John Corabi: o difícil desligamento do Mötley Crüe

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  


O site estadunidense (*) LEGENDARY ROCK INTERVIEWS publicou nessa sexta-feira uma entrevista com o vocalista JOHN CORABI [Mötley Crüe, The Scream, Ratt, Union] e dentre vários tópicos, como o novo CD de Corabi e sua carreira como um todo, o tema Mötley foi abordado com mais profundidade. O que segue abaixo é o trecho traduzido do segmento da entrevista no qual o músico relata seu desligamento da banda e sua relação com os outros membros hoje em dia.

[...] LRI: Você sempre disse que quando estava no Mötley Crüe, a banda era uma família de verdade, um lance autêntico. Por vezes rola de você pensar o quão difícil é manter isso quando se dão acontecimentos casuais da vida a você ou a algum dos outros caras do Crüe, tipo o falecimento da mãe de Tommy ou o noivado de Nikki ou coisa do tipo?

John Corabi: Sim, e se eu puder ser franco, uma das coisas que me incomoda é que tipo, quando eu estava no Mötley, não parece ter sido há muito tempo atrás no plano geral, mas eu passei cinco anos da minha vida com aqueles caras, quase todo dia. Você começa a olhar pra esses caras um ano depois e pensa, "wow, Tommy Lee é um de meus melhores amigos, Nikki Sixx é um de meus melhores amigos, Mick Mars é um de meus melhores amigos" e daí do nada fica tipo… você entende, cortado… isso foi… isso foi uma coisa muito difícil para eu lidar. É somo se eu não tivesse perdido o emprego, mas eu perdi meus amigos também. É simplesmente estranho. É um ramo muito estranho. É tão engraçado quando eu digo isso, mas está tudo bem entre eu e Vince. Se eu encontrasse com ele hoje, ele viria até mim e me daria um abraço e sentaríamos e beberíamos juntos a noite inteira. Nós nos damos muito bem. Mas você sabe, é a mesma coisa com Nikki se ele e eu nos víssemos. Ele caminharia até mim e diria, "Hey, Crab, como vai… bla bla", mesma coisa com Mick, o Tommy me ligou não faz muito tempo. Não é que não haja amizade nenhuma, só que não é o que já foi um dia e isso é meio perturbador. [...]

publicidade

Entrevista completa:
http://www.legendaryrockinterviews.com/2012/12/28/john-corab...

NOTA DO EDITOR: Sim, o termo estadunidense está correto segundo o dicionário. :-)

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metallica: os segredos de Enter SandmanMetallica
Os segredos de "Enter Sandman"

Rob Zombie: sua lista dos 5 Melhores Filmes de ZumbisRob Zombie
Sua lista dos 5 Melhores Filmes de Zumbis


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin