McCartney: "Yoko não foi responsável pelo fim dos Beatles"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Jorge A. Silva Junior, Fonte: De Olho na NET
Enviar correções  |  Comentários  | 


3365 acessosUlrich no U2: ele perdeu para McCartney a chance de tocar bateria5000 acessosRodolfo Abrantes: "Raimundos como banda não me interessa"

Durante entrevista concedida ao canal Al Jazeera em outubro de 2012, Paul McCartney disse que Yoko Ono - na época parceira de John Lennon - não teve interferência no fim dos BEATLES. A informação é do jornal britânico The Observer.

"A Yoko Ono, certamente, não foi responsável pelo fim do grupo. Não acho que podemos culpá-la de nada", disse o ex-beatle.

Os BEATLES terminaram suas atividades em 1969, pouco depois do histórico show no telhado do edifício da gravadora Apple, em Londres. O último álbum lançado pela banda foi "Let It Be".

Ainda segundo McCartney, a saída de John Lennon foi o correto a se fazer naquele momento. "Quando Yoko apareceu, parte de seu atrativo foi seu lado mais vanguardista, sua visão das coisas. Ela mostrou a John uma forma diferente de ser, que ele achava muito atrativa. Por isso, era o momento de John seguir sua vida", revelou.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 29 de outubro de 2012
Post de 30 de outubro de 2012
Post de 06 de novembro de 2016

Lars Ulrich no U2Lars Ulrich no U2
Ele perdeu para Paul McCartney a chance de tocar bateria

2245 acessosE se for verdade?: Famosos que morreram e foram substituídos1323 acessosShows: em vídeo, Top 11 Músicas Viscerais de Encerramento250 acessosVersões: Clássicos que você talvez não saiba, ou não lembre que são0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Beatles"

Paul McCartneyPaul McCartney
Feliz por ter feito pazes com John Lennon

Jimi HendrixJimi Hendrix
Fotos raras da época em que era inquilino de Ringo

George HarrisonGeorge Harrison
O "plágio involuntário" em "My Sweet Lord"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Beatles"0 acessosTodas as matérias sobre "Paul McCartney"

Rodolfo AbrantesRodolfo Abrantes
"Raimundos como banda não me interessa"

Kim KardashianKim Kardashian
Usando camiseta do Metallica de dois mil dólares?

HistóricasHistóricas
Fotos de encontros inusitados entre rockstars

5000 acessosMetallica: a letra que fez Hammett e Hetfield chorar5000 acessosLove God's Way: grupo religioso lista bandas e artistas "Gay"5000 acessosThrash Metal: 10 novas promessas - incluindo uma brasileira5000 acessosDave Mustaine: aquela foi a pior "Master of Puppets" que ele já ouviu5000 acessosBaixo: O melhor solo com uma só corda da história (vídeo)5000 acessosZakk Wylde: "Quer parar de beber? Então pare, porra!"

Sobre Jorge A. Silva Junior

Jorge Junior é paulistano, jornalista diplomado e colaborador do Whiplash.Net desde 2009. Tem mais de 400 matérias e notas publicadas, que somam aproximadamente um milhão e meio de acessos. Também realizou a cobertura de shows de grande porte, entre eles Ringo Starr, Eric Clapton, Deep Purple, System Of A Down, Red Hot Chili Peppers e Ozzy Osbourne. O autor pode ser seguido no Twitter: @jorgejunior85.

Mais matérias de Jorge A. Silva Junior no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online