Matérias Mais Lidas

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemJoão Gordo se reencontra com o amigo Iggor Cavalera; "Agora falta zerar com o vovô"

imagemO hit da Legião que Renato Russo compôs para Cássia Eller e traz coincidência trágica

imagemRob Halford compartilha a foto mais metal da semana; "O Rei e Eu"

imagemNova Fã que descobriu Metallica por Stranger Things quer cancelar banda e reúne provas

imagemRock in Rio: Pitty alfineta a produção do festival ao revelar qual seria sua exigência

imagemA opinião de Marcelo Barbosa sobre cancelamento de Metallica e Pantera por racismo

imagemIron Maiden e o Rock in Rio: em detalhes, o que exatamente a banda pediu para o evento

imagemO hit de Nando Reis inspirado em clássico do Led Zeppelin e na relação com sua mãe

imagemA música do Black Sabbath favorita de Frank Zappa

imagemO clássico dos Paralamas do Sucesso que Lobão acusou de plágio

imagemA opinião de Robb Flynn do Machine Head sobre o retorno do Pantera

imagemGuitarrista do Skid Row diz que não fala com Sebastian Bach e não pensa em fazer pazes

imagemGordo diz que atualizou termos politicamente incorretos após puxão de orelha de filha

imagemDavid Ellefson diz que você conhece seus amigos quando a m*rda bate no ventilador


Stamp

Dizzy Reed: "Essa banda é o Guns N' Roses"

Por Nacho Belgrande
Fonte: Playa Del Nacho
Em 21/04/12

O jornal estadunidense Green Bay Press Gazette entrevistou nessa semana o ex-tecladista do GUNS N’ ROSES e atual membro do GN’R MKVII, DIZZY REED, e o músico não se fez de rogado ao recapitular sua trajetória pessoal e profissional ao longo dos últimos 20 anos. O que sege abaixo é um extrato traduzido da conversa.

(...) "Por um período muito longo de tempo, até 1991 ou 1992, se você estava em uma banda e queria se dar bem, você basicamente tinha que se mudar pra Los Angeles," ele disse. "… Então você tinha milhares de bandas. Era essa fábrica de rock. E as gravadoras as pegavam de colher. Chegou uma hora quando elas tinham contratado bandas demais."

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

A grande oportunidade de Reed veio quando uma amizade com a formação original do GNR no fim dos anos 80 tornou-se um convite de Axl Rose para juntar-se ao grupo em 1990 para a gravação dos dois volumes de "Use Your Illusion". Foi um período eletrizante e também de provação para Reed.

"Obviamente, houve tempos durante os quais eu me beliscava todo dia, dizendo, ‘Wow, isso está mesmo acontecendo? ’", ele disse. "Pela primeira vez, eu estava mesmo sendo pago pra fazer o que eu queria fazer. Eu tinha meu próprio apartamento pela primeira vez. Eu tinha meu carro pela primeira vez. Era tudo ótimo."

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Mas ele disse que também havia incerteza sobre quanto a ele virar ou não um membro efetivado e que ele teve que se afirmar por um ‘período de iniciação’.

"As coisas nem sempre foram boas ou alegres. Eu meio que acho que tive que fazer por merecer. Olhando hoje em dia, foi provavelmente algo bom pra mim. Muitas pessoas deixam que o sucesso lhes suba à cabeça. E eles não iam deixar que isso acontecesse," ele contou.

E enquanto membros como Slash, Duff McKagan e Izzy Stradlin vieram e saíram ao longo dos anos desde então, Reed sempre permaneceu na vaga. O segredo dele?

"Eu acho que minha meta sempre foi contribuir o tanto quanto eu pudesse para essa banda. Axl me deu uma grande oportunidade muito tempo atrás. Não há nenhuma voz na minha cabeça me dizendo que eu preciso ser leal. Eu sou uma pessoa leal. Quando eu começo algo, eu quero terminar. Isso é o principal."

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

A formação mudou, mas a música daquele tempo ainda ressoa durante os shows ao vivo, Reed afirma. A banda esteve em turnê de outubro até algumas semanas atrás, quando fez uma série de apresentações em casas noturnas de menor porte.

"Eu, pessoalmente, ainda sinto que faço parte de uma grande banda, assim como sentia naquele tempo. Ser apenas uma engrenagem numa roda e fazendo com que ela funcione," ele disse. "As músicas ainda são muito boas. Ainda é ótimo deixar as pessoas felizes e sentir aquela energia…"

"No fim das contas, Axl está lá em cima, cantando. É isso que há em comum, obviamente… estamos fazendo justiça ao nome Guns N’ Roses e levando-o até onde podemos, quiçá além. Essa banda é o Guns N’ Roses." (...)

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Dream Theater 2022


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

"Babá de Artista" do Rock in Rio diz que Iron Maiden não dá trabalho e são "gentleman"

Quando Slash tentou entrar pro Kiss mas foi rejeitado por um motivo cruel

Dez clássicos do rock e do heavy metal que não têm bateria

Guns N' Roses amplia exigências para show em Ribeirão Preto

Toalhas, massagistas, rosas, as exigências do Guns N' Roses para o Rock in Rio

Regis Tadeu explica a "estranha sunguinha" do Axl Rose nos anos oitenta

Buckethead, ex-guitarrista do Guns, afirma que dez de suas guitarras foram roubadas

Aqueles momentos em que Slash quer ser apenas o Saul Hudson

Red Hot se junta ao grupo de bandas que lançaram dois discos no mesmo ano

Cinco clipes de bandas de rock que ultrapassaram 1 bilhão de visualizações - Parte 2

Slash acha que nunca teve uma cópia de "Appetite"; "Não coleciono nada disso"

Dez astros do rock e do heavy metal que chegaram aos 60 anos recentemente

Há 35 anos: Guns N' Roses lançava "Appetite For Destruction", um dos clássicos do rock

Cinco clipes de bandas de rock que ultrapassaram 1 bilhão de visualizações - Parte 1

Por que o Rock in Rio virou o "túmulo do rock", segundo a revista Veja

Guns N' Roses: Myles Kennedy fala da pressão de substituir Axl Rose no Rock Hall

Guns N' Roses: vocalista da banda "plagiada" nem tinha notado

RHCP: Kiedis não quer trabalhar com Axl Rose e nem com Dave Grohl

Power Metal: os dez álbuns essenciais do gênero

Andreas Kisser: "Eloy Casagrande talvez não seja humano"


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande.