Metallica: engenheiro de som comenta sobre microfones

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Douglas Morita e Emanuel Seagal, Fonte: Metal Remains
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 14/01/09. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O engenheiro responsável pela mesa de som do METALLICA e fiel usuário da Audio-Technica, "Big Mick" Hughes, continua escolhendo e confiando em uma variedade de microfones A-T para o som da banda.

4616 acessosMetallica: Lars Ulrich lamenta a morte de Chester Bennington5000 acessosLuxúria: uma lista de alguns dos clipes mais sexys da história

A posição de "Bick Mick" Hughes como o engenheiro da mesa de som da lenda do heavy metal METALLICA é quase tão longa quanto a existência da banda. "Este é meu 25o. aniversário. Eu tinha 25 ou 26 anos quando eu comecei com os caras, e vou completar 51 em um minuto", relembra Hughes.

Embora a banda tenha evoluído e crescido, uma chave para sua longevidade é sem dúvida sua constante dedicação ao heavy metal, mostrado brilhantemente no destruidor álbum de 2008, "Death Magnetic". Outra constante para a banda tem sido a seleção de Hughes da Audio-Technica como as escolhas de microfones para o setup ao vivo de palco do METALLICA, na qual a mais recente encarnação está cruzando os Estados Unidos, seguindo em breve para a Europa como a "Death Magnetic World Tour".

"Eu tenho usado a Audio-Technica por anos, por causa da forma que os microfones da A-T soam. Eu não posso nem me imaginar usando outra coisa", comentou Hughes. "Eles soam ótimos e são muito confiáveis. Eu não me lembro da última vez que tivemos que realmente trocar um microfone porque estava ruim. Isto simplesmente não acontece, o que é bem louvável."

Hughes mostra como o setup único de palco da banda requer várias unidades de microfones de vozes dependentes, um papel mais do que cumprido pelo AE5400. "Nós estámos no meio, então há oito posições de vocal ao redor do palco, todos AE5400 com fio. E então nós temos alguns 5400 sem fio que nós colocamos e tiramos para algumas músicas, dependendo de se eles estão tocando violões ou algo assim. E com fio e sem fio, eles todos soam exatamente da mesma forma, fazendo com que a mixagem de voz, que eu faço em subgrupos, seja relativamente simples e direto para mim."

Hughes não mede palavras para seus elogios ao Dual-element AE2500 da Audio-Technica: "O AE2500 é absolutamente excelente nas cabinets de guitarra. (...) Nós usamos os 2500 nos cabinets por muito tempo - você simplesmente sabe o que funciona, e por que mexer em um time que está ganhando?"

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

MetallicaMetallica
Lars Ulrich lamenta a morte de Chester Bennington

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Metallica"

MetallicaMetallica
Perguntas, respostas e curiosidades diversas

MetallicaMetallica
Os 10 melhores covers gravados pela banda

Heavy MetalHeavy Metal
Os 10 melhores EPs de todos os tempos

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Metallica"

LuxúriaLuxúria
Uma lista de alguns dos clipes mais sexys da história

DécadasDécadas
Você percebe que ouve Heavy Metal há muito tempo...

Lars UlrichLars Ulrich
"Eu era o maior fã do Iron Maiden"

5000 acessosLars Ulrich: O motivo pelo qual o Big Four tocou "Am I Evil"5000 acessosO lado escuro do rock: você acredita em magia negra?5000 acessosMomentos bizarros: histórias de Ozzy, Stones, Who e outros5000 acessosMelissa Reese: sua função no Guns N' Roses e reações dos fãs a ela5000 acessosFortuna: quem são os músicos mais ricos do Reino Unido?4221 acessosSteve Harris: o Avenged Sevenfold é uma das poucas bandas relevantes atualmente

Sobre Douglas Morita

Douglas Morita acha que se existem constantes em sua vida, uma delas definitivamente é o Metallica. Fã da banda desde que se conhece por gente, criou o site Metallica Remains em 1998 e considera o grupo como sua principal - porém, obviamente, não única - influência musical. Além do Metallica, tenta ouvir de tudo um pouco, sem se limitar a estilos ou rótulos.

Mais matérias de Douglas Morita no Whiplash.Net.

Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com clássicos como Iron Maiden e Black Sabbath. Hoje em dia, entre outros gêneros musicais, e sem se limitar a rótulos, ouve principalmente doom, viking e folk metal. Sempre que possível está em busca de novas bandas que tenham algo a transmitir alem de clichês, e mesmo em meio a tantas novidades não dispensa pérolas como o bom e velho Candlemass. Acompanha o Whiplash! desde os primórdios, tendo iniciado sua vida de internauta no mesmo ano de criação do site (1996). Há algum tempo está envolvido com metal, seja trabalhando com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa, na tentativa de contribuir de alguma forma para o crescimento desse que é um dos segmentos mais apaixonantes da música, o metal.

Mais informações sobre Emanuel Seagal

Mais matérias de Emanuel Seagal no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online