Lars Ulrich: "CD não soa como o 'St. Anger'"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Douglas Morita, Fonte: Metallica Remains
Enviar Correções  

publicidade

Studio Bressel da Bélgica entrevistou o baterista do METALLICA, Lars Ulrich, no domingo (1 de Julho) antes da apresentação da banda no Festival Rock Werchter. Sobre o novo álbum de estúdio, Lars disse que as backing tracks foram feitas em maio e que a banda começará a gravar os vocais e overdubs em agosto, na esperança de terminar o CD em outubro ou novembro, para então ser lançado em fevereiro de 2008.

Excessos: como os rockstars gastam os seus milhões

Garagens: adolescentes frustrados, guitarras baratas e energia

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Não soa como 'St. Anger' para mim. Provavelmente ainda é um pouco cedo para definir a sonoridade exatamente. Mas não soa nada como 'St. Anger'. É provavelmente um pouco mais dinâmico, um pouco mais variado, e tem muitas coisas do Metallica nele. Eu não sei... Uma coisa que eu posso dizer é que as músicas são meio longas", disse Lars. Sobre a influência oriental que o guitarrista Kirk Hammett havia falado em uma entrevista alguns meses atrás, Ulrich disse, "Existem alguns toques lá que poderiam ser chamados de orientais, mas não espere muito disso - não é um álbum cheio de 'Kashmirs' ou algo assim [se referindo à canção do LED ZEPPELIN, famosa por sua influência oriental]. Mas tem alguma coisa nessa direção, claro".

A entrevista completa de quatro minutos e meio pode ser ouvida clicando aqui.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Excessos: como os rockstars gastam os seus milhõesExcessos
Como os rockstars gastam os seus milhões

Garagens: adolescentes frustrados, guitarras baratas e energiaGaragens
Adolescentes frustrados, guitarras baratas e energia


Sobre Douglas Morita

Douglas Morita acha que se existem constantes em sua vida, uma delas definitivamente é o Metallica. Fã da banda desde que se conhece por gente, criou o site Metallica Remains em 1998 e considera o grupo como sua principal - porém, obviamente, não única - influência musical. Além do Metallica, tenta ouvir de tudo um pouco, sem se limitar a estilos ou rótulos.

Mais matérias de Douglas Morita no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL