Ministry: a experiência de quase morte de Al Jourgensen

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nathália Plá, Fonte: blabbermouth.net, Tradução
Enviar Correções  

O mainman do MINISTRY Al Jourgensen será convidado no programa "The Alex Jones Show" na sexta-feira, 29 de julho ao meio dia no CST. Al e Alex discutirão eventos mundiais, política, música, teorias da conspiração, o apocalipse, 2012... e, é claro, o fim dos dias!

Para baixar o aplicativo para ouvir o programa ao vivo visite
http://www.infowars.com

publicidade

Em uma entrevista em abril de 2011 para Mick Stingley do Rocksalt.mx, Al Jourgensen declarou o seguinte sobre seu recente problema de saúde, "Eu estava vomitando sangue e coisas assim pelos últimos seis anos e eu não sabia por que – eu simplesmente achava que era tudo parte de estar numa turnê de rock! (risos) É sério, eu dizia a minha esposa, Angie, e ela me dizia 'Você tem de ir a um médico!' e eu dizia, 'Eu estou bem! Tenho feito isso há anos!' E eu não fazia idéia; eu achava que era como devia ser. Então ano passado, em março, em torno de um ano atrás – eu tive hemorragia. Eu perdi sessenta e cinco por cento do meu sangue e acabou que eu tinha treze úlceras. Número perfeito, treze — 13th Planet Records (gravadora de Al) — treze úlceras! E uma delas explodiu no meu intestino. Então todo o sangue saiu – saia sangue do meu nariz, da minha boca, e eu urinava sangue. E então o sangue estava saindo da minha bunda. E se eu tentasse levantar, eu desfalecia, desmaiava; minha pressão sanguinea estava – bem, quando cheguei ao hospital, minha pressão estava a trinta por vinte... a última coisa de que me lembro foi acordar após uma convulsão; eu estava tendo convulsões e eu acordei e os vi preparando aquele maldito desfibrilador. E eu olhei para a Angie e disse 'Eu não acho que vou sair dessa, vou?'... Eu morri algumas vezes, sabe, há um tempo atrás, quando eu usei desfibriladores e coisas assim. Mas essa seria minha terceira vez. Então acho que três é o número da sorte porque eu fiquei bem surpreso quando acordei. Eu estava nesse quarto com um monte de tubos no meu braço e eu recebi o tratamento integral do Keith Richards - eles me deram cem por cento de sangue novo! Uma transfusão de sangue completa; então eu fiquei no hospital por um tempo. Quando sai de lá, eu percebi que foi por pouco e fiz uma promessa a, tipo... fãs, amigos e inimigos de que antes de morrer eu vou fazer esse maldito disco country de que tenho falado há quase trinta anos! (risos)"

publicidade

O MINISTRY é segundo alguns a banda industrial mais influente até hoje, e pontuou sua carreira de quase trinta anos com o "The Last Sucker" de 2007. Um álbum remix, "The Last Dubber", um álbum sedutor que salpica trance e metal, veio em seguida em 2009.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Vícios: As 10 melhores músicas sobre drogasVícios
As 10 melhores músicas sobre drogas

Riffs parecidos: Led, Sabbath, Maiden, Metallica, Dio, AC/DC e maisRiffs parecidos
Led, Sabbath, Maiden, Metallica, Dio, AC/DC e mais


Metromix: a lista dos vocalistas mais irritantes do rockMetromix
A lista dos vocalistas mais irritantes do rock

Heavy Metal: celebridades que curtem ou já curtiramHeavy Metal
Celebridades que curtem ou já curtiram


Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin