Slipknot: "mash-up com Justin Bieber ficou foda", diz Corey

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Samuel Coutinho, Fonte: blabbermouth.net, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

O Frontman do SLIPKNOT, Corey Taylor, até que gostou do mash-up feito da banda e o astro pop Justin Bieber: "Psychosocial Baby ficou do caralho", disse Corey Taylor. O vocalista achou engraçado ao ver tantos fãs da banda chateados com a existência do clipe.

866 acessosSlipknot: estúdio x ao vivo, expectativa e realidade5000 acessosCapas de álbuns: algumas curiosidades e histórias

Durante uma entrevista em 2011 para a Radio Go Fish, Taylor foi perguntado se ele viu o mash-up, que teve mais de 6,5 milhões de visualizações no YouTube até agora, e o que achou do video. "Isso é foda, hilário, cara", Corey respondeu. "Eu estava sentado na minha cozinha e meu empresário me enviou o link do video. E eu, minha esposa, e um grupo de amigos, abrimos o video e ficamos tipo: 'Que porra é essa?'. Achei genial".

Ele continuou: "Eu adoro quando alguém tira sarro de mim, porque se você levar a sério demais, você pode acabar sendo zuado mais ainda".

"Eu achei que ficou ótimo. Ficou bonito. E da forma como foi elaborado. Quero dizer, foi tudo feito nos mínimos detalhes. Incrível!. E mesmo assim, a garotada fica chateada com isso, e isso que eu acho engraçado. Eu falo mesmo, ficou incrível porra!".

"Você pode aceitar ou não. Isso não muda nada. Mas muitas pessoas levam a sério demais".

"A única coisa que realmente me incomoda, é que muitas pessoas falam muita merda sobre Justin Bieber, não estou dizendo que sou um fã, mas o garoto tem talento", disse Taylor. "Ele tem mais talento do que um monte de bandas por aí. Você pode ouvir, ele tem a voz bem afinada, e não é só isso que ele saber fazer. Ele pode dançar, ele pode tocar, ele pode cantar. O que quer que digam, eu não me importo. Meu filho e minha sobrinha podem amá-lo pelo resto da vida, e quem sou eu para questionar o gosto de alguém? Agora, se você falar sobre Rebecca Black. Se eu ouvir essa canção 'Friday' novamente, eu provavelmente sou capaz de bater em uma freira. Essa música é tão ruim. Isso é um insulto. As letras não fazem sentido. Aquilo só pode ser brincadeira. Por isso digo, não me venha com aquela merda!".

Assista "Psychosocial Baby", a montagem do Slipknot e Justin Bieber:

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Comente: E você? O que achou do mashup de Justin Bieber e Slipknot?

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 24 de julho de 2011
Post de 11 de setembro de 2012
Post de 02 de novembro de 2016

Bill WardBill Ward
Os dez discos de metal favoritos do baterista

866 acessosSlipknot: estúdio x ao vivo, expectativa e realidade348 acessosSlipknot: reagindo aos melhores vocais cover da banda2706 acessosSlipknot: o fã que achou alguma coisa na Deep Web0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Slipknot"

KerrangKerrang
Os 50 discos mais importantes dos anos 2000

SlipknotSlipknot
Site em inglês mostra os primórdios da banda

ObituaryObituary
Os caras do Slipknot tem todos os discos deles

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Slipknot"0 acessosTodas as matérias sobre "Justin Bieber"

Capas de álbunsCapas de álbuns
A história das artes de alguns dos maiores clássicos

Idade fatídicaIdade fatídica
Dez roqueiros que se foram aos 27 anos de idade

VocalistasVocalistas
Os 10 melhores da história do rock

5000 acessosMetal/Hard: Alguns dos maiores e melhores vocalistas atuais5000 acessosCantadas Headbanger: "Estou Priest a te dar um beijo!"5000 acessosFotos de Infância: Kurt Cobain, do Nirvana4996 acessosMetallica: Dave Mustaine passou dias chorando após morte de Cliff Burton5000 acessosMegadeth: Kerry King comenta sua rápida passagem pela banda5000 acessosAvril Lavigne: ela morreu e foi substituída por uma sósia?

Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online