Gorgoroth: Infernus vence a disputa pelo nome da banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Emanuel Seagal, Fonte: Infernus, Tradução
Enviar Correções  

Foi dado o veredito na disputa pelos direitos do nome GORGOROTH entre o vocalista Gaahl, o baixista King ov Hell e Infernus, guitarrista fundador do grupo.

Pseudônimos no Black Metal: De entidades pagãs a O Senhor dos Anéis

Regis Tadeu: Los Hermanos fez um tremendo mal ao rock brasileiro

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Infernus entrou com uma ação judicial contra King ov Hell em 2008 alegando que King, o sexto baixista na história do Gorgoroth, registrou secretamente o nome e logo do grupo, os quais Infernus utilizava desde 1992.

Infernus publicou nesta segunda-feira, dia 09 de Março, um post em seu blog no MySpace, que afirma o seguinte: "A corte de Oslo chegou a um veredito hoje sobre a questão do nome da banda GORGOROTH, que foi discutida no fim de janeiro de 2009. A corte decidiu que o registro #243365 de King ov Hell sob o nome do Gorgoroth NÂO é válido e deve ser excluído. A corte afirma que King ov Hell e Gaahl excluiram-se do Gorgoroth quando tentaram afastar Infernus em outubro de 2007. A corte afirma ainda que Infernus não pode ser excluído do Gorgoroth a não ser que ele mesmo decida sair. Infernus está muito satisfeito, mas não surpreso, por este veredito. As questões remanescentes envolvendo questões financeiras ainda serão decididas."

A lista de testemunhas que participaram na corte durante o julgamento no fim de janeiro foi a seguinte:

* Torgrim Øyre (membro fundador do GORGOROTH, e manager no Hole In The Sky Festival)
* Anders Odden (ex-CELTIC FROST, CADAVER INC.)
* Tormentor (membro fundador do GORGOROTH, agora membro da formação do Infernus)
* Espen Solheim Røhne (Membro da distribuidora norueguesa Indie Distribution, que ficou ao lado de Gaahl e King Ov Hell)
* Per Gyllenbäck (Regain Records, que ficou ao lado de Infernus)
* Asbjørn Slettemark (da revista norueguesa da indústria musical Faro Journalen)
* Gro Narvestad (Inferno Festival)

Para conferir futuras novidades sobre o caso e o Gorgoroth confira a página do Infernus no MySpace, que conta com dezenas de páginas o apoiando nessa disputa nos últimos meses em diversos países como Ucrânia, Polônia, Espanha, Noruega, Áustria, Alemanha e até mesmo o Brasil.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Pseudônimos no Black Metal: De entidades pagãs a O Senhor dos AnéisPseudônimos no Black Metal
De entidades pagãs a O Senhor dos Anéis


Gorgoroth: As orientações sexuais e políticas de GaahlGorgoroth
As orientações sexuais e políticas de Gaahl

Sai pra lá, capiroto!: as músicas mais demoníacas do MetalSai pra lá, capiroto!
As músicas mais demoníacas do Metal


Regis Tadeu: Los Hermanos fez um tremendo mal ao rock brasileiroRegis Tadeu
Los Hermanos fez um tremendo mal ao rock brasileiro

AC/DC: A origem do nome da bandaAC/DC
A origem do nome da banda


Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com clássicos como Iron Maiden e Black Sabbath. Hoje em dia, entre outros gêneros musicais, e sem se limitar a rótulos, ouve principalmente doom, viking e folk metal. Sempre que possível está em busca de novas bandas que tenham algo a transmitir alem de clichês, e mesmo em meio a tantas novidades não dispensa pérolas como o bom e velho Candlemass. Acompanha o Whiplash! desde os primórdios, tendo iniciado sua vida de internauta no mesmo ano de criação do site (1996). Há algum tempo está envolvido com metal, seja trabalhando com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa, na tentativa de contribuir de alguma forma para o crescimento desse que é um dos segmentos mais apaixonantes da música, o metal.

Mais informações sobre Emanuel Seagal

Mais matérias de Emanuel Seagal no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL