Megadeth: relato do encontro de membro do fã-clube

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por João Vitor H. de Mendonça, Fonte: Rust In Page
Enviar Correções  

O membro do MegaFanClub Korom Szabolcs recentemente se encontrou com o Megadeth em Milão, Itália, na turnê Priest Feast. Abaixo seu relato sobre a experiência.

The Black Dahlia Murder: banda tentou entrar na trilha de filme com cover do Megadeth

De AC/DC a ZZ Top: Origens dos nomes de bandas e artistas de rock

"É muito difícil colocar em palavras meus sentimentos sobre o encontro com o Megadeth mas tentarei. Antes de mais nada uma informação adicional. Eu tinha 15 anos de idade quando ouvi o primeiro álbum de metal da minha vida que foi 'Countdown To Extinction'. Eu estava viajando em um trem com amigos meus e eu peguei o walkman de um deles e comecei a ouvir. Alguns minutos depois eu perguntei ao meu amigo. 'Que música é essa?' E ele respondeu: 'É Megadeth!' E esta é o começo da minha história com o Megadeth. A banda que determinou a minha cultura musical da minha adolescência até hoje, ou seja, o Megadeth é a banda que me fez começar a ouvir música pesada.

O motivo principal do porquê eu ter me juntado ao MegaFanClub em 2005 foi a oportunidade de um dia me encontrar com a banda e claro o líder da banda, o Sr. Dave Mustaine, cuja música e personalidade sempre me influenciou. Sem falar das coisas incríveis nos pacotes do fã-clube que eu recebo ano após ano.

Semana passada eu ganhei o convite para o M&G (N.E.: Meet & Greet, onde os fãs se encontram a banda) em Milão, Itália, e não podia acreditar no que meus olhos viram quando abri meu e-mail e vi a mensagem com o título 'Ganhador do convite de Milão!'

Na manhã de 10 de março de 2009 (data do show) eu sentei no meu carro às 4:30 am e comecei a ir a Milão, Itália, de Budapeste, Hungria. É uma distância de 1100km (através da Áustria nos Alpes) que eu poderia fazer durante 10 horas de carro. Cheguei em Milão um pouco cansado mas não me importei. Peguei o envelope com o convite do M&G e as instruções de onde ir. Na medida que a hora do encontro se aproximava mais eu sentia que algo especial iria acontecer em alguns minutos. E claro que todos (que ganharam o convite do M&G) estavam ansiosos. E então Tracey Wiedeman (que é uma mulher muito gentil), assistente de turnê do Megadeth, saiu para dizer à banda que tudo estava pronto para começar o M&G. Poucos minutos depois membros do Megadeth começaram a surgir de um corredor. Primeiro James, Shawn e então Dave, Chris. Foi incrível vê-los juntos tão perto de mim! Eles foram amigáveis e responsivos e então começaram a autografar e tirar fotos. Não posso dizer porquê, mas eu senti que Dave Mustaine possui uma aura 100% rock star. Um cara incrível!!!! Conversamos um pouco e eu dei a ele um pequeno presente (uma camiseta escrita 'Budapest' com uma caveira) e ele agradeceu muito provando na minha frente de novo que ele não é apenas uma grande pessoa mas um cavalheiro também.

E também obrigado a todos desde o Sr. McRobb (no MegaFanClub) à banda que ajudou a tornar esta oportunidade do M&G possível para mim.

Esta noite foi e será para sempre um dia inesquecível na minha vida!!! E claro, eu incentivo todos que gostam da música do Megadeth a se tornarem membros deste fantástico MegaFanClub pelos mesmos sentimentos que passei com a banda naquela noite! Vale a pena!"

Korom Szabolcs "hunmegary".


adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin