Kerry King: "Slayer é o AC/DC do thrash metal"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nathália Plá, Fonte: blabbermouth.net, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 01/08/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O TheToneKing.com entrevistou o guitarrista do SLAYER, Kerry King, no Rockstar Energy Drink Mayhem Festival. Nela, na segunda parte da conversa, Kerry falou sobre o Mayhem Festival, o palco do show, os fãs, o próximo álbum e a história por trás da marca KFK (Kerry "Fucking" King). Veja mais abaixo a entrevista.

1136 acessosRock: gênero é um trintão decadente, segundo Spotify5000 acessosCristina Scabbia: cantora fala sobre seus seios e Playboy

Perguntado sobre o que os fãs podem esperar do próximo CD do SLAYER, Kerry disse, "Eles podem esperar o mesmo disco que temos dado a eles pelos últimos 20 anos. É basicamente isso o que é. É o AC/DC do thrash metal. Você sabe o que terá. A imprevisibilidade é a parte previsível da coisa. Mantemos o trem nos trilhos, mas experimentamos tudo que podemos imaginar".

O baixista/vocalista do SLAYER, Tom Araya, falou recentemente com Gary Graff do Billboard.com sobre os planos da banda para o remanescente desse ano após encerrado o Rockstar Energy Drink Mayhem Festival no início de agosto. "Provavelmente vamos nos reunir e começar a compor juntos e começar a fazer um novo álbum", disse ele. "Acho que depois [do Mayhem] vamos voltar às pranchetas e dar uma olhada no que temos e começar a juntar tudo. Nesses dias temos estado mais do jeito, 'Vamos ver no que vai dar'. Não engolimos tudo como fazíamos no início. Você simplesmente tem meio que deixar acontecer e ver qual é o resultado final, e, com sorte, vamos gostar dele...Tudo que fizemos enquanto banda foi assim - 'Uau, vamos fazer'. Nós sabemos que o resultado vai ser bom".

A respeito do estado do guitarrista Jeff Hanneman — que em janeiro de 2011 contraiu fasciite necrosante, provavelmente causada por uma picada de aranha, e tem passado por cirurgia, enxertos e intensa recuperação desde então – Araya disse, "O Jeff passou por uma longa provação. Ele está trabalhando na sua aptidão ao tocar, e isso é algo que vai levar um tempo. Ele está trabalhando no fortalecimento do braço dele e na aptidão ao tocar. Ele consegue tocar, mas não é por um longo período de tempo. É do mesmo jeito quando você tem não só uma lesão muscular mas nervosa também, vai demorar um tanto para que suas funções voltem. Elas não vão voltar fácil e rapidamente".

Ele acrescentou, "Nessa [última turnê], mais do que nas outras, eu cai na real de que ele não está. O público foi muito favorável, multidões capazes, muito bom. Eu simplesmente meio que olhava e pensava, 'Deus, Jeff, cadê você? Você trabalhou 30 anos para isso. Você tinha de estar aqui. Ele devia estar curtindo essa parte da carreira dele. Mal posso esperar para ele voltar'."

O guitarrista do EXODUS, Gary Holt, está substituindo Hanneman na turnê de meio de ano do SLAYER, que começou em maio no All Tomorrow's Parties, na Inglaterra.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 01 de agosto de 2012

Guns N RosesGuns N' Roses
Em 2° lugar no ranking dos que mais faturaram em 2016

1136 acessosRock: gênero é um trintão decadente, segundo Spotify659 acessosAC/DC: a primeira vez com "Let There Be Rock"228 acessosFabio Lima: em vídeo, 13 songs by AC/DC0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "AC/DC"

Metal para BebêsMetal para Bebês
Canções de ninar para filhos headbangers

Heavy MetalHeavy Metal
As 10 melhores bandas de todos os tempos

AC/DCAC/DC
10 ótimas músicas da banda além dos clássicos "óbvios"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Slayer"0 acessosTodas as matérias sobre "AC/DC"

Cristina ScabbiaCristina Scabbia
Cantora fala sobre seus seios e Playboy

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
Comendo oferenda de macumba no Rock in Rio I

Black MetalBlack Metal
O cotidiano fascinante dos fãs adolescentes

5000 acessosQuais são os rockstars mais chatos do mundo?5000 acessosSílvio Santos: "The Number Of The Beast" em ritmo de festa5000 acessosAC/DC: as 10 melhores músicas da banda com Bon Scott5000 acessosKiss: o Brasil acreditava que a banda matava pintinhos nos shows5000 acessosStryper: Tom Araya fala sobre demônio, sai do palco e vai rezar5000 acessosSepultura: as dez canções mais subestimadas da banda

Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online