Iron Maiden: "Temos um tremendo show", diz Janick Gers

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Gabriel Gonçalves, Fonte: Blog Poparazzi, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O blog "Poparazzi" (vinculado ao jornal "Today", de Singapura) realizou uma extensa entrevista com o guitarrista do IRON MAIDEN, Janick Gers. Dentre outros assuntos, Gers falou de como a banda se mantém no auge após tanto tempo.

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1984Motörhead: Amy Lee no colo de Lemmy Kilmister

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por falar em alargar os limites, um deles é a diferença de idades. Vocês têm garotos vindo aos shows - e não apenas os fãs que estavam lá desde o começo.

Janick: Quando tocamos na Escandinávia, a maioria dos garotos tinha de 12 a 15 anos, e os caras no fundo eram os fãs mais antigos. E é incrível, porque você pensa nisso no sentido de... Bem, como os Rolling Stones, que tocam para pessoas mais velhas. Você não vê muitos jovens indo aos shows deles. Mas com a gente há muitos jovens, e eu acho isso rejuvenescedor, na verdade. É excitante saber que atraímos uma nova geração de fãs. Eu acho que é fantástico. Me mantém com pé no chão, tocando o meu melhor, ao invés de afundando na velhice! É ótimo ver rostos jovens por aí, e você sabe que eles não te viram ainda, então é excitante. É absolutamente incrível. Não apenas na Escandinávia, mas em toda a Europa também. Não sei explicar por que isso acontece, mas acontece. Sou grato por isso, que nossa música atinja estes novos fãs.

Você acha que isso é uma validação do Iron Maiden? Porque vocês são uma banda, tocando ao vivo, ao invés de apenas depender da tecnologia, fazendo tudo com o apertar de um botão.

Janick: Você não pode descartar outras formas de música, mas somos muito honestos com o que fazemos. Fazemos o que acreditamos. Usamos as armas que temos. Quando as tendências musicais começaram a mudar, nos mantivemos fazendo o que fazemos. Nos saímos ok. Eu não descartaria as outras pessoas - há muito espaço para todo mundo. Eu sei o que gostamos de fazer, e eu acho que temos um tremendo show e as pessoas que vêm nos ver se divertem. Esta é uma das nossas forças. Nós podemos sair e tocar, e é tudo ao vivo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Confira a entrevista completa, em português, no www.imprensarocker.com.br




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Iron Maiden"Todas as matérias sobre "Janick Gers"


Iron Maiden: historiador revela os segredos Maias de The Book Of SoulsIron Maiden
Historiador revela os segredos Maias de The Book Of Souls

Bruce Dickinson: se um dia ele for indicado ao Hall da Fama, vai recusarBruce Dickinson
Se um dia ele for indicado ao Hall da Fama, vai recusar


Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1984Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1984

Motörhead: Amy Lee no colo de Lemmy KilmisterMotörhead
Amy Lee no colo de Lemmy Kilmister


Sobre Gabriel Gonçalves

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280