Megadeth: Drover relata sua entrada na banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Renato Rossini, Fonte: blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 25/07/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

La Boite Noire conduziu uma entrevista com o baterista do MEGADETH, Shawn Drover, nesta primeira edição do Hellfest Festival, que aconteceu entre os dias 15 e 17 de junho em Clisson, na França. Você pode assistir a conversa abaixo.

46 acessosMegadeth: Dave Mustaine conta qual o seu riff favorito5000 acessosBlack Sabbath: O acidente que tirou as pontas dos dedos de Iommi

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Durante uma entrevista em janeiro de 2012 com a “Legendary Rock Interviews”, foi pedido que Drover contasse novamente a incomum história sobre sua entrada no MEGADETH. “Foi em 2004 e meu irmão Glen estava na banda como guitarrista,” disse Shawn. “Eles estavam ensaiando para a turnê e eu tinha contato com ele todos os dias, vendo coisas com ele, para saber como tudo estava indo. Ocorreu que de repente eles não queriam mais o Nick [Menza, ex-baterista] na banda, então fui para casa e então meu irmão me pegou e disse, ‘é melhor você se sentar’. E eu disse, ‘Por que? O que está acontecendo?’ E Glen disse, ‘Bem, eles querem você no próximo avião para sair daí’ [Risos] Isso ocorreu a seis dias do primeiro show da turnê, então para ser honesto com você, foi chocante, imagine, e eu fiquei meio assim, ‘Jesus, cara,’ porque eu sabia exatamente quando a turnê iria começar. Então eu liguei para minha esposa e contei a ela rapidamente e logo estava num avião para o Arizona para poucas horas depois ensaiar com a banda. Ensaiamos por quatro dias, viajamos no quinto dia, e no sexto foi o primeiro show da turnê. Foi uma tarefa difícil, mas olhando para trás agora, eu provavelmente não faria nada diferente do que fiz. Fui muito legal e eu nem tive tempo de ficar nervoso ou qualquer outra coisa. Estava tão focado em aprender as músicas que eu ainda não conhecia, eles tinham acabado de lançar ‘The System Has Failed’ e eu ainda não tinha ouvido uma nota sequer porque tinha acabado de sair. Eu tentei aprender e juntar a maior quantidade possível de material nesses quatro dias de ensaio. O primeiro show foi em frente a milhares de crianças e foi demais, foi um ótimo show. É engraçado, pois por alguma razão, as grades não foram colocadas e as crianças estavam pulando pelo palco como loucas. Acho que ninguém se lembrou, ou o quer que seja, então se tornou um show do MEGADETH como nas antigas, com crianças pulando do palco, então pensei que seria assim o tempo todo, o que estava bom para mim, você sabe, porque eu sou daquele tempo.[risos] Vim a descobrir que alguém desarrumou e todo mundo estava, ‘O que aconteceu com as grades?’ e eu estava, ‘Oh, Ok....’[risos] foi muito engraçado e eu tenho uma lembrança muito boa daquela época. Foi muito estressante, é claro, mas foi muito excitante e eu estava tão focado na aprendizagem e que tudo desse certo.”

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 25 de julho de 2012

MegadethMegadeth
Dave Mustaine conta qual o seu riff favorito

3123 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa534 acessosMarty Friedman: ouça "Miracle", single do novo álbum solo0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

Dave MustaineDave Mustaine
O que ele acha da declaração de Kirk Hammett sobre sua saída?

LoudwireLoudwire
Top 10 bandas americanas de metal

Eles adoram nosso paísEles adoram nosso país
As bandas de fora que mais tocam aqui

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"

Black SabbathBlack Sabbath
O acidente que tirou as pontas dos dedos de Iommi

AngraAngra
A carta aberta de Edu Falaschi sobre a sua saída da banda

Batom, laquê...Batom, laquê...
Como formar uma banda de Hard Rock em 69 lições

5000 acessosAxl Rose: Um dos vocalistas com maior alcance5000 acessosVitão Bonesso: A imensa coleção do apresentador do Backstage5000 acessosFrontman: quando o original não é a melhor opção3937 acessosHeavy Metal: as dez melhores bandas sul-americanas do gênero3022 acessosDimebag Darrel: Um raro vídeo de solo aos 18 anos5000 acessosOut: os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revista

Sobre Renato Rossini

Renato Rossini, nascido em 27/09/1984 em São Caetano do Sul. Formado em Relações Internacionais, mas trabalha com informática (?!?!). Ouve heavy metal desde os 8 ou 9 anos. Começou com os clássicos, Metallica, Iron Maiden, Black Sabbath, mas hoje em dia ouve de tudo quando o assunto é metal. Pra variar tem uma banda, onde toca bateria.

Mais matérias de Renato Rossini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online