My Dying Bride anuncia novo tecladista e violinista

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Maria Fernanda Cals, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

A lendária banda inglesa de doom metal MY DYING BRIDE emitiu a seguinte notícia:

"O MY DYING BRIDE gostaria de anunciar formalmente a nova tecladista/violinista, Katie Stone. Atualizaremos o perfil e as fotos no site assim que houver tempo livre. No momento, o grupo faz shows e trabalha no próximo álbum de estúdio, no qual Katie já está envolvida. Mais notícias tão logo que for possível".

Sobre a renovação do contrato com a gravadora Peaceville, o guitarrista Andrew Craighan comentou: "Estamos com a Peaceville desde o lançamento de nosso primeiro álbum, em 1992, e é um prazer anunciar que continuaremos trabalhando juntos agora e sempre. Sentimos que há grande compreensão entre o MY DYING BRIDE e a Peaceville, de forma que estamos ansiosos para lançar mais ótimo material para nossos fãs em breve".

O MY DYING BRIDE atualmente trabalha no sucessor de "A Line of Deathless Kings" (2006), com o produtor Mags. O lançamento é esperado para o fim de 2008.

Em abril deste ano, a Peaceville lançou "An Ode to Woe", um CD/DVD duplo ao vivo, com embalagem digibook. O show - originalmente transmitido pelo canal online de shows, Fabchannel.com - foi filmado no famoso Paradiso, em Amsterdã, na Holanda, em Abril de 2007. O lendário local de shows (que já serviu de palco para artistas como NICK CAVE, ROLLING STONES, NIRVANA e SEX PISTOLS) ofereceu o ambiente mais adequado para a apresentação do MY DYING BRIDE.

A banda, incluindo os mais recentes integrantes Dan Mullins (bateria) e Lena Abé (baixo), além dos membros originais Aaron Stainthorpe e Andrew Craighan (sendo a formação completada pelo guitarrista Hamish Glencross e a tecladista Sarah Stanton), escolheu faixas de toda sua discografia, desde o primeiro álbum da carreira do conjunto, "As the Flower Withers", até o último CD lançado, "A Line of Deathless Kings", passando por clássicos como "The Cry of Mankind", retirado do disco "The Angel and the Dark River" (1995).

Clique aqui para ver um trecho da filmagem do show no Paradiso.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "My Dying Bride"


Loudwire: as dez melhores bandas de Doom Metal da históriaLoudwire
As dez melhores bandas de Doom Metal da história

Doom Metal: os dez trabalhos essenciais do estiloDoom Metal
Os dez trabalhos essenciais do estilo


Music Radar: Os melhores álbuns de Heavy Metal de todos os temposMusic Radar
Os melhores álbuns de Heavy Metal de todos os tempos

Crianças: veja como cresceram as de Nevermind, War e outrasCrianças
Veja como cresceram as de "Nevermind", "War" e outras


Sobre Maria Fernanda Cals

Carioca, nascida em 1984 sob o signo de escorpião, é musicista. Além disso, trabalha também com jornalismo, publicidade, webwriting e webdesign/programação. É visitante assídua de portais dedicados ao rock e heavy metal e fã das bandas Opeth, Behemoth, Katatonia, Dark Funeral, Belphegor, dentre outras.

Mais matérias de Maria Fernanda Cals no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336