Rainbow: "Reunião? Esqueça!", diz ex-tecladista

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Felipe de Alcântara Vieira, Fonte: Classic Rock Magazine, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 15/10/09. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Tony Carey, ex-tecladista do RAINBOW, disse à revista Classic Rock que nunca haverá uma reunião da banda.

1227 acessosBlackmore: não tenho razão nenhuma para achar a música divertida5000 acessosIgor Cavalera sobre Sepultura: "Não gosto de falar de gente morta"

Carey, que tocou nos clássicos "Rising" e "On Stage", acredita que já passou o tempo disso acontecer. "Eu adoraria ter a chance de entrar no palco novamente com Richie Blackmore [guitarra], Ronnie James Dio [vocais] e Jimmy Bain [baixo]", ele disse. "Nós poderíamos ter Bobby Rondinelli ou Greg Smith na bateria, substituindo Cozy Powell. Mas eu posso lhe afirmar que isso nunca vai acontecer".

Ele ainda continuou: "Ronnie não tem nenhuma perspectiva de trabalhar novamente com Ritchie. E Ritchie está tão compenetrado em sua música renascentista, com o BLACKMORE'S NIGHT, que eu duvido que ele chegue a cogitar a hipótese de unir o RAINBOW novamente. Então, qualquer um que esteja imaginando uma possível reunião pode esquecer."

Carey, que foi co-fundador do OVER THE RAINBOW com o vocalista Joe Lynn Turner e Rondinelli, está atualmente conversando com o vocalista Doogie White (que esteve na última formação do RAINBOW em 1994) sobre um novo projeto, e está também trabalhando num novo álbum solo.

"Eu tive que sair do OVER THE RAINBOW, porque estive gravemente doente no início do ano - ao ponto de receber a notícia de ter apenas 10% de chances de vida - e não podia me comprometer com a agenda da banda. [Foi então substituído por Paul Morris]. Mas felizmente, essa nova banda com Doogie vai acontecer e eu posso voltar a tocar o orgão Hammond mais alto do mundo!"

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Ritchie BlackmoreRitchie Blackmore
Ele toparia voltar a tocar no Deep Purple

1227 acessosBlackmore: não tenho razão nenhuma para achar a música divertida2160 acessosRainbow: single traz música nova da banda de Ritchie Blackmore0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Rainbow"

Ritchie BlackmoreRitchie Blackmore
Odeia felicidade, diz que sorrir não é natural

Ritchie BlackmoreRitchie Blackmore
Conquistando mulher jogando meia na cara

Heavy MetalHeavy Metal
Dez discos essenciais dos anos setenta

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Rainbow"0 acessosTodas as matérias sobre "Over The Rainbow"

Igor Cavalera sobre SepulturaIgor Cavalera sobre Sepultura
"Não gosto de falar de gente morta"

FaturamentoFaturamento
Quanto Judas, Aerosmith, Slash fazem por show?

Iron MaidenIron Maiden
Nado sincronizado ao som de "The Trooper"

5000 acessosSlash: guitarrista escolhe seus riffs favoritos5000 acessosManowar: assista discurso épico de DeMaio no Monsters Of Rock5000 acessosFotos de Infância: Ozzy Osbourne2813 acessosSepultura: "Roots" combina perfeitamente com Guardiões da Galáxia5000 acessosRolling Stone: as melhores bandas com nomes de cor4649 acessosHeavy Metal: as palavras mais usadas em nomes de bandas

Sobre Felipe de Alcântara Vieira

Com 22 anos cursa Engenharia Elétrica na UFJF e tem plena convicção de que um dia conseguirá se formar. Aos 14 se iniciou no mundo do metal através da curiosidade de saber de onde vinham as músicas de um jogo de vídeo-game antigo. Quando descobriu que a trilha sonora do jogo era formada por Black Sabbath e Deep Purple, sua vida nunca mais foi a mesma. A partir dali vieram: Led Zeppelin, AC/DC, Iron Maiden, Metallica, Judas Priest, Thin Lizzy, etc.

Mais matérias de Felipe de Alcântara Vieira no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online