AC/DC: baterista diz estar sendo tratado injustamente

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nathália Plá, Fonte: Stuff.co.nz, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

(Nota do editor: uma versão simplificada desta matéria foi publicada anteriormente).

Zakk Wylde e Dave Grohl: A treta por causa de canções para OzzyÓdio musical: os artistas mais detestados em lista da Spinner

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O baterista do AC/DC, Phil Rudd, disse ao site Stuff.co.nz que ele tem sido tratado injustamente pelas autoridades neozelandesas que o condenaram pela posse de 27 gramas de maconha.

Rudd foi condenado no Tribunal do Distrito de Tauranga pela posse de maconha encontrada em sua lancha no dia 7 de outubro. "Eles (a polícia) tem tentado me pegar na estrada há um bom tempo", disse.

O magistrado da comunidade Robyn Paterson condenou Rudd durante procedimentos que afirmaram que o baterista estava "brincando de roleta russa" por estar na posse de maconha. "Minha única roleta russa é sobreviver à vida na estrada," disse Phil.

O músico disse ao site Stuff.co.nz que ele não falou a nenhum de seus colegas de banda do AC/DC sobre sua condenação e não tem certeza se vão embarcar em outra turnê. "Não ouvi falar nada. É difícil dizer se faremos. Quando eu entrei na banda em 1974, nós fizemos 174 shows em 11 meses. Os shows que fazemos nos dias de hoje não são preparados em um dia."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "AC/DC"


AC/DC: o comercial de Brian Johnson no dia em que fez teste para a bandaAC/DC
O comercial de Brian Johnson no dia em que fez teste para a banda

Within Temptation: não somos o AC/DC que sempre faz o mesmo álbumWithin Temptation
Não somos o AC/DC que sempre faz o mesmo álbum


Zakk Wylde e Dave Grohl: A treta por causa de canções para OzzyZakk Wylde e Dave Grohl
A treta por causa de canções para Ozzy

Ódio musical: os artistas mais detestados em lista da SpinnerÓdio musical
Os artistas mais detestados em lista da Spinner


Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

adGoo336