Yellow Matter Custard: vídeo de shows nos Estados Unidos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nathália Plá, Fonte: Blabbermouth.net, Tradução
Enviar Correções  

Depois de ter uma experiência muito divertida nos idos de 2003, o baterista Mike Portnoy (ex-DREAM THEATER), o guitarrista Paul Gilbert (RACER X, MR. BIG) e o guitarrista/tecladista Neal Morse (ex-SPOCK'S BEARD) se reuniram como YELLOW MATTER CUSTARD no fim do mês passado para mais uma vez prestar tributo a maior influência de todas: THE BEATLES!

publicidade

Em razão de conflitos de agenda (e posteriormente aumentando os rumores de que "Paul morreu"), o baixista original do YELLOW MATTER CUSTARD, Matt Bissonette, não pode se juntar à banda dessa vez e foi substituído pela lenda do UTOPIA, Kasim Sulton.

Imagens filmadas por fãs do show de 25 de fevereiro de 2011 do YELLOW MATTER CUSTARD em Long Beach, Califórnia e 27 de fevereiro de 2011 em Palatine, Illinois pode ser vistas abaixo.

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

O YELLOW MATTER CUSTARD lançou em 2005 um DVD intitulado "One Night in New York City". Gravado no B.B. King Blues Club & Grill em Nova Iorque em 18 de maio de 2003, o selist traz o YELLOW MATTER CUSTARD tocando algumas músicas bem conhecidas dos BEATLES como "Nowhere Man" and "Revolution", bem como outras mais obscuras como "I Call Your Name", "Think For Yourself" e até uma sátira hilária da lado b do "Let it Be", "You Know My Name".

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metallica: James Hetfield explica suas tatuagens preferidasMetallica
James Hetfield explica suas tatuagens preferidas

Fotos de Infância: Dave Mustaine, do MegadethFotos de Infância
Dave Mustaine, do Megadeth


Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin