Matérias Mais Lidas

Slipknot: Nunca pesquisem Duality no YouTube, alerta fã de k-pop assustadaSlipknot
"Nunca pesquisem Duality no YouTube", alerta fã de k-pop assustada

Matt Sorum: Duff não tinha palavras pra dizer que ele não estaria na reunião do GunsMatt Sorum
Duff não tinha palavras pra dizer que ele não estaria na reunião do Guns

Nirvana: Grohl afirma que Cobain não gostava de seu modo de tocarNirvana
Grohl afirma que Cobain não gostava de seu modo de tocar

Vinny Appice: ele temeu briga com o incontrolável Bill Ward ao conhecê-loVinny Appice
Ele temeu briga com o "incontrolável" Bill Ward ao conhecê-lo

Dio: 14 músicas que definem a carreira da lenda, segundo a Classic RockDio
14 músicas que definem a carreira da lenda, segundo a Classic Rock

João Gordo: quando ele brigou com Sérgio Mallandro na TV e o Bozo teve que apaziguarJoão Gordo
Quando ele brigou com Sérgio Mallandro na TV e o Bozo teve que apaziguar

Axl Rose: gentil e como Batman, como ele gravou participação em Scooby-DooAxl Rose
Gentil e como Batman, como ele gravou participação em "Scooby-Doo"

Slash: fãs ficam surpresos por ele postar foto de mulher sem sangrar ou estar nuaSlash
Fãs ficam surpresos por ele postar foto de mulher sem sangrar ou estar nua

RATM: Tom Morello revela por que não corta as cordas de sua guitarraRATM
Tom Morello revela por que não corta as cordas de sua guitarra

Metallica: a fortuna que Robert Trujillo recebeu só para se juntar à bandaMetallica
A fortuna que Robert Trujillo recebeu só para se juntar à banda

Ozzy Osbourne: quando Slash e Tom Morello quase foram mortos em um show deleOzzy Osbourne
Quando Slash e Tom Morello quase foram mortos em um show dele

AC/DC: por que Angus Young usa uniforme escolar no palco - e de quem é a ideiaAC/DC
Por que Angus Young usa uniforme escolar no palco - e de quem é a ideia

Ozzy Osbourne: a impagável reação ao ouvir versão de rapper para Crazy TrainOzzy Osbourne
A impagável reação ao ouvir versão de rapper para "Crazy Train"

Steven Adler: por que ele não ligou por Axl transar com sua namorada em Rocket QueenSteven Adler
Por que ele não ligou por Axl transar com sua namorada em "Rocket Queen"

Kreator: Mille Petrozza conta como a Alemanha dividida influenciou a sua visão do mundoKreator
Mille Petrozza conta como a Alemanha dividida influenciou a sua visão do mundo


Dimmu Borgir: faremos algo muito especial na América Latina

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mayara Puertas, Fonte: A Ilha do Metal
Enviar Correções  

Se falarmos de Symphonic Black Metal, sem sombra de dúvida o Dimmu Borgir é o principal nome do estilo. Formada em 1993 em Oslo, na Noruega, a banda liderada por fundadores Shagrath (vocal, teclado) e Silenoz (guitarra), fechando a formação com Galder (guitarra) e Daray (Bateria).

O guitarrista Silenoz recentemente cedeu uma entrevista ao site chileno RockNvivo, falando sobre as expectativas das apresentações na America Latina e a evolução de seu som com o passar dos anos. Confira abaixo alguns trechos da entrevista:

RockNvivo: A banda passou por muitas mudanças em sua lineup. Shagrath e você estão no centro das criações por trás do Dimmu Borgir. Como você se sente estando na banda por tanto tempo?

Silenoz: Eu estive com Shagrath desde o início, tivemos momentos bons e momentos difíceis, é claro. Como um grupo, estamos frustrados com as mudanças na formação, mas acho que tudo fez a banda mais forte. É claro, ficamos chateados quando as coisas dão errado, mas tudo aconteceu para melhor. Tivemos músicos muito bons na banda, cada membro tem diferentes pontos de vista. As pessoas podem pensar que trabalhar comigo e Shagrath é complicado, e realmente não sei. Muitos deles (ex-membros) mudaram seus interesses e se concentrarão em outras coisas, não mais interessados como antes no Dimmu Borgir quando eles partiram. Temos ido bem, apesar dos problemas, o que é muito válido.

publicidade

RockNvivo: O Dimmu Borgir tornou-se mais progressivo e sinfônico ao longo dos anos. Foi esta uma atitude singular ou buscavam um som diferente?

Silenoz: Eu acho que foi natural que nós fizemos algo um pouco diferente, já que não se pode fugir muito de suas características originais. Nós escrevemos e tocamos o que achamos adequado com o que pensamos e gostamos. O que não é do nosso agrado, vamos descartá-lo.

RockNvivo: Ouvi de alguns fãs da banda que o Dimmu Borgir tem "amolecido" e "suavizado" ao longo dos anos. O que você diria a eles?

Silenoz: Hahaha! Bem, se você comparar o nosso último álbum com o mais antigo, claramente, você percebe que hoje nosso som é mais pesado e mais brutal do que os anteriores! Eu não sei se aqueles que dizem isso estão tendo alucinações, eu toco na banda então eu sei o que falo! (Risos).

RockNvivo: Em sua última apresentação em novembro no Reino Unido, tocaram na íntegra 'Enthrone Darkness Triumphant' (1997), no show chamado de "An Evening with Dimmu Borgir." Em suas apresentações na América Latina, há possibilidade de interpretá-lo em sua totalidade?

Silenoz: Eu não posso dizer neste momento o que nós vamos tocar, mas você pode ter certeza que vamos fazer algo muito especial na América Latina. Como eu disse, não tocamos lá há muito tempo. Nós queremos que os fãs enlouqueçam e passem por um grande momento.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Confira a entrevista completa em A ilha do Metal:
http://www.ailhadometal.com/noticias/dimmu-borgirvamos-fazer...