Matérias Mais Lidas

Jimmy Page: quando o guitarrista arregou para Pepeu Gomes em canja no BrasilJimmy Page
Quando o guitarrista arregou para Pepeu Gomes em canja no Brasil

Supertramp: A bizarra coincidência entre o 11 de setembro e o álbum de 1979 da bandaSupertramp
A bizarra coincidência entre o 11 de setembro e o álbum de 1979 da banda

Roger Waters: pedindo junto de vários artistas que EUA não faça acordos com BolsonaroRoger Waters
Pedindo junto de vários artistas que EUA não faça acordos com Bolsonaro

Rodrigo Flausino: O iron Maiden precisa mesmo de três guitarristas? (vídeo)Rodrigo Flausino
O iron Maiden precisa mesmo de três guitarristas? (vídeo)

Dee Snider: vocalista ri de Ted Nugent, que testou positivo para a Covid-19Dee Snider
Vocalista ri de Ted Nugent, que testou positivo para a Covid-19

Cannibal Corpse: vocalista não entende interesse dos internautas por seu largo pescoçoCannibal Corpse
Vocalista não entende interesse dos internautas por seu largo pescoço

Amazon: seleção de CDs, vinis e livros de rock e metal com até 70% de descontoAmazon
Seleção de CDs, vinis e livros de rock e metal com até 70% de desconto

Led Zeppelin: As múltiplas faces da genial Stairway to HeavenLed Zeppelin
As múltiplas faces da genial "Stairway to Heaven"

Lista: 20 músicas de bandas de rock e metal que valem por um álbum inteiro - Parte 3Lista
20 músicas de bandas de rock e metal que valem por um álbum inteiro - Parte 3

Jimmy Page: pediam toca Raul ao desleixado Jimmy Lama, morando na BahiaJimmy Page
Pediam "toca Raul" ao desleixado Jimmy Lama, morando na Bahia

Joey Ramone: veja como Globo, SBT e Record noticiaram morte dele há 20 anosJoey Ramone
Veja como Globo, SBT e Record noticiaram morte dele há 20 anos

Led Zeppelin: Blackmore já os chamou de copiões na cara de Bonham, que ficou putoLed Zeppelin
Blackmore já os chamou de "copiões" na cara de Bonham, que ficou puto

Megadeth: Ellefson diz que ele e Dave Mustaine são como irmãos um para o outroMegadeth
Ellefson diz que ele e Dave Mustaine são como irmãos um para o outro

Napalm Death: após dizer o sim no altar, casal dança ao som de You SufferNapalm Death
Após dizer o sim no altar, casal "dança" ao som de "You Suffer"

Pitty: cantora publica foto nua na internet e bate recorde de curtidasPitty
Cantora publica foto nua na internet e bate recorde de curtidas


Stamp

Andre Matos: cantando Ópera Rock com Banda Sinfônica Jovem

Por Vera Kikuti
Fonte: Assessoria de Imprensa SEC
Em 30/11/12

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

O encerramento da temporada 2012 da Banda Sinfônica Jovem do Estado, grupo ligado à EMESP Tom Jobim, escola do Governo do Estado de São Paulo e da Secretaria da Cultura, traz o rock sinfônico de Viagem ao Centro da Terra nos dias 1, sábado, às 21 horas, e 2 de dezembro, domingo, às 17 horas, no Memorial da América Latina. Sob a regência de Mônica Giardini, o concerto gratuito conta com a participação especial de Andre Matos (vocal), Theophilo Augusto Pinto (sintetizadores), Marco Prado (guitarra), Itamar Collaço (baixo) e Lilian Carmona (bateria), além de 80 cantores, integrantes do Coral da Cultura Inglesa, Madrigal "Sempre En Canto" e Lumiá XXI,

Inspirada no romance homônimo de Júlio Verne, Viagem ao Centro da Terra é um "rock progressivo sinfônico" com quatro movimentos, composto em 1974, por Rick Wakeman, ex-tecladista do grupo Yes. "Essa é uma das maiores composições de rock orquestrado e teremos a interessante união de um conjunto de rock, cantores e os jovens da Banda Sinfônica", explica a maestrina Mônica Giardini.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Completam o repertório Abertura Sinfônica, de James Barnes, compositor norte‑americano nascido em 1949 e professor de composição e teoria na Universidade do Kansas, e outro rock progressivo, Piratas, do grupo britânico Emerson, Lake & Palmer.

Programa

James Barnes - Abertura Sinfônica
Emerson, Lake & Palmer - Piratas
(Arr. Theophilo Augusto Pinto e Daniel R. Havens)
Rick Wakeman - Viagem ao Centro da Terra (Arr. Daniel R. Havens)
A Jornada
Lembranças
A Batalha
A Floresta

Andre Matos – vocal
Cantor, compositor, maestro e pianista brasileiro. Graduou-se em regência orquestral e composição na Faculdade Santa Marcelina. Estudou canto lírico com Francisco Campos. Foi fundador das bandas Viper, Angra e Shaman. A banda Angra foi criada para mesclar o heavy metal com a música erudita e ao longo de nove anos de turnês pela Europa, Ásia e América Latina, e com mais de um milhão de cópias vendidas internacionalmente, Andre é consagrado como um dos principais vocalistas do mundo. No começo de 2000, formou a banda Shaman. O grupo tornou-se um fenômeno nacional e suas músicas rock sinfônicas fizeram parte de trilhas de filmes e novelas. Participou de diversos projetos junto a orquestras. Destacam-se a ópera-rock Tommy (The Who), da qual foi o protagonista, junto à Banda Sinfônica Jovem do Estado, o projeto Clássicos do Rock com a Orquestra da ULBRA (RS) e o tributo prestado pela Orquestra Sinfônica da Universidade Federal do Ceará.

publicidade

Theophilo Augusto Pinto – sintetizadores
Mestre em musicologia e doutorando em história social, ambos pela Universidade de São Paulo. Como instrumentista em gravações fonográficas, participou de inúmeros gêneros musicais, passando pelo sertanejo, música publicitária e música sinfônica erudita - seu último trabalho foi a gravação da Sinfonia nº 7 de Villa-Lobos com a OSESP. Como tecladista participou do conjunto Dimensão 5, na década de 1990. Nos últimos anos tem trabalhado como professor universitário nos cursos de Rádio e TV e Produção da Música Eletrônica.

Itamar Collaço – contrabaixo
Ao longo de sua carreira, o contrabaixista atuou ao lado de músicos das mais variadas tendências, que vão de nomes importantes da música brasileira, como Ivan Lins, Hélio Delmiro e Dominguinhos, a renomados artistas do cenário internacional, como George Benson, Mike Stern e John Pizzarelli. Além disso, Collaço desenvolve intensa atividade didática, como professor de contrabaixo elétrico na EMESP Tom Jobim e como convidado em cursos, festivais e oficinas, tais como o Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão, o Festival de Jazz de Tatuí e os Festivais de Música de São Caetano, Itajaí, Londrina e Ourinhos.

Lilian Carmona – bateria
Começou a tocar bateria aos 11 anos no SibalançoTrio e aos 16 integrou o trio de Adilson Godoy. Gravou a trilha sonora do programa Vila Sésamo sob regência de Amilson Godoy. Estudou na Berklee College of Music (EUA) e na escola de Dante Agostini/Kenny Clarke (França). Tocou e gravou com artistas como Michel Legrand, Billy Eckstine, Paquito D’Rivera, Cesar Camargo Mariano, Baden Powell, Leny Andrade, Diana King, Nana Caymmy, Gal Costa, Dominguinhos, Jane Duboc, Romero Lubambo, entre outros. Foi convidada especial de várias orquestras, entre elas a Royal Phillarmonic of London e a Banda Sinfônica Jovem do Estado. Atuou em musicais como Vitor e Victoria, A Bela e A Fera, Sweet Charity e Os Produtores. Lecionou na UNICAMP e no Festival de Inverno de Campos de Jordão. Atualmente é professora da EMESP Tom Jobim.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Marco Prado – guitarra
Guitarrista e professor formado e licenciado pela USP. Pós-graduado pela PUC-SP. Estudou Composição e Regência na UNESP e História da Cultura e Composição na Itália. Atuou em diversos conjuntos (Bixo-na-Broa/Banda Crime/Plânctons) e acompanhou artistas como Tom Zé, Jarbas Mariz, Lauro Lellis, José Miguel Wisnik, Renato Lellis e Mestre Fubá, entre outros, em apresentações pelo Brasil e Europa. É Professor e coordenador das disciplinas teóricas da EMESP Tom Jobime professor de guitarra do Programa Guri.

Lumiá XXI
O grupo foi formado por alunos da antiga ULM, atual EMESP Tom Jobim. Fez sua pré-estreia pública com o grupo português Madredeus. O concerto de estreia foi Concerto para o Equinócio de Libra, realizado na Igreja de Santa Ifigênia, junto ao trio de música contemporânea Strange Meetings. No carnaval de 1996, no desfile da Escola de Samba Gaviões da Fiel, o Lumiá foi puxador do samba, fato inédito para um coral. Realizou junto à Banda Sinfônica Jovem do Estado a ópera Treemonisha de Scott Joplin. Ficou em 3º lugar no II Concurso Nacional Funarte De Canto Coral. Apresentou Ensaladas de Mateo Flecha, no Theatro São Pedro e Sala São Paulo.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Madrigal "Sempre En Canto"
Formado por jovens cantores, tem apoio do CIEE e da EMESP Tom Jobim. Iniciou suas atividades em 1995 e tem como objetivos ampliar o conhecimento musical, aperfeiçoar a técnica vocal por meio da execução de músicas a capella em estilos diversos. Tem em seu currículo apresentações na Sala São Paulo, Theatro São Pedro, Memorial da América Latina, Credicard Hall, Centro de Cultura Judaica, SESC, Auditório Cláudio Santoro, entre outros. No repertório, tem músicas de Chico Buarque, Tom Jobim, Edu Lobo, Milton Nascimento, Djavan, Pixinguinha, Heitor Villa-Lobos, Castelnuovo Tedesco e Randall Thompson. Além do canto, cada integrante do Madrigal se especializa em uma área específica da música: pedagogia, bacharelado, composição e regência.

Coral Cultura Inglesa
Iniciou suas atividades em 1981. Teve como regentes Celso T. Delneri (assistido por Maria José Carrasqueira), Celso Antunes, Juan Serrano, Graham Griffiths e Marta Herr. Desde 1994 está sob regência de Marcos Júlio Sergl. Dedica-se à música sacra e secular, constando em seu repertório obras da renascença inglesa, west-end londrino, MPB e negro spirituals, além de repertório específico para a Quaresma e cânticos de Natal. Em 2011 o Coral comemorou 30 anos de atividade e fez duas apresentações na Sala São Paulo com a Sinfônica de Heliópolis com regência do maestro Isaac Karabtchevsky. Em 2012, apresentou repertório composto por peças escritas especialmente para o Coral Cultura Inglesa, por André Mehmari, Ernst Mahle, Ernani Aguiar, Gilberto Mendes, Ronaldo Miranda, Silvio Ferraz e Villani-Côrtes.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Mônica Giardini – regente titular e diretora musical
Mestre em musicologia pela Universidade de São Paulo (USP), atualmente cursa doutorado nessa universidade. Formada em Piano, bacharel em Violão e Pedagogia Plena, Mônica Giardini estudou regência orquestral e de banda com os maestros Osvaldo Lupi, Willian Nichols e Eleazar de Carvalho, entre outros. Aperfeiçoou-se em diversos festivais de música como o de Bachakademie, em Sttutgart (1995). Participou como regente de várias conferências e congressos de bandas sinfônicas, entre eles, na Cidade do Cabo, África do Sul (2005), e em Córdoba, Argentina (2006). Foi assistente de direção artística da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo. Ministrou cursos de regência, prática de ensaios de orquestra e de banda na EMESP Tom Jobim, Projeto Guri, Pró-Banda e Funarte. É regente titular da Banda Sinfônica Jovem do Estado desde 1993.

publicidade

Banda Sinfônica Jovem do Estado
A Banda Sinfônica Jovem do Estado foi criada em 1993, sob a regência de Mônica Giardini. Em 18 anos de atividades, tem executado composições originais para Banda Sinfônica, arranjos de autores consagrados da música erudita e obras do repertório popular. Formado por alunos da Escola de Música do Estado de São Paulo– Tom Jobim (EMESP Tom Jobim), o grupo participa de importantes eventos na capital e no interior do Estado, com atuações em óperas, poemas sinfônicos e em obras como a primeira audição da ópera Treemonisha, de Scott Joplin, e Paulistana – Retrato de uma Cidade, de Billy Blanco. Entre os convidados que recebe, estão artistas como o maestro húngaro Laszlo Marosi e solistas como Hector Costita, Raul de Souza, Isaías e seus Chorões e Naná Vasconcelos. A Banda é um dos grupos de difusão e formação musical da EMESP Tom Jobim, escola do Governo de São Paulo que tem como executora a Santa Marcelina Cultura. Com o patrocínio do Banco Safra e apoio da CTEEP - Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista, é uma realização do Ministério da Cultura, por meio da Lei Rouanet e do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado da Cultura.

Sobre a Escola de Música do Estado de São Paulo - Tom Jobim
Com mais de 20 anos de atuação no ensino musical, a Escola de Música do Estado de São Paulo (EMESP) - Tom Jobim é uma escola altamente especializada na formação dos futuros profissionais da música erudita e popular, com o oferecimento de uma formação completa e de excelência, estruturada com foco no ensino do instrumento e nas práticas coletivas (música de câmara e prática de conjunto), complementados por disciplinas de apoio. A Escola também proporciona aperfeiçoamento a músicos que já completaram sua formação e queiram aprofundar seus conhecimentos em áreas específicas, por meio de seus Cursos de Formação Avançada. Em 2010, a Escola estreou seu grupo residente de professores, a Camerata Aberta, dedicada ao repertório contemporâneo e ao ensino de técnicas instrumentais avançadas. O Grupo ganhou o prêmio APCA 2010 de música contemporânea pelo pioneirismo e excelência do trabalho realizado ao longo do ano. A EMESP Tom Jobim é uma escola do Governo de São Paulo gerida em parceria com a Santa Marcelina Cultura, Organização Social ligada à Secretaria de Estado da Cultura.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Serviço:
Banda Sinfônica Jovem do Estado
Datas: 1/12, sábado, às 21 horas; 2/12, domingo, às 17 horas
Local: Memorial da América Latina - Auditório Simón Bolívar
Endereço: Rua Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda
Informações: (11) 3823-4600
Indicação etária: LIVRE
Capacidade: 876 lugares
Acessibilidade: Sim
Entrada franca

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

💬 Ler e postar comentários