RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemO álbum que dava medo no adolescente Kisser: "Trancava vinil no armário para dormir"

imagemPara Regis Tadeu, só existe uma coisa mais chata que o som do Dream Theater

imagemA única banda inédita em condições de ser headliner do metal no RIR, segundo Rick Dallal

imagemNamorada de Slash posta vídeo do Guns N' Roses ensaiando música inédita

imagemVídeo mostra Ozzy Osbourne caminhando com muita dificuldade pelas ruas

imagemOzzy Osbourne diz que David Lee Roth era meio biruleibe das ideias

imagemQuando Raul Seixas "se vendeu ao sistema", mas deixou escondida uma sementinha anárquica

imagemEngenheiros do Hawaii não era uma banda amiga da galera, diz ex-baterista

imagemA música de Paul McCartney que flopou nos Beatles, mas bombou em carreira solo

imagemEntrevista de Roger Waters pode arruinar venda bilionária do Pink Floyd

imagemGuns N' Roses lança vídeo oficial de "You Could Be Mine" ao vivo no Ritz de 1991

imagemFãs assustam Serj Tankian quando o encontram e gritam "WAKE UP!" em seu ouvido

imagemIron Maiden anuncia "The Future Past Tour", com foco no "Somewhere in Time" e "Senjutsu"

imagemCópias físicas de novo álbum do Slipknot saíram com erro no título

imagemRafael Bittencourt tem "Síndrome do Impostor"?


NFL Steve Harris

Gorgoroth: "Infernus quebrou o código de honra"

Por Gustavo Hermann
Em 24/10/07

Gaahl enviou um novo boletim através do MySpace com alguns esclarecimentos sobre a separação do GORGOROTH e a turnê européia que a banda tem planejada para o mês de novembro.

"Eu tomei nota de algumas preocupações de amigos e fãs sobre a turnê européia planejada para novembro surgidas em função dos acontecimentos dos últimos dias. Posso garantir que a turnê acontecerá como planejado.

O Gorgoroth não acabou, continua de uma forma diferente. Nós faremos essa turnê em honra aos nossos parceiros de trabalho, produtora, promotores e à audiência que já comprou ingressos para os concertos. A alternativa seria o cancelamento, o que sob circunstância alguma eu permitiria que ocorresse a essa altura dos acontecimentos.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Originalmente eu tinha a intenção de deixar Infernus com algum tipo de integridade, mas com a forma como esse caso se desenrolou não tenho outra escolha senão revelar algumas das razões pelas quais não era mais possível que eu continuasse trabalhando com ele.

Primeiro e antes de tudo, foi o desrespeito que ele demonstrou em relação a nossos companheiros de trabalho, gravadoras, session-members, promotores e produtores com os quais trabalhamos por anos, que nos levou a essa decisão.

Além disso, ele não vinha sendo uma força criativa dentro da banda nos últimos oito anos. Ele não demonstrava qualquer interesse pela arte que define o Gorgoroth no decorrer desse período. Não aparecia para ensaios e deixou de cumprir compromissos em diversas ocasiões. Essa é outra importante razão para explicar porque ele não é parte do Gorgoroth no momento presente. Ele quebrou o código de honra e não está vivendo pelas suas leis, as leis que estabeleceu para si mesmo e seu ambiente em todos os níveis.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Eu fiz o meu melhor por muitos anos para continuar com a formação original enquanto esperava por uma mudança e eu assim o fiz em honra aos trabalhos anteriores de Infernus no Gorgoroth e ao fato dele ser o membro fundador da banda. Eu esperava que ele fosse voltar a ser o artista que foi há muitos anos atrás e percebi que isso nunca iria acontecer. Chegou a um ponto em que King e eu não podíamos mais acender um fogo com alguém lá para derramar água sobre ele.

Eu não estou envolvido na parte formal do caso, mas nós estamos preparados para qualquer resultado. Eu sei que nossos companheiros têm trabalhado em nosso favor, preparando-se para o que nós sabíamos que aconteceria. Por exemplo, preparando as questões legais relacionadas ao nome [da banda] e outras tarefas formais. Eu deixarei os advogados de ambas as partes discutirem o quanto quiserem. O que é a verdade é a verdade - e quem quer que diga outra coisa é um falso profeta e será tratado como tal.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Nós chegamos à decisão de continuar o Gorgoroth como um duo porque a única outra alternativa seria não haver Gorgoroth algum por hora. King e eu temos dado conteúdo ao Gorgoroth nos últimos oito anos e iremos trazer nossa arte conosco no futuro. Nós já estamos providenciando um lugar novo e melhor para trabalharmos. Vocês serão apresentados nas próximas semanas à nossa agenda para que o verdadeiro Black Metal norueguês continue sendo espalhado através de álbuns e concertos. Iremos, com ou sem o nome Gorgoroth, acender a chama mais alta e mais brilhante que nunca.

O passado define o futuro, mas algumas vezes é preciso deixar algo para trás para que se possa crescer.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Gaahl, Bergen 23, de outubro de 2007".

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

NFL Steve Harris


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Faust foi primeira pessoa a fazer contato quando ficou público que Gaahl era gay

King ov Hell: "Gorgoroth não é sobre libertação gay"

Esquisitices: algumas exigências bizarras para shows

Gaahl: "gente feia me deixa num mau humor terrível"

Power Metal: os dez álbuns essenciais do gênero

Andreas Kisser: "Eloy Casagrande talvez não seja humano"


Sobre Gustavo Hermann

Colaborador sem descrição cadastrada.

Mais matérias de Gustavo Hermann.