Marilyn Manson: entrevista com o guitarristaTwiggy Ramirez.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Eduardo Duca, Fonte: Manson.com.br
Enviar Correções  

A Ascensão e Queda de Twiggy Stardust
Por Noemy Langlais - Rock One Mag (Julho 2009)

MARILYN MANSON está de volta com Twiggy Ramirez, seu velho parceiro causador de problemas. A partir desta explosiva dupla, "The End Of High Low", o álbum de redenção, nasceu. Em Paris, Twiggy, que hoje é oficialmente o guitarrista da banda, responde às nossas perguntas.

Poucos dias depois da nossa entrevista com MARILYN MANSON por telefone, tivemos um encontro com Twiggy (que agora prefere não usar seu nome Ramirez) em uma suíte de um luxuoso hotel parisiense. Diferente de MARILYN MANSON, o guitarrista é mais reservado e um tipo defensivo de homem. Falar de música não é algo natural para ele, e ainda menos quando se trata de temas mais pessoais. Ele irá gentilmente responder a todas as nossas perguntas, apesar do cansaço devido ao fuso horário e à festa na noite anterior. "Estou feliz por estar de volta, ouvir música, estar aqui na França e entrar em apuros", ele brinca. Ele prossegue: "Você pode me dizer o dia e a hora que é?" Esta reunião mantém as suas promessas!

Sobre o regresso à banda MARILYN MANSON:

Twiggy Ramirez: Eu estava cansado de tocar esse tipo de música e, acima de tudo eu queria explorar novas coisas. O meu coração não estava mais nisso. Nós apenas nos separamos para nos encontrarmos novamente. Eu sabia que era hora de eu voltar, como eu sabia lá trás que era melhor eu partir. Tudo aconteceu muito naturalmente. Tivemos uma reunião em um saguão de hotel e nós conversamos. Depois trocamos e-mails e entramos em contato por telefone. Então ele finalmente me perguntou se eu estaria interessado em trabalhar no próximo álbum e eu aceitei.

Sobre a direção musical do novo álbum:

Twiggy Ramirez: Eu não acho que "The High End of Low" está perto de "Antichrist Superstar", ou qualquer outro álbum de MARILYN MANSON. É apenas uma progressão natural do que poderia ter acontecido depois de "Holy Wood". Não sei por que razão as pessoas se convenceram de que este álbum estaria perto de "Antichrist Superstar", mas pode ser devido ao fato de que estamos trabalhando juntos novamente. Enfim, não era nossa intenção criar algo semelhante. Este tem menos riffs, antes tínhamos até dez partes de guitarra, e agora você só tem uma ou duas. Aqui são principalmente músicas com uma progressão.

Sobre suas influências musicais:

Twiggy Ramirez: Quando estou escrevendo músicas não quero ser influenciado pelas más lembranças, mas só pela música que eu amo. Posso compreender que MARILYN MANSON usa suas experiências pessoais para escrever as letras, mas para a música não é necessário. Estou fazendo música para me divertir e porque eu gosto de compor, então eu não quero que ela seja algo infeliz e escura.

Para lêr a entrevista completa clique aqui.



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Taylander8: O triste fim do polêmico Marilyn Manson (vídeo)Taylander8
O triste fim do polêmico Marilyn Manson (vídeo)


Marilyn Manson: ele removeu costelas para praticar autofelação?Marilyn Manson
Ele removeu costelas para praticar autofelação?

Slipknot: é deles a melhor música dos anos noventaSlipknot
é deles a melhor música dos anos noventa


Ozzy Osbourne: Eu detesto a expressão Heavy Metal!Ozzy Osbourne
"Eu detesto a expressão Heavy Metal!"

Roadrunner: os melhores frontmen de todos os temposRoadrunner
Os melhores frontmen de todos os tempos


Sobre Eduardo Duca

Sempre gostou de ouvir o bom rock n'roll sem restrições ou algum tipo de rótulo. Não tem um estilo favorito, pois consegue gostar de bandas de gêneros distintos. Fã absoluto da banda Marilyn Manson!

Mais matérias de Eduardo Duca no Whiplash.Net.

adWhipDin