Testament: Eric Peterson fumou erva com o Black Sabbath

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Carlos Henrique Schmidt, Fonte: Metal Hammer, Tradução
Enviar Correções  

Eric Peterson comentou para a Metal Hammer, em matéria de Amit Sharma de junho de 2012, sobre suas faixas favoritas do Black Sabbath...

publicidade

"Black Sabbath é uma das minhas bandas favoritas de todos os tempos. É muito difícil escolher uma música favorita... Eu acho que Into The Void é minha favorita porque ela é intensa e tem todas essas mudanças loucas de tempo, é onde os elementos do thrash metal começaram. Eu também adoro Heaven And Hell, porque eles realmente se reinventaram e funcionaram. Você não pode esquecer de Symptom Of The Universe também! Você pode cantar todos os seus riffs, é por isso eles são surpreendentes. Você consegue imaginar um mundo sem Black Sabbath? Ainda seriamos psicodélicos, groovy e distantes! Eles se livraram de todos as pessoas da paz haha.

publicidade

Tinhámos acabamos de fazer alguns shows com o Iron Maiden na turnê Fear Of The Dark e, em seguida, fomos convidado para fazer alguns shows com o Black Sabbath na turnê do Dehumanizer. Tinhámos aproximadamente 15 shows no Reino Unido, eu nem sabia que você poderia tocar muitos shows no Reino Unido. Os caras do Black Sabbath eram tão legais, na primeira noite andamos nos bastidores e esbarramos em Geezer e Tony. Eles dividiram um baseado com a gente! Eu estava literalmente tremendo... Eu não podia acreditar que estava prestes a fumar a mesma folha doce (Sweet Leaf) com Tony Iommi. Eu acho que cai de joelhos e disse a eles que não era digno! Ainda são caras legais, realmente humildes e pés no chão após todos estes anos."

publicidade



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Traduções: Letras de rock relacionadas a ocultismo e satanismoTraduções
Letras de rock relacionadas a ocultismo e satanismo

Mick Jagger: em cerimônia na escola do filho em São PauloMick Jagger
Em cerimônia na escola do filho em São Paulo


Sobre Carlos Henrique Schmidt

Graduado em Computação e Administração, a paixão pela música pesada surgiu nos primeiros anos da adolescência e permanece até os dias de hoje. Apesar da preferência pelos estilos mais x-tremos da música pesada (Black, Death, Grind), o seu universo musical não limitado por estes rótulos, mas pelo que a música em si transmite.

Mais informações sobre Carlos Henrique Schmidt

Mais matérias de Carlos Henrique Schmidt no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin