Night Ranger: cover para "Dirty Deeds Done Dirt Cheap"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Site do LoKaos Rock Show
Enviar Correções  

O novo disco de estúdio do NIGHT RANGER, ‘Somewhere in California’ chegará às lojas dos EUA nessa semana. O trabalho celebra o trigésimo aniversário dos músicos Californianos. ‘Somewhere in California’ encontra o Night Ranger voltando para seu som clássico com um toque de produção mais moderna.
Como um bônus para qualquer pessoa que comprar ‘Somewhere in California’ no iTunes, o Night Ranger gravou um cover de ‘Dirty Deeds Done Dirt Cheap’, ao famoso blues do AC/DC. O vídeo para a regravação pode ser visto abaixo.

publicidade

publicidade

"Sempre quisemos colocar covers em nosso set para misturar um pouco as coisas", disse o guitarrista Brad Gillis ao telefone com o site Noisecreep em uma parada na Alemanha em meio à turnê européia da banda. "Ao longo dos anos nós incluímos canções como ‘Crazy Train’ de Ozzy Osbourne e ‘Highway to Hell’ do AC/DC e nos divertíamos muito fazendo isso. Então quando chegou a hora de gravar ‘Somewhere in California’, nós decidimos que queríamos incluir um cover nele.

Escolhemos ‘Dirty Deeds Done Dirt Cheap’ já que não foram feitos muitos covers dessa faixa como já fizeram de outras deles."

A entrevista completa pode ser lida no site do LoKaos Rock Show:
http://lokaos.net/night-ranger-cover-para-dirty-deeds-done-d...

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Nirvana: Krist Novoselic comenta o suicídio de CobainNirvana
Krist Novoselic comenta o suicídio de Cobain

Guns e Sabbath: semelhança entre Zero the Hero e Paradise CityGuns e Sabbath
Semelhança entre Zero the Hero e Paradise City


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin