Hammerfall: Joacim Cans dividirá palco com Jeff Scott Soto

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nathália Plá, Fonte: Blabbermouth.net, Tradução
Enviar Correções  

No sábado, 2 de julho acontecerá a premiere do heavy metal no Societetshuset na cidade de Marstrand (ao norte de Gothenburg), na Suécia. O local agora é administrado pelo vocalista Joacim Cans do HAMMERFALL. Nessa noite em particular Joacim dividirá o palco com Jeff Scott Soto (YNGWIE MALMSTEEN, JOURNEY, TALISMAN). Isso marcará a primeira vez desde 1994 que esses dois vocalistas se apresentarão juntos.

publicidade

No início dos anos 90, Jeff Scott Soto foi técnico vocal de Joacim em Los Angeles. "Infected", o novo álbum do HAMMERFALL entrou na tabela oficial do país natal da banda na posição de nº 2 (logo atrás de LADY GAGA!). O CD foi lançado na Europa em 20 de maio e estará disponível na América do Norte em 7 de junho pela Nuclear Blast Records. Realizando o trabalho por conta própria em seu estúdio na Suécia, os membros do HAMMERFALL então viajaram para Nashville, Tennessee para finalizá-lo com o aclamado produtor James Michael (MÖTLEY CRÜE, SCORPIONS, MEAT LOAF). Ele também mixou o álbum, dando a ele uma veia mais atual sem perder a essência do som da banda. "James nos ajudou a criar algo que fosse novo e excitante enquanto ainda dentro da nossa linha", Oscar Dronjak, guitarrista e fundador da banda explica.

publicidade

O álbum consiste em onze músicas, e a primeira edição limitada também inclui um DVD bônus com material inédito em vídeos de cinco das faixas do "Infected".




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Felipe Andreoli: Se você quiser se arriscar a ligar para o ex-cantor do Angra...Felipe Andreoli
"Se você quiser se arriscar a ligar para o ex-cantor do Angra..."

Sepultura: Pavarotti gravou uma versão de Roots Bloody Roots?Sepultura
Pavarotti gravou uma versão de "Roots Bloody Roots"?


Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin