Gaahl: "Wardruna trará Balder de volta para onde pertence"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Lien, Fonte: Helvete
Enviar Correções  

Após quase seis anos de trabalho, o aguardado debut do WARDRUNA, "Runaljod - Gap Var Ginnunga", é a primeira parte da trilogia "Runaljod" que irá interpretar musicalmente as runas do elder futhark. Essa música altamente visual é difícil de ser encaixada em qualquer gênero, e não existe muito ao que comparar. O estilo pode talvez ser descrito como uma curiosa mistura de folk, world e ambient music, mas sem se limitar ao escopo às vezes limitados destes gêneros.

publicidade

WARDRUNA foi fundado por Einar "Kvitrafn" Selvik (JOTUNSPOR, GORGOROTH, SAHG, DEAD TO THIS WORLD, DET HEDENSKE FOLK, BAK DE SYV FJELL) e Gaahl (GORGOROTH, GAAHLSKAGG, SIGFADER, TRELLDOM) como um projeto em 2002 para explorar e invocar as profundezas da sabedoria e espiritualidade Nórdica.

"Meu propósito com o WARDRUNA é trazer Balder de volta para casa onde ele pertence", explica Gaahl, que ressalta que Kvitrafn é a força criativa por trás do WARDRUNA.

publicidade

"Originalmente era para fazermos tudo juntos, basicamente, mas acabou que Kvitrafn trabalhou na parte musical e eu ajudei um pouco nas letras e vocais limpos", diz Gaahl.

"Runaljod - Gap Var Ginnunga" tem um profundo e único som que consiste na mistura de vários instrumentos, alguns dos quais são raramente utilizados. Alguns exemplos: tambores de pele de veado, harpa de boca, chifre de bode, lur, violino Hardanger e tagelharpe "violino viking". Sons de "instrumentos" mais não-ortodoxos como árvores, pedras e fogo também são incorporados na música, e, para finalizar, por cima de tudo isso temos poderosas vozes de três vocalistas.

publicidade

O conceito é a representação musical do Futhark, um dos alfabetos rúnicos Germânicos. WARDRUNA usa oito runas das quais constroem uma constelação. "De lá a música começa e o objetivo é de trazer, eventualmente, o deus Balder para Walhalla", diz Gaahl. "Primeiramente nós pegamos oito das runas, que formam o que eu chamo de círculo de Hagal."

publicidade

Cada um dos três álbuns irá contar com oito runas, mas não na ordem das três famílias aettires, como são mais comumente usadas.

"Runaljod - Gap Var Ginnunga" contém as seguintes runas:

Hagal
Bjarkan
Thurs
Jara
Laukr
Kauna
Algir
Dagr

Gaahl concorda que o assunto é de certa forma místico e difícil de entender. "Eu não explico magia mas ela é ligada, de alguma forma", ele sorri.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Guns N' Roses: álcool, drogas e intrigas nos primórdios da bandaGuns N' Roses
álcool, drogas e intrigas nos primórdios da banda

Sonho de Consumo: os 10 palcos de shows mais desejadosSonho de Consumo
Os 10 palcos de shows mais desejados


Sobre Lien

"Carioca, "fotógrafo", desenvolvedor front-end, designer digital wannabe, péssimo instrumentista, metido a produtor musical. Antichristian, black metal fan, drunk, horny & horned. FOAD!

Mais informações sobre Lien

Mais matérias de Lien no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin