Splash Bar: a expansão imobiliária vence o Rock em SP

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Seguir Whiplash.Net

Por Willba Dissidente, Fonte: Splash Rock Bar
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 03/01/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


Depois da Led Slay, Black Jack e outros, o underground rock'n'roll perde mais um espaço em São Paulo. De acordo com o blog oficial do Splash Rock Bar (Zona Norte da capital paulista ), o mesmo encerrou as atividades no dia 16 de outubro de 2011. Segundo Augusto, único proprietário do bar desde o início: "o motivo da nossa saída de Santana está ligada à expansão imobiliária que se dá naquela região tendo em vista a construção de um centro empresarial, que teve por consequencia a venda e desocupação de diversos imóveis, entre eles o qual estamos".

5000 acessosIron Maiden: Bruce Dickinson continua andando de metrô5000 acessosVocalistas: belíssimos timbres de alguns cantores de rock

Para quem não teve a oportunidade de conhecer: o Splash Rock Bar surgiu há quase quinze anos na Av. Voluntários da Pátria, próximo ao terminal Tietê. Neste espaço, um modesto bar dava espaço para as bandas de rock mostrarem o seu trabalho. Com o passar do tempo, muita gente começou a lotar as imediações do bar, que foi ficando "famoso no underground" por abrir espaço a todo estilo de rock; do alternativo ao black metal, passando por Hard Core, Thrash Metal, Heavy tradicional e punk rock.

Vista do palco do Splash no último endereço do bar
Vista do palco do Splash no último endereço do bar

Nas noites de semana era simplesmente um bar comum que tocava rock no rádio ou na jukebox. As noites de sexta e sábado e tardes de domingo as bandas atraiam legiões de pessoas ao todo quarteirão que ficava o Splash, lotando a imediação de roqueiros e dando vida a região. Tal movimentação intensa começou a incomodar os vizinhos, já que nem todos os frequentadores do bar estavam interessados em rock e alguns poucos "encrequeiros" criavam problemas no bar. O Splash passou a se tornar ponto de encontro dos amigos e foi construindo história no rock paulista, recebendo bandas de diversas cidades e até de outros estados do país... e tudo isso com entrada franca!

Após alguns anos na Av. Voluntários da Pátria, o Splash teve de mudar de endereço para a rua Dr. Timótedo Penteado, no centro de Guarulhos (região metropolitna de SP). Entretanto, a localização não interferiu na ideologia e no funcionamento do bar, que se manteve fiel ao rock e ao público underground. O último sítio do bar foi na rua Padre Idelfino, quase ao lado de seu endereço inicial. Na sua derradeira morada, o Splash continuou a promover seus festivais, só que agora num espaço fechado, incluindo valor de entrada, normalmente R$5,00.

Augusto (de cavanhaque) junto a frequentadores no Splash
Augusto (de cavanhaque) junto a frequentadores no Splash

O bar já deixa saudades, como o caso do bloggueiro Lucas Galli, que define Augusto, dono do bar, como "paladino do rock (tendo em vista todas as dificuldades para se manter um estabelecimento deste tipo)" ao lamentar o encerramento das atividades do Splash. Entretanto, o Augusto admite em seu blog a possibilidade de se realizarem eventos espoorádicos com o nome de "Splash Rider Friends Group"; ainda sem datas e locais designdados. Melhor ainda para aqueles que curtem rock, é que a despedida do proprietário do bar dá a entender que o Splash pode voltar a existir: "Não digo que é o fim (...) a única coisa que sei e posso afirmar com a mais absoluta convicção é que o bar foi um diferencial na cena da música underground, fez história, virou lenda, tenho a plena consciência do dever cumprido, grande obrigado à todos que participaram 'dando sangue nos palcos e mostrando o seu trabalho', assim como quem apoiou, até breve..."

Não obstante todas interpéries que o rock vem enfrentando, o público underground de São Paulo espera que outras páginas da estória do Splash Rock Bar venham a ser escritas, resgatando este espaço de curtição na capital.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Seguir Whiplash.Net

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias

Iron MaidenIron Maiden
Bruce Dickinson continua andando de metrô

VocalistasVocalistas
Belíssimos timbres de alguns cantores de rock

ExemplosExemplos
10 músicos famosos com deficiências ou problemas de saúde

5000 acessosLoudwire: as 10 melhores bandas de Thrash de todos os tempos5000 acessosGaleria - Musas do Rock N' Roll e Heavy Metal5000 acessosJohn Lennon: a versão de Marco Feliciano sobre a morte do Beatle5000 acessosÔ Nébia: Pastor Arnaldo cita Legião, Cazuza e Metallica em pregação5000 acessosMegadeth: tocar com Kiko e Adler é como um grupo de 4 rockstars5000 acessosSlash: "eu ainda amo Miojo", diz o guitarrista

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Sobre Willba Dissidente

Willba Dissidente é fã das bandas de hard rock dos anos 70 e 80 e de metal oitentista dos mais variados países. Quem quiser saber mais deve acessar seu canal no youtube. Obrigado! Stay Hard (True As Steel)!

Mais matérias de Willba Dissidente no Whiplash.Net.