Rotting Christ: as participações especiais no novo trabalho

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thamirys Layla, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Conforme já publicamos, o ROTTING CHRIST divulgou o título de seu novo álbum previsto para sair em 15 de fevereiro na Europa e em 23 de fevereiro nos Estados Unidos: "Aealo", que foi gravado nos estúdios Lunatach, em Katerini, Grécia, e contará com participações da vocalista Diamanda Galas e do líder do PRIMORDIAL, Alan A. Nemtheanga.

Humor: oito razões pra dormir com um bateristaGuns N' Roses: a história da saída de cada integrante

Segundo um comunicado de imprensa, "Aealo" vai se aprofundar mais do que nunca nas raízes gregas do ROTTING CHRIST. O vocalista Sakis Tolis explica: "'Aealo' é a transcrição de uma palavra do grego antigo para o alfabeto latino. Significa catástrofe ou destruição e reflete o conteúdo musical e lírico do álbum".

"O conceito de 'Aealo' é baseado nos sentimentos de um guerreiro durante uma batalha, por isso o título do álbum tem esse sentimento de raiva, medo e dor."

Nemtheanga falou recentemente sobre sua colaboração com o ROTTING CHRIST: "'Satanas Tedeum' foi uma das primeiras demonstrações de black metal que eu vi, em 1989. Tenho sido um fã desde então, por isso foi um prazer e uma honra cantar com uma banda de que eu sou fã há 20 anos. Temos excursionado juntos e já visitei muitas vezes Hellas ao longo dos anos. Por volta dos anos 90, a cena tornou-se presa ao Nordic Metal e esqueceu-se que a boa música ainda estava sendo feita na América do Sul, Canadá, Austrália, Ásia, Europa Oriental e a cena grega é uma das mais antigas. Alguns de nós, no entanto, não se esqueçem, por isso minha contribuição é uma honra, por 20 anos de boa música e amizade".

Quanto à direção musical do novo álbum do ROTTING CHRIST, Alan diz: "Parece o ROTTING CHRIST clássico, embora estejamos continuando de onde paramos, com 'Theogonia', mas longe de sentir a velha sensação 'satânica' e muito mais no reino dos antigos deuses gregos, mitologia e folclore. Eu penso e sinto que é essa influência, em muitos aspectos, que desencadeou a banda, dando-nos mais liberdade para explorar o nosso próprio patrimônio e cultura.

Tolis ainda acrescentou: "A colaboração com Alan, do PRIMORDIAL numa canção do novo álbum foi uma honra para a nossa banda. Ao incluir sua grande voz no nosso álbum, nós acreditamos que ele trouxe o clima que estávamos buscando para esta música específica: um clima céltico que tem muitas semelhanças com a antiga cultura grega e atmosfera que exala este álbum. Alan definitivamente levantou a música, porque a voz dele é grande e, mais importante, única. Estamos honrados em trabalhar com a voz da Irlanda! "

Diamanda Galas fez aparições em uma versão da música "Orders from the Dead", do ROTTING CHRIST. "É uma honra enorme para a nossa banda ter a senhora Diamanda Galas no nosso novo álbum", afirma Sakis. "Obter a aprovação para usar sua voz em sua versão de 'Orders from the Dead' faz sentir como se nós tivessemos feito o cover de maior sucesso em nossa carreira, com uma das canções com mais alma na história da música. Os mortos ainda estão à espera para a sua justificação...".



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Rotting Christ"Todas as matérias sobre "Primordial"


Grécia: dez das maiores bandas de metal do paísGrécia
Dez das maiores bandas de metal do país

Idioma: bandas que já cantaram em sua língua natalIdioma
Bandas que já cantaram em sua língua natal


Humor: oito razões pra dormir com um bateristaHumor
Oito razões pra dormir com um baterista

Guns N' Roses: a história da saída de cada integranteGuns N' Roses
A história da saída de cada integrante


Sobre Thamirys Layla

Thamirys Layla, curitibana nascida em 1987 e formada em Design Gráfico. É apaixonada por heavy metal, quadrinhos e animação. Também é pão dura feito o Patinhas e está sempre em busca de novas bandas ou informações sobre shows no Brasil. Sem contar que ainda tem uma grande paixão pela Finlândia, seu idioma, cultura e, principalmente, as bandas.

Mais matérias de Thamirys Layla no Whiplash.Net.