Whitesnake: se eu gozasse sorvete minha vida seria perfeita

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Radio Metal
Enviar correções  |  Comentários  | 

O site RADIO METAL publicou uma entrevista com o líder do WHITESNAKE, David Coverdale. O trecho abaixo foi extraído da conversa:

1120 acessosJohn Sykes: capa e detalhes de novo disco solo do guitarrista5000 acessosSlipknot: Demissão de Joey Jordison foi a decisão mais difícil da carreira


E então, como é que você está?

“Quer saber, se eu pudesse ejacular Häägen-Dazs (tradicional marca de sorvetes da cidade de Nova Iorque), minha vida seria perfeita! (risos). No exato momento, eu tenho 59 anos de idade, prevendo meu sexagésimo aniversário em setembro, e eu vou conversar com você sobre um novo disco e me preparando para sair em turnê. Então tudo são rosas em meu jardim, obrigado! É uma boa hora para ser David Coverdale!”

Nos últimos faz anos, a indústria musical mudou drasticamente.

“Ah vá!?!” (risos)

Sério! Você tentou adaptar-se a isso? Se sim, foi fácil?

“Não, eu sou um tipo de espécime que parece sobreviver! O público de hard rock que apóia meu trabalho e o tem feito por quase 40 anos não é guiado por modas, que é pelo que a indústria fonográfica é conduzida. Ela está relativamente irreconhecível agora. A única vez que o Whitesnake entrou numa moda foi no lance da MTV no fim dos anos 80, o que foi extraordinariamente bem-sucedido para nós. Mas ainda assim, durante aquela época de moda, nós mantivemos substância na música. E o foco que o Whitesnake sempre teve em suas canções. Então, na verdade, ao longo de todos esses peculiares e difíceis períodos para o negócio da música, o Whitesnake está na verdade aflorando, eu fico muito feliz e orgulhoso em dizer isso. Se eu tivesse tentando dar certo da maneira que era, então daí eu estaria preocupado. Mas isso não me afeta, porque eu faço o que quero fazer. O que eu faço é usar toda essa tecnologia moderna de Twitter, Facebook, e a internet, com o Whitesnake.com. Nós recebemos 200 mil visitas por dia, de todo o mundo, inclusive de seu magnífico país, parando no web site para ver o que está rolando no admirável louco mundo do Whitesnake. Então usamos as novas ferramentas para promover o rock clássico! Pra mim é o mesmo campo de futebol; eles só têm que mudar a trave do gol de lugar. Porque eu curto marcar gols, eu só tenho que descobrir pra onde eles mudaram a trave!”

O Whitesnake sempre teve a maioria das músicas com a palavra ‘amor’ em seus títulos, ou que falam de amor…

“Sim, esse é o francês em mim! Eu desisti de lutar contra canções de amor muito tempo atrás. Eu acho que é meu destino escrever canções de amor, e com sorte, melhorar e documentar minha experiência no amor, altos e baixos e desvios! A sexualidade disso, a parte física disso, a celebração disso, o lance do coração partido... por muitos, muitos anos, eu ficarei muito bravo comigo mesmo, porque quando eu sentava para escrever uma canção, nunca era uma intenção escrever uma canção de amor. E em nove de dez vezes, é o que saía de mim. Eu fiz um acordo com Deus que eu não discutiria mais com ele sobre isso. É a coisa mais inspiradora em minha vida criar música assim. Esse ano lançamos o single ‘Love Will Set You Free’ no dia de São Valentim, e conseguimos 750 mil acessos! Então eu acho que basicamente, o Whitesnake é rock n’ romance!” (risos).

Leia a entrevista completa (em inglês) no site Radio Metal (link abaixo).

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 30 de março de 2011
Post de 30 de maio de 2012

MudançasMudanças
10 bandas que não soam mais como em seus primeiros discos

1120 acessosJohn Sykes: capa e detalhes de novo disco solo do guitarrista0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Whitesnake"

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
7 guitarristas que quase entraram para a banda dele

David CoverdaleDavid Coverdale
Os álbuns com o cantor, do pior para o melhor

David CoverdaleDavid Coverdale
"Sou eternamente grato ao Deep Purple"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Whitesnake"

SlipknotSlipknot
Demissão de Joey foi a decisão mais difícil da carreira

Collectors RoomCollectors Room
Coleção de Metallica com 16 versões apenas do "Ride"

Em 10/08/1993Em 10/08/1993
Euronymous é assassinado por Varg Vikernes

5000 acessosTwisted Sister: Dee Snider responde bonito a Gene Simmons5000 acessosVocê sabe que o rock está moderninho quando...5000 acessosMarilyn Manson: "perdi tudo por causa de Columbine"5000 acessosGoogle: os artistas/bandas de metal mais procurados5000 acessosAlice Cooper: algumas vezes ele quase morreu de verdade no palco5000 acessosOs diários secretos de Roger Waters

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online