Gstruds: ouça o single "Puta Purulenta"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Gstruds, Press-Release
Enviar Correções  

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

A banda cearense GSTRUDS tem um som bem particular, pesadíssimo, brutal, mas, ao mesmo tempo, cômico. Embora a banda já tenha bastante história pra contar (já havia lançado a demo "Brutal Comic Metal", em 2005, com regravações da primeira demo da banda, datada de 1993) só agora, depois de 20 anos de estrada, vai lançar o seu debut, chamado "Only Tia Gertruds is Real".

publicidade

Para conhecer o som da banda, ouça a inédita "Puta Purulenta" (cuja letra "lindosa" você confere abaixo) e "Ataque das Borboletas Canibais" (já lançada anteriormente).

Ataque das Borboletas Canibais

http://soundcloud.com/gstruds/ataque-das-borboletas-canibais

Puta Purulenta

http://soundcloud.com/gstruds/puta-purulenta

(Música: Marcos Vinicius, Letra: Luiz Lemos)

publicidade

No meio da noite
Em busca de prazer
Sexo e perversão

Procuro alegria
Bebida e putaria
Encontro no cabaré

Sentada numa mesa
Em busca de parceiros
Velhos e punheteiros

Uma puta purulenta
Gostosa e fedorenta
Fiquei cheio de tesão

Com toda secura e muita cachaça
Não deu pra resistir
Sua boca carnuda, cheia de herpes
Fez meu short explodir
Suas pernas cruzadas, todas marcadas
É pura sedução
Seus dentes amarelos, olho furado
E seu bafo de dragão.

publicidade

Puta purulenta eu não vou
Não vou te esquecer
Você meu deu muito prazer
Muito sexo com DST...




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Os Trapalhões: uma homenagem ao Heavy Metal em 1985Os Trapalhões
Uma homenagem ao Heavy Metal em 1985

Cinco contra um?: Roqueiros comentam como a revista Playboy os marcouCinco contra um?
Roqueiros comentam como a revista Playboy os marcou


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin