Porão do Rock: uma edição com mais rock brasiliense

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marcus Vinicius Leite, Fonte: Porão do Rock, Press-Release
Enviar correções  |  Ver Acessos

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

Pode parecer frase do presidente Lula, mas nunca antes na história do Porão do Rock tantas bandas do Distrito Federal tocaram numa mesma edição do festival. Em 2009, das 40 atrações previstas, 28 são ou têm alguma ligação com a capital do país, que comemora 50 anos de fundação em 21 de abril de 2010.

Led Zeppelin: plágios, homenagens ou mera coincidência?Bonnie Rotten: estrela pornô fala do amor ao Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Destas, 16 jamais tocaram no evento, que chega a sua 12ª edição nos dias 19 e 20 de setembro, na Esplanada dos Ministérios, com entrada franca. Seis garantiram vaga por meio da Seletiva Brasília realizada em agosto, na Torre de TV: Blazing Dog, Bootlegs, Cassino Supernova, Kanela Seka, Na Lata e Soatá. Outras seis foram convidadas pela produção por conta de suas boas participações em Seletivas anteriores (2007 e 2008) e pelo trabalho desenvolvido na cena local durante este período: Di Boresti, Rocan, Scania, Superquadra, Trampa e Watson. Três, que estavam inativas, foram resgatadas para apresentação única e especial: Little Quail & the Mad Birds, Escola de Escândalo e Fallen Angel/Dungeon. E mais uma atração inédita está para ser confirmada.

Das 12 que já tocaram anteriormente, três foram promovidas do ano passado do Palco Pílulas para o Principal: Super Stereo Surf, Elffus e Rafael Cury & the Booze Bros. Por sua vez, The Pro subiu de patamar dentro do próprio Palco Pílulas, tocando agora como headliner do espaço. Já o Dynahead volta ao festival, depois de quatro anos, para lançar o segundo CD.

As demais bandas que se repetem estão dentro do "pacote" de homenagens a história do rock Brasília programadas para o dia 20 de setembro. São os casos de Paralamas do Sucesso (que veio em 2003), Raimundos (2000 e 2003), Plebe Rude (1999 e 2005), Cabeloduro (2000 e 2004), M. Roots (que, como Maskavo Roots, foi umas formadoras do Porão do Rock, tendo se apresentado nas duas primeiras edições do festival, em 1998 e 1999), Detrito Federal (2001) e Móveis Coloniais de Acaju (2000, 2005 e 2007).




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Notícias

Led Zeppelin: plágios, homenagens ou mera coincidência?Led Zeppelin
Plágios, homenagens ou mera coincidência?

Bonnie Rotten: estrela pornô fala do amor ao MetalBonnie Rotten
Estrela pornô fala do amor ao Metal


Sobre Marcus Vinicius Leite

Tentou ser guitarrista e baixista e viu que não era tão simples fazer acordes como o Malmsteen. Jornalista, trabalha em duas empresas ligadas à comunicação diária e se aventura na escrita e no trombone. Também escreve roteiros e assessora uma companhia de comédia.

Mais informações sobre Marcus Vinicius Leite

Mais matérias de Marcus Vinicius Leite no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336