Excessos: como os rockstars gastam os seus milhões

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ligia Fonseca, Fonte: Daily Mail, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

O Daily Mail, famoso tablóide inglês, publicou em seu site alguns dos mais famosos episódios de desperdício e flagrante queima de dinheiro feito por rockstars. Confira a lista abaixo.

5000 acessosPiadas sobre músicos5000 acessosFilhos de Rockstars: qualquer coincidência é semelhança

LEMMY KILMISTER

Espada da Luftwaffe: £3,245 (R$11.540)

Nascido em 1945, o líder do Motorhead, Lemmy, era fascinado por artigos da Segunda Guerra. Uma espada cerimonial rara é o item mais valioso de sua ampla coleção e dobrou de valor desde que ele a adquiriu.

"É um investimento muito bom", argumentava Lemmy, que dizia não ter admiração por nenhum dos nazistas... exceto pelo chefe da Luftwaffe, Hermann Goering.


ELVIS PRESLEY

Sanduíches de manteiga de amendoim e bacon: £1,846 (R$6.570)

Na noite de 1º de fevereiro de 1976, 'o Rei' aprontou uma que combinava três de suas atividades preferidas - gastar muito, se gabar para policiais e comer coisas nojentas.

Enquanto entretia dois policiais do Colorado na Graceland, sua casa em Memphis, ele mencionou um sanduíche que havia comido uma vez no restaurante da Colorado Gold Mine Company em Denver: um pão sem miolo, com manteiga, recheado de manteiga de amendoim, presunto e 500 g de bacon frito. O sanduíche era para oito pessoas, mas Elvis acabou com ele sozinho.

Notavelmente, um dos policiais mostrou interesse. Mais notavelmente ainda, Elvis insistiu que eles deviam ir para Denver, a 1600 km de distância, comê-lo.

Sua limusine Mercedes os levou ao aeroporto de Memphis, onde seu jato particular, Lisa Marie - com móveis de plush verde-água - aguardava. Duas horas depois, eles aterrisaram em Denver, onde 22 sanduíches 'Fool's Gold', de R$96, em bandejas de prata, além de um balde de água Perrier e uma caixa de champanhe, foram levados a um hangar privativo do aeroporto pelo dono do restaurante, sua esposa e um garçom.


BONO VOX

Vôo de primeira classe para um chapéu: £1,000 (R$3.550)

Convidado para se apresentar em um show beneficente para o Iraque com Luciano Pavarotti em 2003, o vocalista do U2 percebeu que havia esquecido seu chapéu de feltro favorito, então providenciou que o acessório fosse levado de táxi até o aeroporto Heathrow e, de lá, para um vôo para Itália - em primeira classe. Devido ao medo de que ele fosse amassado, perdido ou roubado, o chapéu recebeu um upgrade de sua espaçosa poltrona para a cabine do comandante.

THE BEATLES

Aparelhos Eletrônicos da Apple: £278,000 (R$989.250)

Uma parte da infame e extravagante empresa Apple Corps dos Beatles, que também incluía a Apple Records e uma butique, era esta sub-divisão chefiada pelo mago dos eletrônicos Alexis Mardas. Em seu único ano no emprego, 'Magic' Alex lançou diversos inventos, incluindo tinta elétrica, um disco voador e um estúdio de gravação com 'campo de força sônica', que nunca funcionaram. Ele foi demitido em 1969.


SIR ELTON JOHN

Flores: £250,000 (R$889.600)

O pianista favorito da Inglaterra nunca foi um homem de desperdiçar um milhão quando poderia gastar três milhões, mas o amor de Elton pelas flores ultrapassa até mesmo seus níveis mais vertiginosos de gastos. Durante o processo contra seu antigo agente em 2000, ele admitiu no tribunal que, entre janeiro de 1996 e setembro de 1997, havia gasto mais de R$ 880 mil em flores. "Sim, gosto de flores", afirmou. Jura?


RONNIE WOOD

Réplica de um pub inglês: £36,000 (R$128.000)

Quando o guitarrista do Rolling Stones comprou Sandymount, uma residência do século 18 em County Kildare, enfeitou o jardim com um pub onde os Stones podiam relaxar durante os ensaios.

Atualmente, no entanto, o pub tende a ter falta de estoque, graças aos episódios esporádicos de sobriedade de Woods.


JOHN LENNON

Trenzinho de primeira classe: £7,075 (R$25.170)

Lennon era famoso por bancar uma imagem de "herói da classe trabalhadora", mas não tinha vergonha de aproveitar os frutos de seu trabalho nos Beatles e, uma vez, comprou uma cabine inteira de primeira classe em uma companhia aérea para que seu filho, Sean, pudesse montar seu trenzinho. Apropriadamente, Lennon agora tem um aeroporto com seu nome em Liverpool.


SIR PAUL MCCARTNEY

Cerca gigante: £100,000 (R$355.000)

Hordas de javalis estavam se tornando um problema na propriedade de 1000 acres de McCartney na Inglaterra, derrubando árvores e transmitindo febre suína. Só que o apaixonado por animais não queria a culpa de ter animais levando tiros em sua propriedade, então, em 1999, construiu uma cerca de 6,5 km de comprimento para mantê-los afastados.

"Ele faz o que quer porque pode pagar por isso", disse um incomodado fazendeiro local. No entanto, seu segundo casamento, com um acordo de divórcio que pode chegar à casa das centenas de milhões, pode virar a maior extravagância de todas.


NOEL GALLAGHER

Decoração da casa: £400,000 (R$1.423.300)

O compositor do Oasis estava simplesmente mostrando seu amor pelos Beatles quando, em 1997, decidiu cobrir as paredes de sua cozinha com pinturas caras de submarinos amarelos. Os R$ 71 mil gastos em um tapete com as cores do Manchester City, por outro lado, são um pouco mais difíceis de explicar.

FREDDIE MERCURY

Peixes bonitos: £1.000.000 (R$3.550.000)

Apaixonado por carpas, o extravagante líder do Queen tinha uma coleção cujo valor atingiu mais de R$ 3,5 milhões.

Tragicamente, após sua morte, todos, exceto cinco dos 89 peixes - estimados em até R$ 35 mil cada - morreram em um acidente bizarro de jardinagem quando paisagistas em sua casa em Londres cortaram a energia de seu tanque.


THE WHO

Instrumentos quebrados: £700 (R$2.490)

Bandas de rock sempre tiveram uma relação de amor e ódio com os instrumentos de seu ofício, mas a atitude do The Who com seus instrumentos ganha de lavada.

Em 1965, a banda quebrou várias guitarras e acabava com cerca de R$2.500 em equipamentos no palco todas as noites. "Saímos na frente", disse o baixista John Entwistle.


TOMMY LEE

Franquia da Starbucks: £2,440 (R$8.680)

A aquisição do baterista do Mötley Crüe em 1999 foi construída em sua casa como um presente para sua então esposa Pamela Anderson.


KEITH MOON

Carro de entrega de leite personalizado: £300 (R$1.000)

Em 1971, o destruidor do The Who comprou um carro elétrico de entrega de leite e o transformou em um "salão vitoriano móvel" - com poltrona, papel de parede, bar e um gramofone. Para caber em sua garagem, Moon removeu seu Corvette - e o bateu em uma barreira nas proximidades.

Comente: Com o que você gastaria se tivesse a fortuna de um destes rockstars?

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 08 de janeiro de 2013
Post de 27 de março de 2014
Post de 28 de março de 2014
Post de 04 de abril de 2014
Post de 28 de agosto de 2014
Post de 05 de setembro de 2014
Post de 17 de janeiro de 2016
Post de 08 de outubro de 2016
Post de 10 de março de 2017

0 acessosTodas as matérias da seção Curiosidades

HumorHumor
Como você chama alguém que sai com músicos? Baterista!

Filhos de RockstarsFilhos de Rockstars
Qualquer coincidência é mera semelhança

Guns N RosesGuns N' Roses
A verdadeira história de "Rocket Queen"

5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 19845000 acessosDuff McKagan: 3 litros de vodka, 3 gramas e meio de cocaína5000 acessosLegião Urbana: O dia em que Renato calou a plateia do Programa Livre5000 acessosHit Parader: Os maiores vocais do Heavy Metal segundo a revista5000 acessosSem Ingresso: Paul McCartney é barrado em festa por "não ser VIP"5000 acessosMax Cavalera: "Os quatro Ramones ao lado no palco, olhando o nosso show"

Sobre Ligia Fonseca

Tradutora, formada em Jornalismo pela PUC-SP, resolveu mudar de carreira quando percebeu que gostava mais de traduzir do que de escrever textos. Descobriu o rock aos 5 anos, ao assistir o clipe de “I Love it Loud” do Kiss.

Mais matérias de Ligia Fonseca no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online