Matérias Mais Lidas

imagemA simpatia de James Hetfield ao conversar com pais de bebê que nasceu durante show

imagemMalmsteen ameaça cancelar show por que vocalista Jeff Scott Soto estava no local

imagemComo Max Cavalera aprendeu inglês tendo abandonado a escola aos 12 anos de idade

imagemConfira as músicas que o Iron Maiden está ensaiando para turnê que passa pelo Brasil

imagemLuciano Hang processa vocal do Fresno e quer indenização de R$ 100 mil por danos morais

imagemFoto feita após fim da turnê mostra todos do Ghost sem máscaras, incluindo "Ghoulettes"

imagemVocalista do Gwar diz que integrantes do Maiden são "um bando de velhas britânicas"

imagemKiko Loureiro explica por que acha uma merda seu solo de guitarra em "Rebirth"

imagemO segredo da longevidade do baixista do Guns N' Roses tem inspiração nos Stones

imagemAdrian Smith e a volta ao Maiden: "queriam o Bruce e já tinham dois guitarristas"

imagemNeil Carter não é fã da voz de Ozzy e diz que sem bons músicos, história seria diferente

imagemJames LaBrie fala sobre a possibilidade de trabalhar novamente com Mike Portnoy

imagemQuando Angus Young, do AC/DC, detonou o Led Zeppelin e os Rolling Stones

imagemHellsinger: game reúne grandes vozes do metal em músicas inéditas; veja o trailer

imagemScott Ian diz que próximo álbum do Anthrax talvez seja lançado em 2023


PRB

Nirvana: ex-baixista concorre por partido inexistente

Por Rafael Gonçalves
Fonte: New Music Express
Em 13/06/09

O ex-baixista do NIRVANA, Krist Novoselic, anunciou que está concorrendo a um cargo público para protestar contra o sistema eleitoral do estado de Washington.

Novoselic se inscreveu no dia 3 de junho como candidato a um cargo no condado de Wahkiakum pelo partido fictício 'Grange Party', com o intuito de chamar atenção sobre as políticas estaduais que dão total liberdade aos candidatos para nomearem sua filiação partidária.

Em email ao The Daily World, Novoselic explica: "Eu me declarei afiliado do 'Grange Party', que na verdade não existe, o que era ilegal anteriormente. [...] A legislação atual confunde os eleitores."

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

O músico, politicamente ativo, atualmente trabalha como secretário do Partido Democrata no Condado de Wahkiakum.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Nirvana: O dia que Kurt Cobain conheceu Dave Grohl (vídeo)




Sobre Rafael Gonçalves

Mineiro de Juiz de Fora, nascido em 1985, graduando em Administração de Empresas, leitor do Whiplash! desde 2001, guitarrista mediano. Teve seus primeiros contatos com o Rock na infância, com Legião Urbana, Raul e Pink Floyd. Porém foi somente aos 14 anos que teve os cabelos da nuca arrepiados ao ouvir uma bolachinha chamada Appetite for Destruction, de um tal Guns N'Roses. Desde então, o hard rock e o heavy metal são parte integrante e indispensável de sua vida. Mas como sabe que só existem dois tipos de música (a boa e a ruim), curte também progressivo, rock nacional, blues e até um punk rock de vez em quando.

Mais matérias de Rafael Gonçalves.