Dan Rubin: eu já paguei pra abrir show e pagaria de novo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Renato Sanson, Fonte: Road to Metal, Press-Release
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 07/08/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Em entrevista exclusiva para o site Road to Metal, o vocalista Dan Rubin (Hell's Keeper, Soulspell, ex-Scelerata, ex-Magician), nos conta sua trajetória musical, sua admiração pela Metal Opera Soulspell, além de sua visão em relação ao cenário musical.

105 acessosSoulspell: mantendo um alto nível de composições e melodias5000 acessosLed Zeppelin: a inspiração por trás de "Kashmir"

Confira alguns trechos da entrevista:

RtM: Após o lançamento do 1° álbum da Magician, o “Tales of Magician” de 2008, e a boa aceitação da critica, você foi convidado para participar do projeto Soulspell. Como foi participar desse que é um dos maiores projetos da cena nacional? E se você tivesse a oportunidade de participar novamente você aceitaria?

DR: Foi fantástico ser lembrado pelo Heleno Vale, idealizador e compositor do projeto, fiquei realmente emocionado e aceitei sem pestanejar, afinal de contas não é sempre que surge a oportunidade de fazer parte de um grupo de músicos sensacionais e vocalistas fora do comum. Depois disso, fiquei ansioso pra saber como seria minha música e que partes eu faria, foi então que o Heleno me disse que eu teria boa parte de um som e cantaria o refrão, e que ele tinha composto esse som pra desvirtuar um pouco do CD e que minha voz encaixaria bem no que ele havia pensado. Dai pra frente tive a ajuda de vários colegas de banda pra finalizar e ajeitar o som, pra que ficasse como o Heleno tinha pensado, espero que ele tenha gostado, hehehe. Quanto a uma nova participação, já deixei claro para o Heleno que é só chamar, jamais recusaria um convite desses, um projeto que necessita de uma força fantástica, para ser realizado em um país de m*@# como o nosso não pode morrer, espero que ele tenha sucesso e que faça mais umas cem partes, hahaha, e na minha opinião é um dos melhores trabalhos de Metal Melódico que eu ouvi nessa vida, melhor que muita porcaria gringa.

RtM: Em relação a um dos maiores fiascos do Metal nacional, o festival MOA, o que você achou destes acontecidos? E em relação às bandas nacionais que se apresentaram, você acha que todas deveriam ter cancelado suas apresentações como muitas fizeram?

DR: Bom, na real, essa briga de produção versus bandas, já era pra ter estourado há tempos, pois a maneira que certas produtoras tratam os artistas é de se chorar. Não condeno as bandas que tocaram, pois estão atrás de espaço como todas as outras. Mas, falando a verdade, nem acompanhei muito essa história toda, não quero mais saber de desgraças e picuinhas que rolam, não só com o Metal, mas também com todos os gêneros. Essa coisa de achar que Metal é melhor que os outros gêneros, e que essas coisas acontecem só conosco, é coisa de “piá revoltado”. Todos os tipos de música sofrem os mesmos problemas que nós sofremos.

RtM: Falando ainda sobre a cena nacional, o que você acha sobre as bandas que pagam para abrir shows de bandas internacionais só para tentar ter maior projeção?

DR: Acho válido, muitas bandas fazem isso em todos os patamares. Bandas grandes já pagaram pra abrir show, eu já paguei pra abrir show e pagaria de novo. Hoje em dia é muito difícil abrir show sem bancar. Poucos conseguem isso, eu já abri shows que muitos acham que a banda pagou, mas na verdade foi simplesmente o crédito que o produtor teve em relação à banda.

Para conferir a entrevista na íntegra acesse o link:
http://roadtometal.com.br/2012/08/entrevista-dan-rubin-hones...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

105 acessosSoulspell: mantendo um alto nível de composições e melodias793 acessosSoulspell: Item obrigatório na prateleira dos amantes do bom metal416 acessosSoulspell Metal Opera: "The Second Big Bang" é lançado no Brasil0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Soulspell"

BeldadesBeldades
10 motivos para você gostar ainda mais de Rock/Metal

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Soulspell"0 acessosTodas as matérias sobre "Scelerata"0 acessosTodas as matérias sobre "Magician"

Led ZeppelinLed Zeppelin
A inspiração por trás de "Kashmir"

SinceridadeSinceridade
E se as capas de discos dissessem a verdade?

Tarja TurunenTarja Turunen
A agressão de um fã durante show no México em 2000

5000 acessosIron Maiden: Rachel Sheherazade é uma grande fã da banda5000 acessosDia do Rock: dez tentativas brasileiras de assassinar o gênero5000 acessosHeavy Metal: as piores capas dos grandes artistas do gênero5000 acessosGuns N' Roses: transtorno bipolar, a doença de Axl Rose5000 acessosLinkin Park: Bennington fala sobre alcoolismo e abuso na infância5000 acessosVirais true: vídeos sobre Rock e Heavy Metal que bombaram em 2012

Sobre Renato Sanson

Renato Sanson é gaúcho, dono do blog Heavy And Hell, redator e editor do site Road to Metal, fãnatico por Iron Maiden e também fãnatico por Thrash Metal, dentre suas atividades já foi colaborador do site Arena Heavy e vem somando em seu currículo diversas entrevistas internacionais e nacionais e com um objetivo trassado, unir o Metal nacional e mostrar a todos que temos a melhor cena do mundo. Siga Renato Sanson no Twitter: @RenatoSanson e conheça seus dois veículos de comunicação: Heavy And Hell / Road to Metal.

Mais matérias de Renato Sanson no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online