Iron Maiden: Harris comenta faixas de nova coletânea

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Igor Soares, Fonte: Blog Flight 666
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 01/11/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Por mais de 30 anos, o Iron Maiden tem definido o termo "Heavy Metal". Agora, mais popular do que nunca e com mais uma coletânea nas lojas, o baixista Steve Harris nos leva a alguns dos melhores momentos das últimas duas décadas e fala em entrevista à revista Kerrang! um pouco sobre algumas das músicas que estão presentes em "From Fear to Eternity: The Best of 1990-2010", confira alguns trechos:

648 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa5000 acessosHair Metal: Os maiores cabelos da história do rock pesado

FEAR OF THE DARK (Fear Of The Dark, 1992)

“Ela se tornou a música favorita da maioria nos shows! Eles cantam da introdução ao final. Você nunca sabe, quando está escrevendo uma música, o que acontecerá com ela, mas eu sabia que era uma melodia que se prendia à cabeça. Ela foi feita sobre a casa onde filmamos Holy Smoke, porque ela era muito velha, então, foi meio assustador. Isso nunca me incomodou, mas deixou algumas pessoas meio assustadas. Havia uma parte da casa que, quando você ia no canto, era muito escuro e você precisava ligar a luz – onde me inspirei a escrever “que tinha algo ali”. Todos tiveram um incidente «com a escuridão» que os apavorou.”

SIGN OF THE CROSS (The X Factor, 1995)

“Eu acho que ela é uma música forte, esse é o motivo de ser abertura do álbum, ela é completa. «(Ele disse o mesmo sobre Blood Brothers)» Nós pensamos: “Bem, isso aqui é a gente agora. Não gostou? Caia fora.” Muita gente não entrou neste lance porque Bruce não estava mais na banda, mas eu acho que há belas músicas nesta fase. Os cantos gregorianos definem bem a cena. Nós temos outras músicas desta época que são fantásticas, e mostramos às pessoas, que não nos deixaram usar porque era o Iron Maiden – O próprio Diabo

BLOOD BROTHERS (Brave New World, 2000)

“Meu pai morreu jovem, com 49 anos. E eu estava em turnê, na Espanha. Isso te deixa num lugar escuro, mas seus melhores materiais podem vir disso. E essa música não era apenas sobre meu pai. Eu estava querendo dizer que todos somos irmãos de sangue e devemos nos tratar um pouco melhor do que fazemos. É um dos solos mais bonitos que já ouvi Janick tocar. Eu ainda fico arrepiado quando ele toca este solo! Eu tive a base dela feita para o Virtual XI, mas ficou para o Brave New World mesmo, quando estava completa”.

THE REINCARNATION OF BENJAMIN BREEG (A Matter Of Life And Death, 2006)

“É apenas uma estória de ficção. Nós até tentamos tirar o Benjamin deste tipo ficção, mas não deu muito certo. Criamos um website sobre ele, que esperávamos disfarçar com o mesmo, mas um hacker o achou, como sabemos que acontece... Cedo ou tarde. Criou muitas confusões nos fãs, que perguntavam quem era Benjamin Breeg. Foi divertido enquanto durou. Benjamin é o sétimo filho do sétimo filho? Bom, você pode debater sobre como as vacas retornam às suas casas, mas eu não estou respondendo!”

Leia a entrevista completa no Blog Flight 666!
http://ironmaidenflight666.blogspot.com/2011/10/steve-harris...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Iron MaidenIron Maiden
Show do Ghost é melhor, diz reportagem

648 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa453 acessosIron Maiden: Iron Maiden Ex Libris aborda as letras da donzela425 acessosThunderstick: ex-batera do Samson e Iron Maiden lançará novo disco0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Iron Maiden"

Iron MaidenIron Maiden
A guerra sob a perspectiva do Fim

OlimpíadasOlimpíadas
Judoca brasileiro usa Heavy Metal pra se aquecer

Iron MaidenIron Maiden
Bruce Dickinson votou pela saída do Reino Unido da União Europeia

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Iron Maiden"

Hair MetalHair Metal
Os maiores cabelos da história do rock pesado

Judas PriestJudas Priest
A bizarra semelhança de Ian Hill e Stênio Garcia

Black MetalBlack Metal
O cotidiano fascinante dos fãs adolescentes

5000 acessosMTV: experts indicam as maiores bandas de Heavy Metal5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 19905000 acessosGuns N' Roses: Axl Rose expulsa pessoa do show em Curitiba5000 acessosBlack Metal: o lado mais negro da cena brasileira5000 acessosMegadeth: Dimebag Darrell quase foi guitarrista da banda5000 acessosAndreas Kisser: não tenho por que não ouvir as bandas do Max

Sobre Igor Soares

Brasiliense de nascimento e piauiense de coração, Igor é Geógrafo e Desenvolvedor Web. Acessa o Whiplash.Net desde os primórdios e o Iron Maiden, sua banda favorita, é uma das razões dele ter se tornado colaborador do site.

Mais matérias de Igor Soares no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online