Skid Row: Snake fala do novo álbum e pacto com Jon Bon Jovi

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho, Press-Release
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 03/11/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


2600 acessosGNR: até agora, a banda que mais faturou com shows em 20175000 acessosIron Maiden: banda cai no riso em show nos EUA de 2008

O site estadunidense LEGENDARY ROCK INTERVIEWS divulgou nessa sexta-feira [2/11] uma entrevista conduzida há pouco com o guitarrista do SKID ROW, Dave ‘Snake’ Sabo, e dentre vários temas abordados, traduzimos algumas passagens sobre o vindouro disco de estúdio da banda, sua amizade com JON BON JOVI e sobre como ele recebeu o apelido Snake. Confira:

[...] LRI: Da última vez que vi coes, vocês estavam trabalhando em material novo para um álbum. Eu sei que você não tem como estabelecer um limite de tempo para essas coisas, não há como apressar a arte, mas eu tenho que perguntar: você tem alguma idéia de quando ele possa sair?

Snake: Quer saber, essa é com certeza uma boa pergunta. Espero que algo como abril do ano que vem. Já faz bastante tempo, e sabemos disso. É só que a gente… entenda, é algo que não queríamos apressar, e mais uma vez, não morando tão perto uns dos outros é meio que um problema, mas não é algo que não possamos superar. Eu acho que provavelmente por volta de abril. [...]

[...] LRI: Você se lembra de quando fez sua primeira tatuagem e qual foi?

Snake: Minha primeira tatuagem, eu tinha uns 22 anos, por aí. Deixa pensar um segundo. Ah não. Eu tinha 24. Me perdoe. Foi, acredite se quiser, uma cobra [risos].

LRI: [risos] Legal.

Snake: Sim. Jon Bon Jovi e eu fizemos um pacto quando estávamos juntos em turnê de que quando estivéssemos juntos, nos tatuaríamos juntos, e estávamos em Los Angeles, hospedados no [hotel] Hyatt e ele estava hospedado relativamente perto. Eu acho que do outro lado da rua. E o [atelier] Sunset Strip Tattoo era bem do lado do Hyatt. Eu estava numa baita duma ressaca. Mas ele disse, ‘Vamos lá. A gente disse que ia fazer isso. Vamos fazê-lo.” Atravessamos a rua e eu fiz a primeira de algumas. Foi uma grande experiência que eu recordo com muito carinho, meio que mais um laço feito com um de meus melhores amigos.

LRI: Então você e Jon ainda são próximos?

Snake: Ah, meu deus, sim.

LRI: Vocês cresceram na mesma rua, certo?

Snake: Sim. Nos conhecemos já faz, nossa, desde que eu tinha uns 9 ou 10 anos. Morávamos, creio eu, umas três quadras um do outro. Nos demos bem de cara e ainda somos amigos próximos. Tivemos nossas desavenças como todo mundo, mas quer saber, de algum modo, o amor da amizade sempre prevaleceu. [...]

LRI: Como você ganhou o apelido “Snake”?

Snake: Basicamente, quando éramos garotos, eu comecei a, você sabe, me tornar um homem, e meu primeiro cabelo no peito [risos], em um dos meus mamilos, era muito comprido e parecia uma cobra enrolada. Jon Bom Jovi disse algo como, ‘Cara, você tem que se livrar disso. Isso é NOJENTO. Parece uma cobra. ’ E eu disse, ‘Vai se fuder, cara, eu estou virando homem.’ E fiquei com ele. Ele ficava dizendo pra que eu ‘me livrasse daquela cobra… tira essa cobra’. Claro, o apelido pegou e eu o tenho desde que eu tinha 13 anos de idade, por aí. Ele continuou a me chamar assim e ficou comigo. Quando começamos uma banda e tudo mais, eu pensava que era meio que um nome legal e as pessoas estão me chamando assim, então eu vou ficar logo com ele. [...]

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Guns N RosesGuns N' Roses
Até agora, a banda que mais faturou com shows em 2017

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Bon Jovi"

NovelasNovelas
Outros 10 clássicos do Rock que a Globo popularizou

Bon JoviBon Jovi
Em vídeos, as 10 melhores músicas de todos os tempos

MudançasMudanças
10 bandas que não soam mais como em seus primeiros discos

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Skid Row"0 acessosTodas as matérias sobre "Bon Jovi"

Iron MaidenIron Maiden
Banda cai no riso em show nos EUA de 2008

Avril LavigneAvril Lavigne
Aprenda com Rihanna como fazer um meet & greet

MetallicaMetallica
A regressão técnica de Lars Ulrich

5000 acessosSlayer: cronologia de Hanneman, da picada da aranha até a morte5000 acessosNamore um cara que goste de Metal5000 acessosAtores de Hollywood no mundo da música5000 acessosDerek Riggs: "O Iron Maiden é muito ciumento"4441 acessosRock In Rio: Você foi? Agradeça ao Frank Sinatra!5000 acessosMetallica: grandes bateristas de verdade respeitam Lars Ulrich

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online