuldades em ser pai de pré-adolescentesDuff McKagan
Dificuldades em ser pai de pré-adolescentes


Motorhead: a gafe nazista de Lemmy em NurembergMotorhead
A gafe nazista de Lemmy em Nuremberg

Rachel Sheherazade: uma bela versão de Iron Maiden a capella em novo vídeoRachel Sheherazade
Uma bela versão de Iron Maiden a capella em novo vídeo


Sobre Rubens Lessa

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Rubens Lessa no Whiplash.Net.

adGoo336