Rob Halford: "Se é másculo, não pode ser gay? Ridículo!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Adelemberg Thiago, Fonte: Gibson, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O frontman do JUDAS PRIEST e HALFORD, Rob Halford, falou ao San Diego Gay & Lesbian News em dezembro de 2010 a respeito de seu anúncio, em 1998, de que ele era gay.

Slipknot: Corey Taylor abandona os palcos se o Guns se reunirGutural: mulheres que fazem vocal em bandas de Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Você pode ser quem você é sem ter que se esconder, sem ter que mentir, e isso te faz mais forte e mais completo como pessoa", ele disse. "essa é a coisa principal que eu fui capaz de experimentar quando eu fiz o anúncio, e desse ponto em minha vida, minha vida pessoal, que sempre foi uma espécie de vida pública, de qualquer maneira, foi finalmente revelada, e foi uma enorme pressão tirada das minhas costas. Realmente foi a melhor coisa a se fazer. É a melhor coisa para alguns de nós fazer se acharmos que somos capazes de sairmos do armário e sermos quem somos sem ter que ser algo que não somos."

A lenda do metal também revelou que ele não poderia ter se revelado abertamente como gay se ele estivesse no JUDAS PRIEST naquela época.

"Sempre estive protegendo o JUDAS PRIEST, protegendo a música, protegendo os fãs, protegendo todo mundo, exceto a mim mesmo", ele disse. "Eu não era capaz de dizer e fazer as coisas que eu queria fazer até que eu me libertei e tive aquelas outras aventuras musicais.... Eu provavelmente não teria feito o anúncio se eu estive no JUDAS PRIEST naquela época."

Halford também sugere que seus fãs, fãs de metal em geral, percorreram um logo caminho desde que o Priest se tornou uma estrela internacional.

"O quê eu acho que eu tenho feito é destruir o mito que as bandas de heavy metal não tem essa capacidade", ele disse. "É um mundo diferente agora. O heavy metal agora é um mundo completamente diferente comparado ao heavy metal em 1980... Eu acho meio que desmistifica essa questão de masculinidade. Dizer que se você é másculo você não pode ser gay, é ridículo... A vasta maioria [dos fãs] esteve completamente me aceitando, e isso foi tremendamente poderoso."

A entrevista completa (em inglês) pode ser lida no link abaixo.

http://sdgln.com/news/2010/12/14/qa-rob-halford-heavy-metal-...




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Rob Halford"Todas as matérias sobre "Judas Priest"


Judas Priest: mulherada ainda tenta algo, diz Rob HalfordJudas Priest
Mulherada ainda tenta algo, diz Rob Halford

Grandes covers: cinco versões para PainkillerGrandes covers
Cinco versões para "Painkiller"


Slipknot: Corey Taylor abandona os palcos se o Guns se reunirSlipknot
Corey Taylor abandona os palcos se o Guns se reunir

Gutural: mulheres que fazem vocal em bandas de MetalGutural
Mulheres que fazem vocal em bandas de Metal


Sobre Adelemberg Thiago

Serratalhadense, pernambucano arretado, e terminando o curso de fisioterapia. Nasci em 1985, comecei a escutar rock através das baladas românticas dos "love metal" da vida!. De 2001 até hoje, curto quase todos os gênero do rock, desde o Queen e a velha guarda do hard rock, tipo Scorpions e Europe, aos grandes nomes alemães e chegando ao grande Dimmu Borgir. Sou apaixonado por futebol, meeeengo, corridas, adoro carros esportivos. Não sou um ás das palavras nem tampouco um Bach nas músicas, mas ajudar a divulgar o hard rock/heavy metal, contribuir com o site e ver a galera comentando sobre o que você posta é gratificante, por isso decidi a colaborar sempre que possível com o site. No twitter: @A_Thiago.

Mais matérias de Adelemberg Thiago no Whiplash.Net.

adGoo336