Motley Crue: "Não quero estar em tour aos 77 anos!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marco Néo, Fonte: Reuters, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Christa Titus, do Reuters.com, recentemente entrevistou Nikki Sixx e Mick Mars, respectivamente baixista e guitarrista do MÖTLEY CRÜE.

Cachês: quanto Mötley Crüe, Def Leppard e Poison cobram por show conjunto, segundo siteVocalistas: as vozes mais agudas do Metal segundo o Noisecreep

O que torna o MÖTLEY CRÜE diferente das outras bandas que vieram de Los Angeles na mesma época?

Mars: Todas elas eram bandas fracas. Bandas de um sucesso só. Eles tentavam compor músicas no nosso estilo. Havia gravadoras assinando com qualquer um que remotamente se parecesse com o MÖTLEY CRÜE.

Mars: O MÖTLEY CRÜE estava subindo como um foguete e todas as gravadoras fuçaram por todo canto. Felizmente não há mais muitas gravadoras por aí, mas há muita provocação por aí, porque, como eu disse, eles estavam contratando qualquer um, e essas bandas sequer tinham músicas.

Mars: Eu não estou tentando soar egoísta ou coisa do tipo, mas essa é a verdade. É o que sinto e o que sei, o que eu vejo nessas outras bandas. Eles são, tipo, ninguém. Ou isso ou eles estão tocando em pequenos clubes.

Sixx: Eles eram new wave. Eles eram punks. Eles eram só rock. Nós estávamos cagando e andando, mas eles todos se preocupavam. Todos eles estavam loucos pra abrir as pernas para as grandes corporações e nós não estávamos nem aí. Nós só queríamos tocar o que queríamos tocar.

Sixx: Eu não achava que alguém fosse assinar um contrato com o MÖTLEY CRÜE, e eu não me importava... Foi por isso que lançamos nosso primeiro trabalho por conta própria. Nós fizemos o que quisemos, tocamos o que quisemos e nos vestimos do jeito que quisemos.

Você acha que o MÖTLEY dura outros 20 anos?

Mars: Não (risos). Não. Mas isso é porque daqui a vinte anos eu vou estar com 77. Eu não quero fazer turnês quando estiver com 77 anos, soa geriátrico demais pra mim.

Mars: Eu sempre estarei tocando, sempre, sempre, sempre. Eu não sei o quanto vou estar fazendo turnês a essa altura, porque eu não acho que serei um velhote muito bonito (risos).

Mars: Mas eu sempre estarei compondo e tocando e compondo para outras bandas ou mesmo para o MÖTLEY e ao menos lançando novos álbuns.

Sixx: Eu não quero nem pensar nisso, me dá até dor de cabeça (risos). Eu só quero estar com minha câmera em alguma situação perigosa num país estrangeiro, tirando fotografias. É isso que eu quero estar fazendo daqui a 20 anos... (risos) Eu sou apaixonado por fotografia, apaixonado pela arte, por todo o conceito.

Sixx: Eu não consigo nem imaginar a idéia de músicos em cima de um palco tocando suas músicas para as pessoas daqui a 20 anos. Me parece que vai haver outras formas de alcançar as pessoas. Veja o quanto aconteceu nos últimos 10 anos, imagine daqui a 20! Poderemos discar um número de telefone e ter o Nikki Sixx em seu quarto. Não que daqui a 20 anos eu vá conseguir fazer muito estrago... (risos)

Leia a entrevista completa no link abaixo.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Motley Crue"


Cachês: quanto Mötley Crüe, Def Leppard e Poison cobram por show conjunto, segundo siteCachês
Quanto Mötley Crüe, Def Leppard e Poison cobram por show conjunto, segundo site

Mötley Crüe: em 2014, Mick Mars disse que em caso de reunião, se apresentaria de graçaMötley Crüe
Em 2014, Mick Mars disse que em caso de reunião, se apresentaria de graça

Collectors Room: Mötley Crüe e o conto das turnês de despedida (vídeo)Mötley Crue: segundo revista, banda fará tour com Def Leppard e Poison em 2020

Mötley Crüe: banda anuncia reunião e rompe acordo que eles próprios assinaramMötley Crüe
Banda anuncia reunião e rompe acordo que eles próprios assinaram

Mötley Crüe: banda alimenta rumores de uma possível reuniãoMötley Crüe
Banda alimenta rumores de uma possível reunião

Mötley Crüe: "Kickstart My Heart" em trailer de filme do Bob Esponja; confira

Mötley Crüe: Vince Neil desmente boato de reunião frustrada por físico e rehabMötley Crüe
Vince Neil desmente boato de reunião frustrada por físico e rehab

Mötley Crüe: Rehab e físico de Vince impedem proposta milionária por reuniãoMötley Crüe
Rehab e físico de Vince impedem proposta milionária por reunião

Mötley Crüe: lançado lyric video oficial de "Ride With The Devil"

David Ellefson: o único artista tatuado autêntico foi Bon ScottDavid Ellefson
O único artista tatuado autêntico foi Bon Scott

Separados no nascimento: Mick Mars e Blackie LawlessSeparados no nascimento
Mick Mars e Blackie Lawless


Vocalistas: as vozes mais agudas do Metal segundo o NoisecreepVocalistas
As vozes mais agudas do Metal segundo o Noisecreep

Satanismo: O que pensam os que acreditam que rock é coisa do demo?Satanismo
O que pensam os que acreditam que rock é coisa do demo?


Sobre Marco Néo

Nascido na primeira metade dos anos 70, teve seu primeiro contato com sons pesados quando o Kiss veio para o Brasil, em 83, mas não compreendeu bem o que era aquilo. A contaminação efetiva ocorreu um ano depois, quando conheceu Motörhead, Judas Priest, AC/DC, Iron Maiden. Desde então, tornou-se um apaixonado colecionador de tudo o que se refere a Metal e Rock'n'Roll, independentemente de subestilos.

Mais matérias de Marco Néo no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336