Megadeth: Dave Mustaine comenta trabalhos no estúdio

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leo Kreator, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

O líder do MEGADETH, Dave Mustaine, postou a seguinte mensagem na seção "Forums" do web site oficial da banda:

"Acabei de voltar da Inglaterra há alguns dias [depois de participar do Guitarfest deste ano], como alguns de vocês já sabem, e uma coisa que eu adorei sobre a minha viagem foi o sentimento de orgulho nacional por uma alta porcentagem dos ingleses que usavam um broche no formato de uma papoula, e não me parece que ocorre o mesmo aqui nos EUA, apesar de me fazer sentir bem. É uma dinâmica bem estranha, mas eu acho que estou só sendo um velho patriota chorão e muito crítico.

Hoje quando eu estava no Vic's Garage [novo estúdio do MEGADETH], eu abri a porta da sala de controle, depois de levar Justis [filho de Dave] para renovar seu passaporte, e eu fui agradavelmente surpreendido ao encontrar Chris Broderick [novo guitarrista do MEGADETH] trabalhando com James Lomenzo [baixista do MEGADETH], e acabamos passando vários riffs durante todo o dia. Eu tinha tanta coisa para relembrar, e estamos descobrindo novas coisas de verdade, quase todo dia!

Andy Sneap [produtor] retornou na noite de quarta-feira e Shawn Drover [baterista do MEGADETH] na quinta de manhã, então queríamos estar prontos e tentar voltar à forma. Talvez não aconteça, mas isso certamente ajudou.

Obrigado, James e Chris!

Tive alguns bons momentos na semana passada para absorver tudo o que está acontecendo: gravações ao vivo e em estúdio, escrevendo minhas memórias, trabalhando em diversos projetos fora da música para mim mesmo e fazendo caridade. O outro destaque é começar uma nova temporada com minha família.

Obrigado a todos que mandaram suas orações, ou 'vibrações positivas', porque ajudou. A última viagem que eu fiz ao Reino Unido, ou qualquer outro lugar importante, não foi tão agradável quanto esta, e apesar de pouca coisa ter mudado; tudo mudou.

Tenho um ótimo pressentimento em ver James passar os riffs com Chris e fazer com que ele toque-os em nosso estúdio para que possamos construir as faixas básicas para nosso próximo trabalho!"




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Capas de álbuns: 30 das piores artes da históriaCapas de álbuns
30 das piores artes da história

Iron Maiden: o equipamento de palco da World Slavery TourIron Maiden
O equipamento de palco da World Slavery Tour


Sobre Leo Kreator

Leo é estudante de Processamento de Dados na FATEC-SP. Trabalha como programador e dedica uma parte de seu tempo livre tocando bateria na banda de thrash metal paulistana Lanasters (que está atualmente tentando voltar à ativa...). Gosta de ouvir música BOA, mas de preferência metal - dos sub-gêneros NWOBHM, thrash, death ou black.

Mais matérias de Leo Kreator no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin