Jonathan Davis: "Dave Mustaine feriu meus sentimentos"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Daniel Molina, Fonte: Rust In Page, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 08/04/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Mike Sullivan da ExploreMusic entrevistou Jonathan Davis, do KORN. Confira um trecho da entrevista.

3489 acessosMegadeth: cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica5000 acessosSpin: os 40 melhores nomes de bandas de todos os tempos

Quando perguntado sobre a turnê de 1995, onde eram a banda de abertura do MEGADETH, Davis disse, "Foi difícil estar em turnê com o Megadeth na época porque Dave Mustaine era um cara muito ruim e sempre com atitudes erradas. Eu bebia na época e fiz ele voltar a beber novamente, coisa que não deveria ter feito, mas aquele era Dave Mustaine e eu era muito jovem, uma criança, e eu pensava, 'Esse é o Dave Mustaine e ele quer beber. Vou dar algo para ele beber.' Eu o respeitava e tudo mais, mas ele feriu meus sentimentos porque ele era mau às vezes. Não tenho sentimento ruim para com ele agora, porque sabe como é - mais velho e mais sábio - mas foi assustador na época. Além do mais estávamos putos de fazer essas tours de metal. Fizemos com DANZIG — que foi legal um pouco diferente — depois com OZZY «OSBOURNE» e com o MEGADETH... Na época ninguém sabia onde nos colocar, então faziamos shows com bandas que iam desde KMFDM até MEGADETH. Não erámos uma banda de metal, e até hoje não nos encaixamos em nenhum estilo. Há bandas como SLIPKNOT e tal, eles fazem parte de uma cena, nós não; somos as ovelhas negras até hoje. Alguns fãs de metal gostam da gente, outros nos odeiam. Quando me diziam como quem sairiamos em turnê eu ficava puto. Pensava, 'Porque continuamos a fazer shows com essas bandas old-school? Quero fazer algo diferente.'"

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

MegadethMegadeth
Cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica

3109 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa527 acessosMarty Friedman: ouça "Miracle", single do novo álbum solo3537 acessosMetallica: e se James Hetfield cantasse no Megadeth?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

MegadethMegadeth
Mustaine não odeia nada e ninguém, exceto essas três coisas

MegadethMegadeth
Carta aberta de Dave Mustaine ao Metallica

Kiko LoureiroKiko Loureiro
Tocando Iron Maiden com garotas do Iron Maidens

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"0 acessosTodas as matérias sobre "Korn"

MotorheadMotorhead
Escolhido o nome de banda mais legal pela Spin

Heavy MetalHeavy Metal
Celebridades que curtem ou já curtiram o estilo

Dimebag DarrellDimebag Darrell
Whisky e guitarra de Eddie Van Halen num caixão do Kiss

5000 acessosDanilo Gentili: O sertanejo tem mais atitude roqueira que o próprio roqueiro5000 acessosPower Metal: 10 álbuns essenciais do estilo5000 acessosAC/DC: isso sim é uma bela estrada para o inferno5000 acessosNX Zero: "É bom para o rock estar longe da TV aberta"5000 acessosMax Cavalera: morte de Dimebag influenciou reconciliação com Igor5000 acessosJennifer Batten: Michael Jackson, Eddie Van Halen, machismo

Sobre Daniel Molina

Nascido em 79, professor de inglês e tradutor. Conheci o metal e suas várias vertentes através de um amigo do meu irmão no final dos 80, onde em 89 acabei me deparando com Megadeth dentre os vinis que estava ouvindo e foi amor à primeira ouvida, uma paixão que dura 20 anos. Apaixonado por thrash metal, especialmente Bay Area e East Coast mas também aficcionado por NWOBHM, Hard e Death. Com o passar do tempo percebi que o rótulo é o que menos importa e sim o tipo de música que nos agrada, mas apesar de tudo, thrash sempre acima de tudo. Já trabalhei com vários sites, cobrindo shows e fazendo entrevistas mas sempre tocando a Rust In Page por amor ao Megadeth, e hoje além de dedicação total ao meu trabalho salvo bastante do meu tempo para manter a página rolando firme e forte e mantendo os Droogies brazucas informados.

Mais informações sobre Daniel Molina

Mais matérias de Daniel Molina no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online