Gorgoroth: "Infernus quebrou o código de honra"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Gustavo Hermann, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Gaahl enviou um novo boletim através do MySpace com alguns esclarecimentos sobre a separação do GORGOROTH e a turnê européia que a banda tem planejada para o mês de novembro.

Covers: alguns dos mais legais feitos por bandas de MetalMetallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?

"Eu tomei nota de algumas preocupações de amigos e fãs sobre a turnê européia planejada para novembro surgidas em função dos acontecimentos dos últimos dias. Posso garantir que a turnê acontecerá como planejado.

O Gorgoroth não acabou, continua de uma forma diferente. Nós faremos essa turnê em honra aos nossos parceiros de trabalho, produtora, promotores e à audiência que já comprou ingressos para os concertos. A alternativa seria o cancelamento, o que sob circunstância alguma eu permitiria que ocorresse a essa altura dos acontecimentos.

Originalmente eu tinha a intenção de deixar Infernus com algum tipo de integridade, mas com a forma como esse caso se desenrolou não tenho outra escolha senão revelar algumas das razões pelas quais não era mais possível que eu continuasse trabalhando com ele.

Primeiro e antes de tudo, foi o desrespeito que ele demonstrou em relação a nossos companheiros de trabalho, gravadoras, session-members, promotores e produtores com os quais trabalhamos por anos, que nos levou a essa decisão.

Além disso, ele não vinha sendo uma força criativa dentro da banda nos últimos oito anos. Ele não demonstrava qualquer interesse pela arte que define o Gorgoroth no decorrer desse período. Não aparecia para ensaios e deixou de cumprir compromissos em diversas ocasiões. Essa é outra importante razão para explicar porque ele não é parte do Gorgoroth no momento presente. Ele quebrou o código de honra e não está vivendo pelas suas leis, as leis que estabeleceu para si mesmo e seu ambiente em todos os níveis.

Eu fiz o meu melhor por muitos anos para continuar com a formação original enquanto esperava por uma mudança e eu assim o fiz em honra aos trabalhos anteriores de Infernus no Gorgoroth e ao fato dele ser o membro fundador da banda. Eu esperava que ele fosse voltar a ser o artista que foi há muitos anos atrás e percebi que isso nunca iria acontecer. Chegou a um ponto em que King e eu não podíamos mais acender um fogo com alguém lá para derramar água sobre ele.

Eu não estou envolvido na parte formal do caso, mas nós estamos preparados para qualquer resultado. Eu sei que nossos companheiros têm trabalhado em nosso favor, preparando-se para o que nós sabíamos que aconteceria. Por exemplo, preparando as questões legais relacionadas ao nome [da banda] e outras tarefas formais. Eu deixarei os advogados de ambas as partes discutirem o quanto quiserem. O que é a verdade é a verdade - e quem quer que diga outra coisa é um falso profeta e será tratado como tal.

Nós chegamos à decisão de continuar o Gorgoroth como um duo porque a única outra alternativa seria não haver Gorgoroth algum por hora. King e eu temos dado conteúdo ao Gorgoroth nos últimos oito anos e iremos trazer nossa arte conosco no futuro. Nós já estamos providenciando um lugar novo e melhor para trabalharmos. Vocês serão apresentados nas próximas semanas à nossa agenda para que o verdadeiro Black Metal norueguês continue sendo espalhado através de álbuns e concertos. Iremos, com ou sem o nome Gorgoroth, acender a chama mais alta e mais brilhante que nunca.

O passado define o futuro, mas algumas vezes é preciso deixar algo para trás para que se possa crescer.

Gaahl, Bergen 23, de outubro de 2007".




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Gorgoroth"


Megiddo: Cuspir fogo no palco exige alguns cuidadosMegiddo
Cuspir fogo no palco exige alguns cuidados

Inacreditável: O que acontece de mais bizarro em um show de metalInacreditável
O que acontece de mais bizarro em um show de metal


Covers: alguns dos mais legais feitos por bandas de MetalCovers
Alguns dos mais legais feitos por bandas de Metal

Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam Load e Reload?Metallica
Por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?


Sobre Gustavo Hermann

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Gustavo Hermann no Whiplash.Net.

adGooILQ